Assistir apenas mais um episódio daquele seu seriado favorito é tão fácil que, por vezes, as horas podem passar muito rapidamente. Mas os adultos precisam de todas as horas extras que podem obter, especialmente quando se trata de dormir.

Procrastinando a hora de ir para a cama

Você pode pensar que a procrastinação só se aplica para o trabalho e  tarefas acadêmicas. Mas os pesquisadores estão agora a estudar um novo tipo de procrastinação, que acontece no seu quarto. Em um estudo já publicado em revistas de psicologia, pesquisadores de uma Universidade holandesa descobriram que “a procrastinação do dormir” pode manter muitos de nós sem o sono necessário para uma vida mais saudável.

No artigo, os pesquisadores definem a procrastinação do sono como “não ir para a cama no horário pretendido, enquanto não há circunstâncias externas impedindo uma pessoa de fazê-lo”. Em outras palavras, é o clássico “enrolar para ir dormir”. Lógico, uma gripe ou uma festa em casa no andar de cima contam como circunstâncias externas, mas as pequenas tarefas ou distrações que não precisam ser tratadas antes de dormir não contam.

Consequências graves de ficar enrolando para ir dormir

Ao contrário de outras formas de procrastinação, que podem ter consequências para sua carreira ou vida acadêmica, a procrastinação do sono leva à fadiga durante o dia. Quando se trata de saúde em geral, a privação do sono pode contribuir para doenças como diabetes, doenças cardiovasculares, obesidade e depressão, de acordo com os especialistas.

Quem não dorme o suficiente?

Mais de um quarto da população dos EUA relatam que, ocasionalmente, não dormem o suficiente, e quase 10 por cento tem insônia crônica. O estudo holandês com 177 pessoas acharam que certas características como a auto-regulação e a procrastinação geral contribuem para a probabilidade de ficar enrolando para ir dormir. Se você procrastina durante o dia, é provável que você procrastina para ir dormir.

No Brasil, os dados são insuficientes sobre estes problemas de saúde para sermos mais exatos sobre estatísticas. Mas sabendo que estamos em um estágio como país de trabalhar cada vez mais, temos que nos policiar bem pois os números podem ser bem piores que em outros lugares. Para o adulto médio, a recomendação de sono está entre sete a nove horas por noite.

Cuidados com a saúde do seu sono

Tire os computadores, televisores e demais eletrônicos do seu quarto. Crie um ritual simples, como ler um livro, antes de ir dormir e evite assim que sua saúde seja prejudicada por dormir pouco. (Foto: www.womenshealthmag.com)

E as consequências de não ir dormir na hora certa e dormir o suficiente?

A maioria dos trabalhadores e estudantes brasileiros tem uma hora certa para acordarem, já que a rotina é necessária para cumprir os horários. Estes são aqueles que mais devem se preocupar com a hora de ir dormir, já que o tempo de sono será cronometrado até a hora de acordar. E não bater sua cota de sono recomendada pode ter consequências mais assustadoras do que apenas olheiras.

Pessoas que dormem regularmente menos de seis horas por noite têm mais probabilidades de ter um maior índice de massa corporal (IMC), uma relação entre peso e altura que está diretamente relacionada à saúde e qualidade de vida. Ficando apenas mais duas horas dormindo poderia colocá-lo na categoria de pessoas com o menor IMC, de acordo estudos na Universidade de Harvard.

A privação do sono também pode contribuir para doenças cardíacas, hipertensão, ganho de peso, falta de humor e má função imunológica, além de poder diminuir a expectativa de vida. De acordo com o estudo de Harvard, “dormir cinco horas ou menos por noite, aumenta o risco de mortalidade por todas as causas em cerca de 15 por cento. Sim, você leu direito: TODAS as causas.

Os benefícios de dormir mais e melhor

Os impactos sobre a saúde estão ligados a todas as coisas boas que acontecem em seu corpo enquanto você dorme. O sono adequado permite ao seu corpo se recuperar, descansar, solidificar memórias, e secretar hormônios que ajudam a controlar o apetite e o metabolismo.

Como acabar com a enrolação para ir dormir?

Será mais fácil para bater deitar procrastinação se estabelecer hábitos de higiene do sono saudáveis. Evite cochilos, café e álcool perto da hora de deitar, assim como não comer logo antes de dormir. Evite também luzes não-naturais, atividades emocionalmente perturbadoras antes de dormir (ex.: ler cartas de namorados/namoradas, discussões, filmes, atividades físicas pesadas etc), e usar a sua cama como sofá da sala. Isso significa que você não deve assistir TV na cama ou o YouTube no smartphone/tablet/notebook.

Para melhorar o seu sono, recomenda-se estabelecer um padrão regular de sono, fazer exercícios vigorosos na parte da manhã ou da tarde e exercícios relaxantes antes de dormir, como Ioga, alongamento ou Pilates. Tenha certeza de que sua cama é confortável, além de certificar-se de que o seu quarto não é muito quente ou frio, ou muito claro, inclusive na parte da manhã.

Você procrastina seu sono ou tem dicas para quem o faz? Compartilhe nos comentários e ajude mais pessoas a se salvarem deste problema!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.