Os movimentos dinâmicos e balísticos do kettlebell aumentam o ritmo cardíaco, trabalham cada músculo em seu corpo são bem diferentes de uma rotina normal de treinamento. Se você estiver fazendo os mesmos exercícios todos os dias, o treinamento com o kettlebell pode trazer vida nova para sua rotina de exercícios.

Kettlebell: o que é?

Kettlebells são pesos de ferro fundido, variando de 2 kg a mais de 45 kg em forma de uma bola com uma alça para agarrar. O kettlebell se originou na Rússia e se tornou popular em outros países algumas décadas atrás, mas atingiu sua maior popularidade nos últimos anos com uma enxurrada de aulas, livros, treinamentos e técnicas que usam o kettlebell.

Kettlebell: benefícios

O motivo da popularidade dos kettlebells é que eles oferecem um tipo diferente de treinamento usando movimentos dinâmicos e que trabalham todos os aspectos necessários em um treinamento completo: resistência, força, equilíbrio, agilidade e capacidade aeróbica. As pessoas adoram porque é desafiador, eficiente e você só precisa de uma peça de equipamento.

Melhor coordenação e agilidade, com os arremessos usando

Melhor postura e alinhamento, pois muitos exercícios trabalham os músculos posturais de uma forma funcional

Você treina vários atributos na mesma sessão, incluindo condicionamento aeróbico, força, equilíbrio, estabilidade, potência e resistência.

Os exercícios são funcionais e o rolamento de peso ajuda a aumentar a densidade óssea e manter o corpo forte para as tarefas diárias.

Você se torna mais eficiente em outros tipos de exercícios.

Aumento do poder de desenvolvimento e resistência, o que é ótimo para vários esportes.

Pode ajudar a proteger os atletas de lesões, pois muitas delas ocorrem quando você está se movendo rápido e tem que parar. Os exercícios de Kettlebell treinam realmente o corpo na desaceleração de movimentos rápidos, que pode se traduzir em um corpo mais saudável, mais forte e menos propenso a lesões.

Os exercícios de kettlebell são simples, e você só precisa de um equipamento barato para fazê-lo que é o próprio kettlebell.

Se você está interessado em começar com o treinamento de kettlebell, é melhor fazer uma aula ou obter alguma orientação de um instrutor experiente para obter detalhadas detalhadas dos exercícios. Muitos dos movimentos balançando pode ser desconhecido e um profissional pode ajudar com seu formulário e em escolher seus pesos.

Se isso não é uma opção, vídeos são outra boa escolha. Tente os exercícios finais de Kettlebell para novatos.

Estes vídeos oferecem instruções para movimentos básicos kettlebell, bem como exercícios que envolvem uma variedade de combinações kettlebell.

Para mais, confira este guia passo a passo para exercícios kettlebell e aprender mais sobre como você pode começar com o treinamento kettlebell.

Por que praticar o kettlebell

O kettlebell é popular porque é um equipamento que proporciona um exercício completo, ideal para os melhores resultados nos treinamentos. (Foto: Training Aspects)

Treino kettlebell iniciante: o que é preciso saber?

A ideia é manter o kettlebell em uma ou em ambas as mãos e passar por uma variedade de oscilações, prensas ou movimentos de tração e flexão. Alguns movimentos farão você mudar o peso de mão em mão já que o peso oscila para cima ou como você se move lateralmente, exigindo que você estabilize o corpo e envolva o núcleo de uma maneira diferente. Outros movimentos exigem o poder das pernas e dos quadris para mover o peso, dando-lhe os movimentos inteiros integrados do corpo que estão faltando frequentemente em outros tipos de treinamento.

Kettlebells são melhores que halteres?

Em alguns aspectos, kettlebells e halteres são os mesmos, mas o que torna o kettlebell diferente é como ele é moldado. Pode parecer um peso comum, mas a alça em forma de u realmente muda como o peso trabalha com seu corpo.

Com um haltere, o centro de gravidade está na sua mão, mas com o kettlebell, o centro de gravidade está fora de sua mão, o que significa que pode mudar dependendo de como você está segurando e movendo-o.

O impulso de muitos movimentos kettlebell cria a força centrífuga, concentrando mais o esforço nos músculos usados ​​para a desaceleração e estabilização. Este tipo de movimento multi-direcional imita movimentos da vida real, como levantar uma bolsa para colocá-la em um lugar mais alto, por exemplo..

Halteres são bons para a construção de músculos e força com movimentos lentos, controlados, enquanto o treinamento com o kettlebell envolve todo o corpo e se concentra na resistência, poder e movimentos dinâmicos.

Kettlebell: exercícios

Se você está interessado em começar com o treinamento de kettlebell, é melhor fazer uma aula ou obter alguma orientação de um instrutor experiente para os detalhes dos exercícios. Muitos dos movimentos de balanço podem ser desconhecidos, difíceis, e um profissional pode ajudar com sua forma e em escolher seus pesos.

Se isso não é uma opção, vídeos são outra boa escolha. Estes vídeos oferecem instruções para movimentos básicos de kettlebell, bem como exercícios que envolvem uma variedade de combinações com o kettlebell.

Kettlebell Deadlift (levantamento terra): Um dos exercícios mais básicos com o kettlebell. Faça 10 repetições em 3 sets. Muita atenção com a postura, principalmente na hora de agachar para pegar o kettlebell.

Kettlebell Swing (balanço): uma das variações mais básicas nos exercícios com kettlebell que usa o movimento para gerar mais força e resistência do kettlebell. São 10 repetições, 3 sets. Atenção à postura e impactos, fazendo o exercício com mais fluidez e nunca parando de repente o balanço..

Agachamento com kettlebell: essa variação usa dois kettlebells. Atenção principalmente aos joelhos e cotovelos, que devem ser muito bem posicionados para não serem forçados demais. 10 repetições, 3 sets.

Swing kettlebell com um braço: baseia-se principalmente nos movimentos de balanço do kettlebell usando ambas as mãos. Cuidado com o agachamento, ou você pode forçar muito o joelho. Pode ser feito com uma ou duas mãos. 10 repetições, 3 sets.

Kettlebell com um braço: para trabalhar os braços separadamente. Cuidado com o “estalar” dos cotovelos, pois isso pode acabar resultando em lesões. Faça 10 repetições, 3 sets com cada braço.

E aí, já colocaram o kettlebell na sua rotina de treinamento? Como foi a experiência? Deu certo?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.