Uma pergunta muito comum é a frequência da mudança na rotina de exercícios físicos. Mas com qual frequência a rotina de musculação deve ser alterada? Bom, não tanto quanto você imagina. Mas algumas situações devem motivar a mudança na sua rotina de treino, para que você continue

Mudar treino todo dia? Nem tanto, só quando estiver ficando monótono

Quando você está ficando entediado nos exercícios, você deve se preocupar e mudar sua rotina todo o dia, por um tempo. Muitas vezes fazer a mesma coisa repetidamente é bem chato. Exercícios devem ser divertidos e emocionantes. 4 a 6 semanas de treino é suficiente, daí é uma boa ideia mudar para injetar motivação na sua rotina.

Mudar treino da musculação: quando os resultados estão demorando ou não chegando

Esta é uma situação muito óbvia para mudança de rotina de treino, mas uma que muitos ignoram. Se você percebe que os resultados não estão chegando, é hora de mudar o treino. Pode ser que o peso não baixa, os músculos não aumentam, a distância corrida não aumenta, o que for. Se sua meta não é atingida, é sinal de que é hora de mudar a rotina de treinamento.

Mudança de treino: seus objetivos mudaram

Rotinas de treino são construídas em torno das metas que você deseja atingir. Embora muito do que você deva fazer para todas as metas seja semelhante, ainda existem algumas variáveis que precisam mudar dependendo de seus objetivos. Por exemplo, talvez você esteja passando por um período de perda de gordura e em seguida, você queira colocar um pouco de massa muscular. Isso vai exigir uma mudança em sua rotina de treino para tirar exercícios aeróbicos e colocar mais exercícios de ganho de massa muscular.

Motivos para mudar a musculação

Mudar a rotina de musculação evita que seu organismo se acostume e pare de desenvolver novos músculos. (Foto: www.bladenutrition.com)

O treino está ficando muito cansativo

Muitas vezes, quando você fica com a mesma rotina, seu corpo vai sinalizar que ele está pronto para algo diferente. Se você perceber que você está ficando mais cansado e dolorido do que é saudável (exemplo: você não consegue nem trabalhar no dia seguinte), é bom pensar na mudança na rotina de treino.

Quando mudar a rotina de treino: quando o treino não te desafia

Se você já não se sente desafiado por seus exercícios, você deve mudar as coisas ou você vai ficar exatamente onde você está atualmente, sem se desenvolver. Exercícios que desafiam você a ficar melhor são aqueles que continuarão a trazer resultados constantemente.

Mas com qual frequência mudar a rotina de treinamento?

Como você pode ver, a frequência na mudança da rotina não tem tanta importância quanto as situações que ocasionam a mudança na rotina de treinamento. Quanto mais você se dedicar para uma rotina de treinamento adequada, construída com o suporte de um profissional, melhor para você e sua saúde, bem como para atingir seus objetivos fitness. Podemos talvez, fazer uma média de tempo de acordo com o seu nível de preparo físico:

  • Para novatos (praticantes há 6 meses): manter a mesma rotina por 6 a 8 semanas, para o corpo se acostumar com os exercícios, posturas, e com a dieta.
  • Para intermediários e avançados: manter a mesma rotina por 3 a 4 semanas. Como o corpo vai se adaptando mais rapidamente aos treinos, essa frequência maior de mudança é necessária para que haja desenvolvimento e real ganho.
  • Atletas de elite, fisiculturistas e bodybuilders: mudanças na rotina de treino deve ocorrer a cada 1 ou 2 semanas. Isto significa introduzir novos exercícios, movimentos e ferramentas em seus treinos. Ao fazer isso, atletas de elite permitem que seus corpos tenham tempo suficiente para se adaptar ao alterar suas rotinas no momento perfeito, e melhorar constantemente.

Equilíbrio entre evolução e mudança na rotina de treinamento

A rotina de treinamento deve basear-se em constantemente desafiar a si mesmo, desde quando você entrar na academia até o momento em que você sair. Afim de obter os melhores resultados, você deve primeiro se concentrar em ter uma rotina de exercícios sólida que envolve fazer os exercícios certos. Isso significa tomar nota dos sinais que seu corpo lhe dá para saber quando é hora de algo novo, perceber quando um exercício não funciona muito bem. E acima de tudo, se divertir enquanto mantém a alta intensidade nos exercícios, se desafiando sempre.

Qual é o seu desafio dessa semana? Como você pretende mudar sua rotina de exercícios na próxima mudança?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.