Algumas dores musculares são comuns em qualquer idade, especialmente quando você leva seus músculos para fazer um trabalho extra, como exercício extenuante. A chave para permanecer em movimento é aliviar a dor muscular. Um tratamento natural para os músculos doloridos antes de desistir e ceder à dor muscular é o caminho certo nesse momento.

Embora poucos métodos naturais tenham apoio científico, os melhores remédios naturais têm evidências históricas e anedóticas que suportam o seu uso. Verifique com um médico, fisioterapeuta ou educador físico para descartar condições que são mais graves antes de fazer um tratamento para dores musculares. Lembre-se sempre que um tratamento pode acabar aliviando dores que são importantes para um diagnóstico preciso de um problema.

Dado os avisos, a melhor forma de tratamento para as dores musculares começa pelas clássicas compressas de calor e frio

Compressa de calor

Calor aplicado diretamente sobre os músculos doloridos é calmante e ajuda você e o músculo a relaxar. Embora melhor aplicado imediatamente depois de esticar seus músculos, o calor também ajuda horas mais tarde. Imersão em um banho quente, muitas vezes alivia a dor muscular. Sais de epsom são uma adição de banho comum que ajuda a relaxar os músculos cansados para relaxar, principalmente nas compressas com toalhas molhadas

Cuidado para não queimar a sua pele e aplique a compressa na área afetada por 30 minutos a uma hora.

Casca de Salgueiro

Os nativos americanos usaram a casca do salgueiro para fazer o que farmácias modernas venden como hamamélis. A tintura original e a versão moderna aparecem aliviar a dor muscular temporariamente. Despeje hamamélis na palma da mão e aplique-o para os músculos doloridos. Massageie para ajudá-lo a penetrar a pele. Não aplicar hamamélis para a pele ressecada. Você pode usar em uma mistura com uma compressa quente para combinar os efeitos dos dois tratamentos e obter melhores resultados.

Arnica

Pessoas de todo o mundo têm aplicado cremes para músculos doloridos durante séculos, com pouca evidência científica da sua eficácia. Muitos desses cremes têm aromas irresistíveis e ingredientes potencialmente irritantes da pele. Se você preferir usar um creme, tente a arnica, um produto natural com uso para o alívio da dor muscular. Novamente, a combinação com a compressa de calor se faz para otimizar ainda mais o tratamento.

Dores musculares

A combinação correta de tratamentos dará as suas dores musculares um alívio imediato e relaxante. (Foto: painreliefdrug.devhub.com)

Compressa fria

O mais importante da compressa fria para dores musculares é fazê-la após uma lesão, seja ela por impacto ou estiramento, ou quando o corpo já estiver mais frio, mas com partes vermelhas e inchadas. Assim, você causa a vasoconstrição, que diminui o fluxo de sangue para estas partes reduzindo a dor. Após aplicar as compressas frias, uma massagem com um creme de arnica pode ser muito bem vinda. Não exceda o limite de 30 minutos para este tipo de compressa.

Combinando compressas quentes e frias

Você pode fazer uma combinação de compressas quentes e frias durante um período de 30 minutos, alternando aue cada 5 minutos. A variação de temperatura ajuda os músculos a se alongarem pela contração devido à alternância de temperatura, sem que seja necessário qualquer esforço físico.

Prevenção das dores musculares

Prevenir dores musculares é mais fácil do que repará-las ou se recuperando de extrapolar ao ponto da dor. Dor muscular tardia é comum após o esforço muscular ou experimentar novos exercícios que usam os músculos que não foram devidamente condicionados. Aumente a sua intensidade do exercício lentamente para dar a seus músculos tempo para se adaptar a novas funções. Use pesos mais leves disponíveis e realize sessões de treinamento de força a cada dois dias por apenas alguns minutos de cada vez até que seus músculos aprendam os movimentos.

Diminua a intensidade e a freqüência das rotinas de aeróbica, corrida e outros exercícios que exigem contração muscular repetida e extensão. Construa até o uso do músculo diariamente durante um período de três semanas a um mês. Tudo isso, é lógico, com o acompanhamento de um Personal Trainer, Educador Físico, Fisioterapeuta ou um médico. Nunca deixe de lado o apoio destes profissionais: eles estão lá para te ajudar e levá-lo a utilizar da melhor forma possível seu físico.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.