O calor e o frio são dois remédios eficazes caseiros para músculo doloridos, mas eles precisam ser usados na ordem correta para ajudar a aliviar a dor e a rigidez. Se você não sabe o que causou sua dorou você também tem alguma dormência, formigamento, dores ou febre.

Esta terapia é um procedimento não-invasivo comum usado por cuidadores profissionais e leigos para o alívio da dor. A técnica utiliza a alternância de compressas quentes e frias em uma área dolorida para ajudar a reduzir a inflamação, dor e espasmos musculares. A técnica tem sido usada por centenas de anos, mas é recomendável que um profissional de saúde profissional instruir os pacientes sobre a sua utilização em ambientes domésticos. Além disso, o uso inadequado ou em excesso pode mascarar sintomas importantes par ao diagnóstico correto de um problema mais sério de saúde.

Mas quando usar cada um dos tipos de tratamento?

Bolsa de água fria

Compressas frias diminuem a circulação sanguínea para a área dolorosa, o que reduz a inflamação e inchaço no local. As baixas temperaturas também diminuir a transmissão de sinais de dor enviados para o cérebro. Aplique a compressa por não mais do que 20 minutos, mas use-as até 8 vezes por dia, durante os primeiros 2 a 3 dias após o desenvolvimento de um músculo dolorido.

Também conhecida como crioterapia, aplicação de frio a uma área dolorosa ajuda a contrair os vasos sanguíneos, também conhecido como vasoconstrição, reduzindo assim o inchaço da área afetada. Tal como acontece com a aplicação de compressas quentes ou almofadas para uma área afetada, compressas frias, sacos de gelo, toalhas úmidas colocado em um congelador ou blocos de gelo deve ser envoltos em uma toalha antes de colocar contra a pele. Evite deixar compressas frias sobre a pele por mais de 15 a 20 minutos de cada vez. A terapia fria é mais eficaz quando iniciada imediatamente após uma lesão ou exercício físico.

Compressa quente ou fria

A combinação dos tratamentos tem sido a maior recomendação médica nos últimos tempos ao invés do uso de uma ou outra. (Foto: www.return2fitness.co.uk)

Bolsa de água quente

Mude para o calor após 24 horas de terapia fria para restaurar o fluxo sanguíneo e relaxar os músculos. O calor pode ser aplicado na forma de almofadas de aquecimento ou cobertores quentes por até 20 minutos. Tenha cuidado para não dormir com uma almofada de aquecimento, o que pode causar queimaduras acidentais.

A aplicação de uma compressa muito morna ou quente para a pele por uma área de dor ajuda o sangue correr para essa área. Este aumento de fluxo de sangue também aumenta o volume de oxigênio e nutrientes de cura transportados pelo sangue. Além disso, o calor aplicado aos tecidos doloridos ajuda a aliviar a tensão muscular, espasmos musculares e ajuda a aumentar a mobilidade e amplitude de movimento. Coloque o bloco quente sobre a área dolorida por cerca de 15 minutos. Ao usar almofadas de aquecimento ou bolsas de água quente, sempre proteja a pele envolvendo o bloco quente em uma toalha. No entanto, se houver inchaço, não coloque um pacote quente contra as áreas inchadas, pois isso vai aumentar o fluxo sanguíneo para os locais.

Alternando entre a compressa fria e quente

Técnicas de quentes e frios alternadas de terapia para alívio da dor são usadas para ajudar a reduzir o inchaço e outros sintomas de lesão muscular ou articular. Limitar o uso de alternar entre quente e frio para 20 a 30 minutos. Espere uma hora antes de iniciar um tratamento de terapia quente/frio alternando novamente. Evite o uso de terapia de calor sobre feridas abertas e pontos, se você foi diagnosticado com diabetes e tem má circulação ou se você é um hemofílico.

Não se esqueça: faça isso com o acompanhamento de um fisioterapeuta, educador físico ou médico que saiba bem o que está te recomendando a fazer.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.