Tirar água do ouvido com vinagre? Ou tirar água do ouvido com seringa? Quem sabe, tirar água do ouvido com álcool? Bem, esses são os procedimentos mais divulgados por aí para tirar água do ouvido. Mas será que é certo você fazer isso? Será que não é fazer mais mal do que bem ficar colocando líquidos ou objetos estranhos dentro do seu ouvido? Qualquer otorrinolaringologista já recomendaria, de cara, que você fosse ao médico. Na verdade, qualquer pessoa responsável deve recomendar que você vá a um médico para tirar a água do ouvido. Essa parte delicada do seu corpo pode sofrer bastante com a água que entra nela, e sem os cuidados profissionais, pode acabar em uma infecção.

Portanto, antes de mostrar algumas técnicas que seu médico pode te ensinar durante uma consulta, vamos mostrar formas de prevenir que a água entre no seu ouvido, como é a estrutura do ouvido e, por último, as técnicas e medicamentos que seu médico pode receitar para curar sua água no ouvido.

Como fazer para evitar que a água entre no ouvido?

Basta um pequeno descuido, e você já quer saber o que fazer para tirar água do ouvido rápido, para acabar com a sensação ruim logo. Esse desespero não vai ajudar em nada, e pode piorar o seu problema, que poderia ter sido evitado com uma das dicas abaixo.

Quando for nadar, use uma touca de banho e protetor auricular para proteger suas orelhas. No banho, use um protetor auricular em crianças pequenas ou você mesmo, se você tem um ouvido sensível. Tocas de banho também ajudam. Isso não significa que você não deva lavar as orelhas, mas ensina que você não deve jogar água diretamente nelas. Molhe as mãos para lavar as orelhas. Seque muito bem após nadar ou após o banho, usando a ponta de uma toalha. Nunca enfie o cotonete dentro do ouvido: cotonete é apenas para a área externa do ouvido.

Assim que você sair do banho, piscina, hidromassagem, rio, mas, onde for: Incline a cabeça para segurar cada orelha virada para baixo, permitindo a água para escapar do canal auditivo. Faça isso sempre que mergulhar a cabeça na água. Puxe o lóbulo da orelha em diferentes direções para ajudar a drenar a água.

Ao sentir que a água está dentro do ouvido, não coloque objetos dentro. Isso inclui cotonetes, lápis, clipes, dedos, o que for. Não tente, também, fazer remoções de cera de ouvido caseiras, pois a cera ajuda a proteger os ouvidos de infecções. Este procedimento só pode e deve ser realizado por um profissional qualificado. Os “excessos” de limpeza, inclusive, podem ser um dos causadores de dores de ouvido

Forma fácil de remover água presa no ouvido

Puxar a ponta da orelha, chamada de lóbulo, pode ajudar a escorrer a água do ouvido. Porém, não repita demais a operação, ou você pode acabar com a orelha dolorida. (Foto: thehigherlearning.com)

Conheça melhor seu ouvido

Vamos falar sobre a anatomia do ouvido para que você tenha uma boa visualização de como a água fica presa dentro dele e por que é tão importante não colocar objetos lá dentro.

Ouvido externo: é a parte parte visível do ouvido. Ela recolhe sons e os direciona para o seu canal auditivo. Esta passagem tubular tem cerca de 2,5 cm de comprimento e termina no tímpano. Pela extensão desse canal estão as glândulas que produzem cera. A finalidade da cera é proteger o canal auricular, prendendo detritos e impedindo danos no tímpano. A cera também cria um ambiente ácido que afasta bactérias.

Ouvido médio: é uma cavidade do tamanho de ervilha. Ela transforma as ondas sonoras em vibrações e as transporta para o ouvido interno. O que separa o ouvido médio do ouvido interno é o tímpano. Este, por sua vez, é como um “tampão”, que estende-se pelo canal auricular esticado como a pele de um tambor. Descendo do ouvido médio temos a trompa de Eustáquio, que se conecta à parte de trás do seu nariz. Este canal serve como uma válvula de pressão e, normalmente, está fechada. Essa válvula protege o ouvido médio de sons altos. Só que essa trompa pode também prender água nos ouvidos. No entanto, quando o tubo detecta uma diferença de pressão de ar em ambos os lados do tímpano, abre-se automaticamente. Ao permitir a entrada de ar, a trompa dissipa a força que poderia danificar o tímpano. Quando o tubo é aberto, você ouve um som de estalo. Através da trompa de Eustáquio, temos também um caminho possível para a água que fica aprisionada no ouvido.

Ouvido interno: seu ouvido interno contém um órgão em forma de caracol chamado cóclea. Ele converte as vibrações sonoras em impulsos nervosos. Esses impulsos viajam ao longo do nervo auditivo para o cérebro, onde são interpretados e reconhecidos como sons específicos. O ouvido interno também abriga três canais semicirculares, responsáveis por ajudar você a manter o equilíbrio do seu corpo.

Como a água fica presa no ouvido?

Quando um grande volume de água entra em seu canal do ouvido, ela pode ficar preso. Uma vez que o canal é descendente, o fluido não pode ser drenado com facilidade. Um acúmulo de água é um problema sério. Ele pode levar à inflamação, irritação e infecção do canal auditivo, em uma condição conhecida como otite externa. Se restos de fluidos ficam presos atrás do tímpano, podem abrigar bactérias, causando uma infecção do ouvido médio. A trompa de Eustáquio também pode inchar, impedindo a drenagem de qualquer fluido. É algo sério isso, porque as bactérias podem, em alguns casos, deteriorar completamente sua capacidade auditiva.

Como tirar a água presa no ouvido?

Você deve seguir as orientações de seu médico. Algumas pessoas tem condições específicas que podem tornar esses procedimentos e técnicas diferentes perigosos, com o risco até de morte. O propósito de colocarmos aqui as informações sobre as técnicas usadas é que você tenha uma orientação sobre como e o que seu médico pode orientar você a fazer. A pesquisa na internet antes de ir ao médico é uma forma de ajudá-lo no diagnóstico.

Agora que você está bem informado, podemos descrever as técnicas que podem ser usadas para tirar a água do ouvido.

Efeito de vácuo

Pode liberar o fluido através da criação de um vácuo temporário. A sucção vai tirar a água em sua orelha em direção à sua mão. Incline a cabeça para os lados, com o ouvido entupido paralelo ao chão. Coloque a palma da mão contra sua orelha e pressione firmemente por alguns segundos, fazendo um efeito de “desentupidor” no ouvido. Faça isso algumas vezes, até você sentir o fluido saindo.

Mistura de álcool ou vinagre para água no ouvido

Este remédio vai livrar tanto o ouvido da água quanto prevenir infecções. O álcool acelera a evaporação da água e o vinagre ácido dissolve qualquer cera que esteja atrapalhando a água a sair do ouvido. O vinagre também ajuda a evitar a proliferação de bactérias.

Para fazer a solução, misture misture uma colher de chá de álcool e vinagre branco em um copo. Sugue a solução com um conta-gotas. Incline a cabeça para os lados, e segure a conta-gotas acima de seu canal auditivo. Solte três gotas, aguarde 30 segundos, e levante a cabeça para deixar o excesso de fluido sair.

Método do secador para tirar água do ouvido

Use um secador de ar quente para ajudar a evaporar a água. Puxe a orelha pelo lobo para baixo, e defina a temperatura do secados para “morno” e o fluxo de ar para “baixo/fraco”. Ligue e mantenha à distância de dois palmos do seu ouvido, por até 30 segundos. Repita, se necessário.

Compressa morna para tirar água do ouvido

A compressa morna irá abrir a trompa de Eustáquio e assim, drenar a água. Molhe um pano em uma bacia de água morna, e torça o excesso. Segure o pano junto ao ouvido entupido por 30 segundos. Espere um minuto e repita. Deite-se de lado para usar a gravidade para ajudar a drenar a água.

Vapor para tirar água do ouvido

Vapor abre a tuba auditiva e libera fluido que está acumulado no ouvido. Para isso, despeje água fervente em uma tigela grande, cobrindo sua cabeça com uma toalha. Segure o ouvido entupido sobre o vapor, e espere até a água começar a sair do ouvido.

Manobra de Valsalva

Esta técnica abre a tuba auditiva e equaliza a pressão do ar. Para fazer essa técnica, feche a boca, e belisque suas narinas fechadas com os dedos. Respire fundo e, gentilmente, traga o ar para cima através de sua garganta. Sopre ar através de seus ouvidos durante dois segundos, utilizando a mesma força que você usaria para inflar um balão. A força irá igualar a pressão do ar e quando essa manobra for realizada corretamente, você ouvirá um pequeno estalo, indicando a abertura da trompa de Eustáquio

Manobra de Toynbee

Este é um outro método de equalização da pressão do ouvido. A deglutição força a abertura da trompa. Para fazer essa manobra, tome um gole de água e aperte o nariz fechado. Engula a água com seu nariz comprimido e pronto.

Vale também ir ao farmacêutico e pedir uma recomendação de remédio para poder ajudar na evaporação da água e prevenir infecções.

Quais técnicas seus médicos já recomendaram? Quais funcionaram?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.