Aqui estão algumas das coisas que podem ajudá-lo a aprender a nadar sem ter vergonha, mesmo depois de adulto. Vale a pena se dedicar a aprender essa habilidade, que é uma importante aliada da saúde e segurança. Afinal, mesmo as piscinas e praias mais rasas guardam grandes perigos para todos, e sabendo nadar você poderá ficar mais seguro nessas situações.

Ensinando a nadar passo a passo: o equipamento primeiro!

Um bom par de óculos de proteção e protetores auriculares mantém a água fora de seus olhos. Um bom par de óculos e de protetores dura entre 2 e 4 meses, prazo após o qual deve ser trocado, pois começarão a vazar. Você deve procurar um óculos que fica confortável no seu rosto, e que não exerce muita pressão sobre seu nariz. Os protetores precisam ficar na parte externa das orelhas, não entrando pelos canais, mas fechando tudo. Acrescente também uma touca de natação, para proteger seus cabelos.

Aprender a nadar passo a passo: começando pelas dicas importantes

Comece sempre na piscina mais rasa, para aprender algumas técnicas básicas de natação. Raso é um lugar onde você pode ficar em pé e sua cabeça e ombros ficam para fora da piscina. Desta posição, você tem que aprender que ao dar as primeiras braçadas, ou aprender a flutuar, é importante sempre manter seu rosto dentro da água. Isso te deixa mais confortável e em uma posição mais aerodinâmica, mais eficiente para a natação.

Para isso, apoie os pés no fundo da piscina, estique os braços e baixe sua cabeça, colocando o rosto na água. Vire o rosto lateralmente, respire, volte o rosto para a água, e solte. Tente evitar respirar pelo nariz, que pode estar cheio de água. Respire pela boca, solte pela boca/nariz quando colocar o rosto dentro da água.

Depois que estiver seguro com essa habilidade, você pode começar a dar braçadas, parado. Rode seu braço, com a mão funcionando como uma pá quando entrar na água, jogando água para trás. Mantenha o rosto na água, e pés no chão da piscina. A cada um ciclo de rodadas (uma volta com cada braço), vire o rosto e respire. Depois, aumente para dois ciclos e sucessivamente, até você saber seu limite para aguentar ficar sem respirar e dando braçadas.

Aprender a nadar sozinho: flutuando e nadando o máximo de tempo possível.

Você nunca vai melhorar a menos que você vá continuamente para a piscina. Isso significa nadar, pelo menos, duas vezes por semana. Mesmo que seja só para flutuar na água. Mas por que flutuar? Como flutuar?

Você não vai conseguir bater braços e pernas na água e se mover sem flutuar sobre a piscina. Para aprender essa habilidade, há várias técnicas. Vamos passar duas delas:

Técnica 1 – Segure na borda da piscina e estique o corpo. Levante as pernas da água e mexa elas devagar para subi-las até a superfície. Continue movendo as pernas para que elas continuem flutuando.

Técnica 2 – Com um suporte de uma espuma no pescoço ou por baixo dos ombros, bata as pernas devagar até elas chegarem à superfície. Mantenha o corpo ereto, e só mova as pernas se elas começarem a afundar novamente.

Flutuando, você consegue aprender um pouco melhor sobre o equilíbrio do seu corpo em uma piscina, e como trabalhar com as forças da água para te ajudar a nadar.

Suporte de boias para aprender a nadar

Boias são ótimas aliadas ao adulto que está aprendendo a dar suas primeiras braçadas na natação. (Foto: lacrossetribune.com)

Aprender a nadar: técnicas com aulas de natação

Para aprender técnicas de natação mais avançadas, o ideal é você procurar uma escola ou instrutor. Trabalhar com alguém que sabe mais sobre algo que você, sempre vai ajudá-lo a melhorar suas habilidades. Porque flutuação e respiração são as partes fáceis da natação. Aprender a nadar de frente, de costas, golfinho, borboleta, é que é difícil. Mas vamos descrever a técnica do nado crawl, o tipo mais básico de natação:

Para as pernadas: segure na borda da piscina e estique as pernas o máximo que puder. Dê leves batidas até que seu corpo fique esticado, e as pernas na superfície da água. Estique os pés. Comece a, alternadamente, chutar a água com os pés, para te impulsionar para a frente. Aumente a frequência e bata mesmo na água, jogando pingos para todos os lados, e te impulsionando para a frente.

Para as braçadas: em pé na piscina, estique os braços. Pense que o braço mais esticado vai te dar mais impulso na água. Mantenha os dedos juntos. Faça um movimento de puxar areia com um braço, só que com a água. Imagine que você está escalando um muro na vertical, só que as pedras que você “agarra” agora são a água. Quanto mais água você puxar, mais força ganhará na natação. Puxe a água alternadamente, lembrando de deixar seu rosto dentro da água, e tirar para respirar junto com o braço que levanta (virar rosto para direita, se estiver levantando o braço direito, etc). Pule do apoio do fundo da piscina e dê algumas braçadas batendo também as pernas. Tente fazer isso de um lado para outro da piscina, colocando os pés no fundo, pulando, nadando uma pequena distância, e parando. Lembre-se de levantar os cotovelos para fora da água, nas braçadas. Vá fazendo desse jeito até você conseguir dar suporte ao seu próprio corpo só com as braçadas e pernadas.

Não tenha pressa alguma: no passo a passo de aprender a nadar, você vai primeiro aprender as coisas de um jeito bruto para, só depois, aprender a nadar com mais sutileza e técnica.

Como aprender a nadar rapidamente? Seja bem paciente!

Use todo o equipamento e profissionais a seu favor: pranchas, educadores físicos, fisioterapeutas, óculos de snorkel, bóias, pés de pato. O que você puder usar para te ajudar nos primeiros momentos, use. Já vi muita gente que hoje compete triatlo começar a nadar crawl com uma bóia de piscina na barriga. Não tenha vergonha, e dedique-se a melhorar sua técnica gradualmente, sem desistir. Os esforços com a natação se pagam, tudo isso sem qualquer impacto para suas articulações.

Natação, num geral, pode assustar nos primeiros dias. Mas com paciência, você conseguirá vencer a vergonha e usar as técnicas apropriadas para se tornar um bom nadador.

Como foi sua experiência com a natação? Quais ferramentas e profissionais te ajudaram a aprender a nadar?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.