Todos nós precisamos de água para viver, mas o quanto realmente sabemos sobre isso? Muito pouco, na verdade. Mitos sobre o consumo de água e a hidratação aparecem aos montes. Afirmações como beber água de estômago vazio faz mal são comuns em vários círculos de conversa. Mas até onde essas afirmações são verdades ou mitos? É o que vamos ver.

Todo mundo precisa beber oito copos de água por dia.

Mito. Embora a água seja o fluido mais fácil e mais econômico para mantê-lo hidratado, as recomendações das pesquisas mais recentes é que as mulheres devem se esforçar para cerca de dois litros ou oito copos por dia e os homens devem apontar para três litros ou 12 copos por dia de qualquer líquido, não apenas água. Isso garante uma hidratação melhor. A recomendação ainda acrescenta que sempre que você sentir sede ou tiver já passado um bom tempo desde seu último copo de água para você beber um copo. Ah, e vale a pena beber quando você sentir fome também, pois seu cérebro pode confundir a sensação de sede com fome e portanto, a água pode reduzir sua fome.

Água limpa toxinas de seu corpo

Fato. Embora a água não necessariamente neutralize as toxinas, os rins fazem uso da água para se livrar de certos resíduos tóxicos do organismo. Se você não beber bastante água, seus rins não terão a quantidade de líquido que precisam para fazer o seu trabalho corretamente, podendo causar problemas como as pedras nos rins.

Consumo da água

Mesmo sendo essencial no nosso dia a dia, o consumo de água ainda está rodeado de mitos que precisam ser destruídos para te ajudar a ter uma vida mais saudável. (Foto: Mirror)

A água engarrafada pode causar cáries nos dentes

Mito. Água engarrafada por si só não faz com que os dentes tenham cáries, mas geralmente não contém qualquer flúor, que é adicionado à água da torneira para ajudar a prevenir a cárie. O flúor é um elemento importante na mineralização dos ossos e dentes. Com o aumento do consumo de água engarrafada, que não é fluoretada, houve um aumento na cárie dentária. Uma dieta equilibrada e visitas ao dentista podem ajudar a evitar esses problemas.

Beber água ajuda a manter a sua pele sempre hidratada

Mito. Enquanto costuma-se acreditar que ficar adequadamente hidratado deixa a pele jovem e vibrante, a realidade é que a quantidade de água que você bebe provavelmente tem muito pouco a ver com como sua pele se aparenta. A menos que o indivíduo esteja severamente desidratado, beber grandes quantidades de água não o impedirá de ter a pele seca. Basicamente, o nível de umidade da pele não é determinado por fatores internos. Em vez disso, fatores externos, como a limpeza da pele, o ambiente, o número de glândulas de óleo e o funcionamento dessas glândulas produtoras de óleo determinam como seca a pele é ou se tornará. A água que é consumida internamente não vai atingir a epiderme, que é a camada superior da pele, com tanta facilidade.

Água potável ajuda a perder peso

Fato. Água potável não irá desencadear a perda de peso, mas pode ajudar no processo. A água substitui outras bebidas carregadas de calorias na dieta, fazendo com que você reduza o seu número total de calorias. Além disso, como dissemos antes, ela pode fazer você se sentir mais cheio e acabar com sua fome, resultando em comer menos durante as refeições. Particularmente a água gelada, pode até desempenhar um papel no aumento do seu metabolismo, ajudando a emagrecer.

A urina amarela é um sinal de desidratação

Mito. Pode ser, mas nem toda a urina amarela é causa de preocupação quanto a hidratação. A urina amarela escura pode ser um sinal de desidratação, no entanto. Os rins filtram produtos de resíduos e reabsorvem água e outras substâncias úteis do sangue, para que eles controlem o volume e a concentração de saída de urina. A desidratação leva ao aumento da concentração da urina, deixando-a com uma cor amarela escura. Idealmente, sua urina deve ser amarela clara. Outros fatores, porém, como tomar um multivitamínico, também podem levar à urina amarela.

Se você está com sede, você já está desidratado

Mito. Se você começar a sentir sede, então você está indo na direção errada e deve pegar um copo de água, mas a sede não significa necessariamente que você está desidratado. A sede começa quando a concentração de certas substâncias no sangue aumentam em menos de 2%, enquanto a maioria dos especialistas definirem como a desidratação quando a concentração tiver aumentado em pelo menos 5%.

Você precisa de bebidas esportivas, não de água, para funcionar em um nível elevado de atletismo

Mito. Bebidas esportivas podem ter campanhas publicitárias mais renomadas, mas a água é realmente tudo que você precisa para obter o líquido necessário para a maioria dos esforços atléticos. O fluido adequado, especialmente a água, é mais importante para os atletas de todas as idades, pois é a única maneira mais importante do corpo transportar nutrientes e energia e remover o calor durante o exercício. Uma bebida de esportes ou vitamina pode se provar melhor, mas não é necessária para a hidratação, além de ser caro. Tenha em mente que as pessoas que correm maratonas ou competem em atividades altamente extenuantes podem precisar complementar a sua ingestão de água com bebidas esportivas para compensar o sal que eles perdem devido à transpiração pesada durante longos períodos de tempo. Isso não se aplica à maioria das pessoas que estão simplesmente se exercitando em uma academia, por exemplo.

Você pode ter problemas de saúde se beber água demais. E beber água de estômago vazio faz mal?

Fato. Pessoas com certas condições de saúde podem colocar-se em risco de complicações se beberem muita água. Algumas condições cardíacas, pressão alta ou inchaço das pernas são condições que forçam as pessoas a evitarem o excesso de água. Se você tem uma história de problemas renais, especialmente se você teve um transplante, consulte o seu médico antes de aumentar a ingestão de líquidos. Você não deve beber muita água enquanto come, pois dilui o ácido do estômago e pode causar problemas de digestão. Em outras palavras: beber água de estômago vazio não faz mal e, na verdade, é até recomendável.

Você não deve reutilizar garrafas de água plásticas

Fato. As garrafas de água plásticas podem apresentar riscos para as pessoas que bebem seu conteúdo e, em seguida, enchem várias vezes. Essas garrafas liberam produtos químicos em sua água depois de múltiplos usos. A garrafa, se não for devidamente limpa, também pode levar bactérias para sua boca, causando doenças.

Você conhecia alguns desses mitos e fatos? Quais? Como é seu consumo de água no dia a dia?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.