Ser diagnosticado com uma doença crônica pode ser assustador e desorientador. Assim que você passa do choque inicial, é útil aprender a lidar com as tensões diárias de viver com a sua doença.

Doenças crônicas: definição

Considera-se uma doença crônica a doença que não tem cura e que, geralmente, são graduais, evoluindo durante o tempo. Algumas delas podem ser controladas, e o indivíduo pode viver uma vida completamente normal, sem apresentar praticamente quaisquer dos sintomas. Para outras doenças crônicas, os sintomas podem evoluir. Em qualquer caso, são necessárias alterações no estilo de vida para que os sintomas não prejudiquem sua saúde. Acima de tudo, que não permitam que você corra algum risco de vida.

O estresse dos sintomas de doenças crônicas

Quem enfrenta uma doença crônica, diferente de alguém que passa por uma doença periodicamente, tem um estressor constante andando ao seu lado. Para administrar os sintomas de uma doença crônica, o indivíduo tem que:

  • Lidar com a dor ou desconforto de seus sintomas
  • Tomar medidas para controlar sua condição e praticar os cuidados próprios
  • Se adaptar às novas limitações que a sua condição coloca em sua vida
  • Gerenciar um aumento das pressões financeiras
  • Lidar com sentimentos de frustração, confusão, ou isolamento
  • Tomar medidas para maximizar a sua qualidade de vida e minimizar os desafios de viver com uma doença a longo prazo.
Controlar os sintomas de uma doença crônica

Viver com uma doença crônica não é apenas tomar remédios o resto da vida. É adaptar seu estilo de vida para que a doença não atrapalhe seu cotidiano. (Foto: advancedalternativemedcare.com)

Como controlar e conviver com sua doença crônica?

Quando você está vivendo com uma doença crônica, você precisa aprender tudo o que puder sobre os seus sintomas e opções de tratamento, sempre começando fazendo todas as perguntas ao médico sobre sua condição, e ajudando ele em fazer um diagnóstico cada vez mais preciso. Sites, fóruns, e associações de doenças crônicas específicas são excelentes recursos para aumentar sua base de conhecimento.

Preste muita atenção ao seu corpo e ao que parece aliviar os sintomas ou torná-los pior. Use um caderno, smartphone, ou agenda para registrar tudo que acontece com sua saúde e outras idéias que podem ajudar você a gerenciar seus sintomas. Compartilhe suas anotações com o seu médico para que a equipe que está trabalhando no seu tratamento de saúde possa entender melhor como a sua condição te afeta. Não tenha medo e lembre-se que o médico e os profissionais estão ali para te ajudar.

Seja mais independente por causa da doença crônica

Pode parecer contraintuitivo, pois ao ter uma doença crônica você precisará de contar com a ajuda de mais pessoas. Só que ser independente não significa ser solitário, significa apenas saber cuidar melhor de si mesmo.

Saber cuidar melhor da sua própria saúde pode ajudar você a ganhar um senso de controle e melhorar a sua qualidade de vida. Seguindo seu plano de tratamento recomendado pode ajudar a manter os seus sintomas e estresse sob controle, tomando medicamentos no horário certo, comparecendo às consultas programadas, informando ao médico sobre as mudanças nos sintomas. Planeje bem e você também vai estar ajudando às pessoas que estão ao seu lado.

Outras decisões diárias que afetam suas ações e estilo de vida podem moldar como você efetivamente contorna o estresse de uma doença crônica. Por exemplo, comer alimentos nutritivos e a prática de exercícios físicos pode ajudar a impulsionar o seu humor, melhorar a sua mobilidade e aliviar os sintomas. Você também deve tomar medidas para gerir as suas atitudes, emoções e relacionamentos, como começar sessões de psicoterapia.

Emoções e doenças crônicas

A natureza abrangente das doenças crônicas, e as formas como afetam a sua vida e planos podem provocar uma ampla gama de emoções, que podem incluir:

  • Estresse
  • Aflição
  • Raiva
  • Medo
  • Depressão
  • Ansiedade

Diferentes formas para gerir o estresse vão funcionar em diferentes níveis com diferentes pessoas. Técnicas diferentes de relaxamento podem incluir:

  • Exercícios físicos
  • Alongamento
  • Ouvir música
  • Respiração profunda
  • Meditação
  • Escrever em um diário
  • Cozinhar
  • Leitura
  • Passar passar mais tempo com a família e amigos
  • Hobbies

Esse cuidado dedicado a você mesmo é essencial para o tratamento eficiente de uma doença crônica.

Relacionamentos e doenças crônicas

Quando você tem uma condição crônica, você pode achar que você tem energia e tempo limitado disponível para a socialização. Alguns amigos ou familiares podem não entender os desafios que você está enfrentando.

Fazer escolhas inteligentes sobre onde concentrar seu tempo e energia pode ajudá-lo a viver sua vida melhor, e dedicar seu tempo com mais qualidade. Concentre-se nas relações que são mais importantes para você. Deixe de lado as relações que adicionam mais estresse do que suporte para sua vida.

Aprenda a se adaptar

É importante desenvolver uma aceitação saudável das mudanças de estilo de vida que sua condição requer. Também ajuda a desenvolver a confiança em sua capacidade de viver dentro dessas limitações, principalmente em doenças que vão se desenvolver com o tempo, e aquelas que irão se agravar com a idade.

Você pode assumir o controle de sua vida de maneiras que fazem a diferença para a sua experiência cotidiana, abordando sua condição com adaptabilidade e confiança. Desenvolver novas habilidades e hábitos, com uma abordagem de resolução de problemas (ao invés de uma abordagem de criação de novos problemas) ajuda a descobrir o que funciona melhor para você, tornando-o capaz de gerir melhor os desafios que possam surgir.

Viver com doença crônica pode ser estressante, mas você pode tomar medidas para controlar sua condição e manter uma boa qualidade de vida. Aprender o máximo que puder sobre sua doença e as necessidades de tratamento são os primeiros passos. Seja proativo, arranje tempo para atividades e relacionamentos que deixam você sentir-se mais feliz, evitando pessoas e coisas que te deixam pra baixo. Ajuste suas expectativas e pratique os cuidados próprios, e você poderá fazer da sua saúde e bem-estar uma prioridade.

Você tem uma doença crônica? Como você lida com ela?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.