Náusea é a sensação de ter vontade de vomitar, um enjoo. Este enjoo pode ou não vir com vômitos. Vamos entender mais sobre enjoos, suas causas e possíveis tratamentos para este problema. Este problema pode ser agravado quando a pessoa tem outras condições de saúde delicadas, como distúrbios de alimentação, gravidez, recuperação de cirurgias, refluxo, alergias, doença celíaca entre outros.

É válido também lembrar que nem todo enjoo significa necessariamente algo mais grave. Pode ser simplesmente passageiro. Por via das dúvidas, vale dar uma lida no artigo abaixo com todos os detalhes para nossos leitores.

Causas do enjoo

Muitos problemas comuns podem causar náuseas e vômitos:

  • Alergias alimentares;
  • Infecções do estômago ou intestinos, como a intoxicação alimentar;
  • Vazamento do conteúdo do estômago (comida ou líquido) para cima (refluxo gastroesofágico);
  • Medicamentos ou tratamentos médicos, como quimioterapia ou radioterapia;
  • Crises de enxaqueca;
  • Enjôos matinais durante a gravidez;
  • Crises de sinusite;
  • Dor intensa, como pedras nos rins.

Náuseas e vômitos constantes também podem ser sinais de alerta precoce de mais sérios problemas de saúde, tais como:

  • Apendicite;
  • Bloqueio no intestino;
  • Câncer ou um tumor;
  • A ingestão de uma droga ou um veneno, especialmente por crianças;
  • Úlceras na mucosa do estômago ou do intestino delgado.

10 dicas para evitar ou melhorar o enjoo

Uma vez que você e seu médico descobrir a causa (ou seja, nada de tentar fazer o diagnóstico sozinho!), você vai querer saber como tratar. Então, vão aqui as dicas (e prováveis recomendações médicas) para o evitar ou melhorar o enjoo.

  1. Tomar remédios. Seu gastroenterologista pode recomendar alguns medicamentos, como antiácidos. Se você os toma sem a consulta, pode acabar escondendo um sintoma de uma doença mais grave;
  2. Mudanças na dieta. Converse com seu nutricionista sobre sua dieta e possíveis alimentos que podem estar causando seu problema. Nada de fazer dietas loucas ou por conta própria: consulte um especialista. Evite também exagerar na hora de comer, mesmo quando a comida está gostosa;
  3. Hidratação constante.Beba um copo de água a cada hora e aumente essa frequência em dias mais quentes ou quando você está em atividade física intensa. Se você acha que o enjoo vem de intoxicação, beba mais água ainda;
  4. Deite e fique em repouso.Repousar pode ser uma forma de evitar que os movimentos estimulem ainda mais o enjoo;
  5. Anti-histamínicos. Para casos agudos em que o médico está muito longe. Cuidado com alergias e tente ligar para seu médico antes de tomar os remédios;
  6. Remédios contra enjoo.Para quem fica enjoado em viagens, barcos ou navios, há muitas opções de medicamentos para estes casos. Cabe verificar com o médico qual o melhor para sua saúde, principalmente para pessoas com outras condições de saúde, como gravidez, diabetes, hipertensão entre outros;
  7. Massagem estomacal.Uma massagem no estômago com as mãos fazendo movimentos circulares e o uso de óleos lubrificantes pode aliviar muito o enjoo. Deite ou sente de forma bem relaxada e faça movimentos circulares de dentro para fora da barriga, relaxando a região;
  8. Respiração profunda. A técnica de respirar profundamente pode ajudar a relaxar e melhorar o enjoo. Respire pelo nariz e solte pela boca repetidamente e bem lentamente, concentrando na respiração;
  9. Evite provocar o vômito.Apesar de acontecer um alívio após a provocação do vômito, muitas pessoas podem piorar consideravelmente. A dica é não vomitar;
  10. Ligue para seu médico. Não custa nada repetir a dica mais importante para este artigo. Ninguém deve ficar cuidando de si mesmo de qualquer jeito.
Identificando as causas dos problemas de saúde

Se sentir enjoado pode ser causado por várias coisas. Tentar identificar as causas é o primeiro passo para ajudar seu médico em um diagnóstico completo. (Foto: b4tea.com)

Quando em contato com um profissional médico?

Sempre é a resposta. Mas em casos mais urgentes, você deve procurar um hospital de urgência e emergência se:

  • Você acha que o vômito é de envenenamento;
  • Você percebe sangue ou material cor de café escuro no vômito.

Chame um médico imediatamente ou procurar atendimento médico se você ou outra pessoa:

  • Tem vômitos por mais de 24 horas;
  • É incapaz de manter todos os líquidos por 12 horas ou mais;
  • Dor de cabeça ou pescoço rígido;
  • Não urinou durante 8 ou mais horas;
  • Dor severa no estômago ou barriga;
  • Vomitou três ou mais vezes em 1 dia.

Sinais de desidratação incluem:

  • Chorar sem lágrimas;
  • Boca seca;
  • Aumento da sede;
  • Olhos que aparecem afundados;
  • Alterações da pele como por exemplo, se você tocar ou apertar a pele e ela não se recuperar a maneira como faz normalmente;
  • Urinar menos vezes ou ter urina amarela escura.

Seu médico irá realizar um exame físico, e vai procurar por sinais de desidratação. O médico fará perguntas sobre seus sintomas, tais como:

  • Quando o vômito começou? Quanto tempo dura? Quantas vezes ele ocorre?
  • Será que ocorrer depois de comer ou com o estômago vazio?
  • Que outros sintomas estão presentes – dor abdominal , febre , diarreia ou dores de cabeça?
  • Você está vomitando sangue?
  • Você está vomitando algo que se parece com borra de café?
  • Você está vomitando alimento não digerido?
  • Quando foi a última vez que urinou?

Outras perguntas que podem ser feitas são:

  • Você já teve perda de peso?
  • Você foi viajar? Onde? O que comeu?
  • Quais medicamentos você toma?
  • Será que outras pessoas que comeram no mesmo lugar que você tem os mesmos sintomas?
  • Você está grávida ou pode estar grávida?

Podem ser efetuados testes como exames de sangue (hemograma com diferencial, níveis de eletrólitos no sangue e testes de função hepática), análise da urina, raios-X do abdômen. Dependendo da causa e quanto mais líquidos que você precisa, você pode ter que ficar no hospital ou clínica por um período de tempo. Você pode precisar de fluidos administrado através de suas veias.

Dúvidas? Sugestões? Críticas? Estamos abertos à participação nos comentários abaixo!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

Um comentário para “10 dicas para evitar ou melhorar o enjoo”

  1. Jucirandy

    Olá me chamo jucirandy estou sofrendo a seis meses de enjoo no momentou estou tomando dranim já fiz exame de gravides deu negativo.quando sinto enjoo minha boca fica seca me sinto muito mal por favor me ajuda…obrigada