Ruídos intestinais ou do estômago podem ser uma parte normal da digestão. Seu cérebro envia um sinal para o seu intestino que provoca a liberação de fluidos digestivos enquanto uma série de contrações musculares chamadas de peristaltismo começam. Estes barulhos permitem que você saiba quando é hora de comer. Se o ruído no estômago é acompanhado de dor, inchaço, diarreia, você deve discutir seus sintomas com um médico. Ele pode indicar a presença de uma desordem gastrointestinal que possa estar acontecendo sem que você perceba.

Causas dos barulhos na barriga

Muitas condições podem causar dores intestinais leves a moderadas. Gastroenterite, por exemplo, é uma inflamação viral do estômago e intestinos que pode levar à dor abdominal, diarreia, náuseas e vômitos. Seus sintomas podem durar dois dias ou mais. Requisitos dietéticos incluem líquidos para evitar a desidratação.

Indigestão, com sintomas como o ronco do estômago, dor abdominal, inchaço e queima em seu estômago, pode ser o resultado de comer muitos alimentos ricos em gordura, consumo de álcool, estresse e fadiga. Uma dieta com baixo teor de gordura da dieta e mudanças no estilo de vida podem aliviar muitos dos seus sintomas.

Prisão de ventre, que é a dificuldade para os movimentos do intestino ou fezes excepcionalmente duras, podem causar sintomas de dor abdominal e vômitos. Ingestão insuficiente de fibras, água, estresse, imobilidade e exercício inadequado contribuem para a constipação. A abundância de fibra na dieta e líquidos é essencial para ajudar a prevenir a constipação.

Problemas com barulhos no estômago e intestino

Ao entender melhor as causas de barulhos na barriga, você pode identificar possíveis problemas antes que seja tarde demais. (Foto: www.womansday.com)

Condições de saúde relacionadas à barulhos na barriga

Quando os sintomas de barulhos no estômago e dores persistirem, ou se a dor se intensifica, você precisa procurar cuidados médicos. Estes sintomas podem indicar a presença de uma condição que requer intervenção maior do que uma alteração na dieta. Uma obstrução intestinal, por exemplo, geralmente requer hospitalização para a estabilização e a determinação se a obstrução é um bloqueio efetivo ou uma incapacidade dos músculos intestinais para mover os alimentos. Fluidos intravenosos são dados para hidratação e uma sonda nasogástrica é colocada através de seu nariz até o estômago para remover o ar e fluido, o que alivia a dor abdominal, enquanto o tratamento está em curso.

Dieta para evitar barulhos na barriga

A intolerância à lactose, com sintomas tais como dores abdominais, diarreia e gases, é causada por uma falta da enzima lactase, que é necessário para digerir a lactose. A intolerância à lactose é gerida através de mudanças na dieta, que incluem produtos lácteos sem lactose e suplementos com a enzima lactase.

Outras condições que requerem restrições dietéticas incluem a doença do refluxo gastroesofágico, que exige comer refeições menores e limitar alimentos gordurosos; a Doença de Crohn, na qual comidas leves podem fornecer menos desconforto; e alergias alimentares.

Considerações Finais

Os sintomas de barulhos na barriga com dor acompanhando podem ser uma indicação de condições que requerem intervenção médica e mudanças na dieta. Os cálculos biliares podem causar dor intermitente conhecida como cólica biliar, que podem estar presentes durante muitos anos sem causar desconforto. A inflamação da vesícula biliar, conhecido como colecistite aguda, ocorre em 1 a 3 por cento de pessoas com a presença de cálculos biliares. Se a pedra se aloja no seu canal biliar, ou no caso de um ataque agudo grave, cirurgia de emergência pode ser necessária para remover a pedra.

Geralmente, os barulhos na barriga causam um certo desconforto em situações sociais, mas são completamente normais e são, na maior parte das vezes, sinal de que você está com fome e que tudo está indo muito bem com seu organismo. Se você sentir que os barulhos estão mais frequentes e vez ou outra acompanham dores, aí é hora de visitar um médico para garantir que sua saúde está em dia.

Se você ainda tem dúvidas, compartilhe-as nos comentários abaixo! Estamos aqui para ajudar!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.