Queilite angular, popularmente conhecida como boqueira, é uma condição da pele que faz com que um ou ambos os cantos da boca fiquem doloridos e inflamados. O termo técnico para as áreas afetadas são as comissuras labiais. As comissuras referem-se aos dois cantos da boca, onde os lábios superior e inferior se conectam. Queilite angular é inflamação, incluindo vermelhidão, inchaço e dor em uma ou ambas as comissuras.

A inflamação associada à queilite angular pode estender-se levemente aos lábios ou à pele do rosto, mas se limita principalmente aos cantos da boca. A queilite angular não é uma doença, mas um sintoma de outra coisa onde o excesso de umidade nos lábios ou boca pode levar à condição. Qualquer pessoa de qualquer idade pode desenvolver queilite angular e o tratamento envolve abordar a causa subjacente rapidamente.

O que é e o que causa boqueira?

Simplificando, queilite angular é uma dor nos cantos da boca. Queilite angular em si não se espalha para além dos cantos da boca. Se estiver infectada e não tratada, a infecção pode se espalhar. Devido ao risco de infecção, o médico deve determinar a causa da inflamação e, portanto, é tratada corretamente.

Os sintomas de queilite angular incluem manchas vermelhas ou roxas nos cantos dos lábios, inchaço ou rachaduras nos cantos dos lábios, dor e ardor nos cantos da boca, lábios secos e rachados nos cantos da boca

Em alguns casos, não há causa clara de queilite angular. Muitas vezes, no entanto, a queilite angular começa quando os cantos da boca ficam úmidos por muito tempo. Quando a saliva evapora, secura e irritação começam. As pessoas podem então lamber os lábios para tentar aliviar a secura e irritação, criando mais umidade. E assim vai.

As áreas em que a irritação pode se abrir ou descascar e às vezes podem sangrar. Em alguns casos, a pele seca e rachada permite que uma infecção entre.

Uma infecção comum é causada por candida ou levedura que pode fazer a área coçar ou queimar.

Infecções bacterianas comuns, incluindo estafilococos e estreptococos, também podem ocorrer. Ou pode haver várias infecções. Por exemplo, uma pessoa com queilite angular pode ter uma infecção por fungos que se infecta com estafilococos.

Esfregar ou lamber a área infectada pode piorar, intensificando a dor.

A maioria das pessoas com queilite angular tem pelo menos um fator de risco, e isso geralmente é a diabetes. A diabetes pode enfraquecer o sistema imunológico, tornando-o mais vulnerável às infecções por fungos associadas à queilite angular. Muitas pessoas com diabetes desenvolvem problemas de pele, incluindo infecções. Diabetes também pode danificar as gengivas e dentes, levando à perda de dentes e próteses, e aumentando ainda mais o risco de desenvolver queilite angular.

Cuidados com boqueira

Trate a boqueira e acabe com o incômodo estético e dor causada pelo problema. (Foto: Fab How)

Excesso de saliva que entra em contato com a pele devido a lamber os lábios com frequência ou por causa da forma dos lábios e da boca pode também causar a boqueira. Pessoas cujo lábio superior paira sobre o lábio inferior podem desenvolver queilite angular.

Um sistema imunológico fraco devido ao HIV / AIDS, quimioterapia, uso de drogas que prejudicam o sistema imunológico e algumas doenças. Ter uma condição genética, como síndrome de Down também contribuem para a boqueira.

Questões nutricionais como anemia ou uma dieta pobre, ambas as quais podem tornar o corpo mais vulnerável a certas infecções.

Uma infecção por fungos da boca e problemas de dentes como usar próteses, especialmente se estiverem mal ajustadas podem causar a boqueira, assim como gengivite e outras questões de saúde bucal.

Ter um vírus ou infecção na boca ou perto dela como uma afta podem contribuir para a boqueira. Se os lábios estão tão secos que se abrem, é mais fácil para vírus, bactérias e leveduras. invadirem.

Tratamento para boqueira

Para alguém com diabetes descontrolado, o tratamento pode incluir mudanças na dieta e no estilo de vida, terapia com insulina ou medicamentos para diabetes. Suplementos vitamínicos ou mudanças na dieta podem ajudar as pessoas que desenvolvem queilite angular devido à má nutrição.

Quando a área está infectada, a infecção subjacente requer tratamento. É importante diagnosticar a causa da infecção, uma vez que as infecções por fungos, por exemplo, não respondem aos antibióticos. Na maioria dos casos, um médico pode dizer, olhando para ele se a infecção é bacteriana ou devido a levedura.

Manter a área limpa e seca pode aliviar a dor e evitar que uma infecção se agrave.

Um batom ou protetor pode aliviar a secura e proteger a pele da saliva. Um médico também pode recomendar um creme esteroide tópico, que pode ser aplicado na pele para estimular a cicatrização. Um creme esteroide também pode ajudar com dor e coceira.

Quando um problema com o formato do lábio ou da boca torna mais provável a queilite angular, ou se uma pessoa teve várias infecções com queilite angular, o médico pode recomendar o tratamento para alterar a forma da boca.

Enchimentos cosméticos, que são aplicados por injeção, podem ajudar com os lábios caídos que causam queilite angular. Também é necessário garantir que as próteses se encaixem corretamente.

Queilite angular pode levar a levedura ou outras infecções se não for tratada. Além disso, os distúrbios que resultam em queilite angular têm complicações. A diabetes não tratada, por exemplo, pode causar problemas cardíacos.

Boqueira tem cura, mas é preciso ver um médico!

Queilite angular é fácil de tratar, mas nem sempre pode ser tratada em casa sozinho. Pessoas que notam manchas vermelhas ou roxas nas bordas de seus lábios, ou que experimentam dor no lábio, queimação ou ressecamento devem consultar seu médico. O tratamento precoce por um médico pode impedir que a infecção se agrave ou se espalhe. Principalmente se a boqueira ocorre repetidas vezes, é bom se consultar com um médico para identificar as causas subjacentes.

Queilite angular não é perigosa e é altamente tratável. Os sintomas geralmente melhoram dentro de alguns dias de início do tratamento.

Algumas pessoas podem desenvolver queilite angular novamente, e outras infecções são prováveis ​​quando o fator de risco para queilite angular persistir.

Isso significa que pessoas com diabetes, anatomia labial incomum ou outros fatores de risco devem agir para evitar uma infecção futura. Algumas estratégias para prevenir queilite angular incluem manter os lábios secos, tratar uma condição subjacente, usar protetor labial e praticar uma boa higiene bucal

Queilite angular pode ser dolorosa e desagradável, mas é um inconveniente em vez de um sério problema de saúde na maioria dos casos. Além disso, é geralmente altamente evitável.

Pessoas que sofrem de boqueira freqüente devem perguntar ao seu médico sobre possíveis causas e explorar a possibilidade de mudanças no estilo de vida. Em algumas situações, doenças como a herpes podem ser um diagnóstico diferencial para a boqueira.

Mesmo uma simples mudança de estilo de vida, como o batom durante o inverno, pode evitar que ocorra.

Como vocês cuidam da boqueira? Já tiveram problema com ela?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.