O que é diabetes e quais são os tipos?

Escrito na categoria "Saúde" por André M. Coelho.

A diabetes é uma doença geralmente crônica e que causa níveis elevados de açúcar no sangue. É tida como um dos maiores problemas de saúde do mundo moderno, principalmente nos EUA. No Brasil, o número de casos tem crescido exponencialmente, o que gera uma grande preocupação dos profissionais de saúde.

Causas da diabetes

A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas para controlar o açúcar no sangue. A diabetes pode ser causada por uma insuficiência de insulina, a resistência à insulina, ou ambos.

Para entender a diabetes, é importante primeiro entender o processo normal pelo qual o alimento é dividido e usado pelo corpo para produzir energia. Várias coisas acontecem quando o alimento é digerido:

Pessoas com diabetes têm níveis elevados de açúcar no sangue, porque seu corpo não pode mover o açúcar para a gordura, fígado e células musculares para ser armazenada como energia. Isto é porque o:

Tipos de diabetes

Existem dois tipos principais de diabetes. As causas e os fatores de risco são diferentes para cada tipo:

Diabetes afeta mais de 20 milhões de americanos. Mais de 40 milhões de americanos têm pré-diabetes (que muitas vezes vem antes da diabetes tipo 2). No Brasil, número semelhante é encontrado, com o agravante de pouco ou nenhum controle sobre esta população com problemas, pois há um foco maior nos cuidados de problemas relacionados à falta de alimentos e não aos cuidados com excesso de alimentos, uma das causas da diabetes.

Níveis de açúcar no sangue

A “picada” no dedo é a forma que todo portador de diabetes tem para saber os níveis de açúcar no sangue e daí, dosar a insulina que precisarão no dia. (Foto: www.penrosestfrancisblog.org)

Sintomas da diabetes

Níveis elevados de açúcar no sangue podem causar vários sintomas, incluindo:

Como a diabetes tipo 2 se desenvolve lentamente, algumas pessoas com níveis elevados de açúcar no sangue não apresentam sintomas.

Os sintomas da diabetes de tipo 1 se desenvolvem ao longo de um curto período de tempo. As pessoas podem estar muito doentes no momento em que são diagnosticadas.

Depois de muitos anos, a diabetes pode levar a outros problemas graves, tais como:

Exames e testes para diabetes

A análise de urina pode apresentar níveis elevados de açúcar no sangue. Contudo, um teste de urina sozinho não diagnostica a diabetes.

O médico pode suspeitar que você tem diabetes, se o seu nível de açúcar no sangue é maior do que 200 mg/dL. Para confirmar o diagnóstico, um ou mais dos seguintes testes podem ser realizados.

Exames de sangue:

A triagem para diabetes tipo 2 em pessoas que não têm sintomas é recomendada para:

Tratamento da diabetes

Logo no início do diabetes tipo 2, você pode ser capaz de reverter a doença com mudanças de estilo de vida. Além disso, alguns casos de diabetes do tipo 2 podem ser curados com cirurgia para perda de peso. Não há cura para o diabetes tipo 1.

Tratamento de diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2 envolve medicamentos, dieta e exercícios para controlar os níveis de açúcar no sangue e prevenir os sintomas e problemas.

Obtendo um melhor controle sobre o açúcar no sangue, colesterol e níveis de pressão arterial ajuda a reduzir o risco de doença renal, doença ocular, doença do sistema nervoso, ataque cardíaco e derrame.

Em ambos os casos, injeções diárias de insulina são necessárias para o controle do açúcar no sangue.

Para evitar complicações do diabetes, visite o seu médico pelo menos duas a quatro vezes por ano.

Grupos de apoio para diabetes

Se você tem risco de diabetes ou já tem a doença, há várias associações de diabéticos que podem te ajudar a lidar melhor com a doença e encontrar um melhor ponto de equilíbrio para sua vida.

Prevenção da diabetes

Manter um peso corporal ideal e um estilo de vida ativo pode prevenir a diabetes tipo 2. Não existe nenhuma maneira ainda para prevenir a diabetes de tipo 1, que tem muita associação à causas genéticas.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André fez parte de uma das primeiras equipes de Parkour no Brasil. Desde então, atuou junto de educadores físicos, nutricionistas, fisioterapeutas e profissionais da saúde para aperfeiçoar seus conhecimentos. Desde 2012, escreve dicas de saúde e exercícios físicos que aprendeu e continua aprendendo. Em 2019 tornou-se instrutor de Muay Thai e Kickboxing, compartilhando com seus alunos para ensinar tudo que aprendeu.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.