As lesões na boca muitas vezes resultam em grande quantidade de hemorragia porque há muitos vasos sanguíneos nos tecidos moles da boca. Conseqüentemente, até mesmo um pequeno corte dos lábios, mucosas, gengivas e/ou língua podem sangrar livremente por um curto período de tempo. A maioria das lacerações e/ou feridas de punção na boca param de sangrar antes que a pessoa chegue na emergência de um hopital

No departamento de emergência, o médico decidirá se sua ferida precisa de pontos e a melhor maneira de reparar o machucado. Este artigo foi concebido para cobrir feridas bucais relativamente menores, mas nunca para substituir os conselhos de um médico. As feridas graves na boca que envolvem traumatismo maior (múltiplas áreas de ruptura de tecido, perda de tecido bucal e/ou perda de tecido dental e fraturas faciais associadas) não são abordadas. Indivíduos com graves feridas na boca precisam ser avaliados de forma emergente em um centro de trauma por um cirurgião.

Muitas feridas na boca não requerem nenhum tratamento médico. Alguns podem precisar de um reforço de vacina de tétano. A maioria das feridas na boca são causadas por trauma, seja por trauma de impacto, por um objeto afiado e/ou pelo próprio dente.

O que é bom para ferida na boca?

Os tratamentos variam de cuidados conservadores (limpeza da ferida e bandagem), costura, antibióticos e sedação consciente. O tratamento de feridas graves na boca deve ser feito de forma médica em um centro de emergência em consulta com um cirurgião.

Muitas feridas na boca não exigem pontos de sutura. As feridas na boca curadas podem deixar pequenas cicatrizes; Se houver alguma preocupação do indivíduo sobre possíveis cicatrizes, uma consulta com um cirurgião maxilofacial ou plástico deve ser consultada.

A prevenção da ferida bucal é difícil, especialmente nas crianças e nos indivíduos que praticam esportes de contato. Para aqueles que praticam esportes de contato, capacetes, máscaras faciais e protetores bucais podem ajudar a prevenir algumas feridas na boca; evitando atividades de risco (por exemplo, boxe, skate e outras atividades similares ou riscos de queda nos idosos) também podem reduzir a chance de feridas na boca.

A maioria das feridas na boca cura sem intervenção em cerca de sete dias, e tem um excelente resultado sem complicações, mesmo quando requerem pontos de sutura. No entanto, o prognóstico diminui se as feridas se infectarem ou as feridas que requerem costura não são tratadas.

Pode ser difícil respirar ou engolir no caso de fraturas faciais, dentes soltos ou ausentes e / ou perda de tecido mais grave. Os pacientes devem receber uma vacina contra o tétano se esta não estiver atualizada. As feridas faciais graves devem ser tratadas em um centro de trauma por um cirurgião.

Muitas vezes, os tratamentos incluem a observação de muitas feridas e não envolvem a borda vermelha dos lábios. No entanto, lacerações que sangram durante mais de 15 minutos depois de pressionar podem exigir pontos de sutura. Os retalhos de tecido, os cortes através da borda vermelha e lacerações profundas que envolvem a musculatura geralmente requerem pontos como as lacerações que penetram em toda a pele, e aquelas com bordas irregulares e profundas de aproximadamente em profundidade. Além disso, a pele nos cantos direito e esquerdo da boca pode ter uma tendência a sangrar livremente e também pode exigir um ponto para evitar sangramentos e danos adicionais.

Cortes na boca

Por ser uma região sensível, quando sua boca tiver cortes é bom tratar logo para auxiliar na cura rápida. (Foto: Reader’s Digest)

Causas de feridas nsa boca

As feridas na boca geralmente são causadas por um trauma contundente que corta tecido, objetos afiados e/ou pelos próprios dentes (por exemplo, uma criança ou um adulto batendo na boca durante uma queda). A acidez na boca pode resultar em aftas ou ulcerações na boca também, assim como o uso de aparelhos pode causar lesões na parte interna da boca.

Sintomas de feridas na boca

Os sintomas da ferida bucal incluem sangramento, lacerações, pedaços de tecido, feridas por punção e / ou cortes através da borda vermelhada dos lábios (a linha cosmética que marca a borda dos lábios no rosto). Coágulos também podem se formar ao redor das feridas dependendo da causa do corte. Dor, sangramento, um corte (laceração) do tecido, lesões dentárias inchaço, contusões ou perda de tecido menor (menos de um centímetro) e / ou pequenas abas de tecido são também sintomas comuns. Alguns podem ser profundos e alcançar a musculatura, enquanto outros podem penetrar todo o caminho através da mucosa e através da pele e alguns podem atravessar a borda vermelhada dos lábios.

Como curar machucado na boca: pontos em adultos e crianças?

As feridas que requerem pontos podem ser anestesiadas e depois limpas com solução salina. O médico escolherá diferentes tipos de pontos (absorvíveis ou não absorvíveis) para reparar uma ferida na boca. As feridas profundas envolvendo musculatura devem ter a musculatura suturada primeiro com suturas absorvíveis e, em seguida, a superfície da mucosa suturada com suturas não absorvíveis. Todas as feridas na boca que penetram todo o caminho até a pele devem ser suturadas com suturas absorvíveis. Pacientes com lacerações profundas e/ou pacientes com feridas suturados podem receber penicilina ou eritromicina para prevenir infecções nos tecidos profundos.

As crianças podem ficar pouco cooperativas quando as feridas na boca precisam ser suturadas. Consequentemente, para muitas crianças e alguns adultos, pode ser necessária sedação consciente. Além disso, a tração pode precisar ser colocada em certas áreas (por exemplo, a língua) e muitas pessoas podem achar isso muito desconfortável sem sedação consciente.

Se houver alguma preocupação importante sobre aparências ou funcionalidades (por exemplo, cicatrizes, movimentos da língua), uma consulta imediata com um cirurgião maxilofacial ou plástico pode ser oferecida ao paciente. Todos os pacientes devem ser informados de que lacerações, suturadas ou não aptas, podem ter alguma formação de cicatrizes à medida que elas se curam.

Como cicatrizar feridas na boca: a prevenção ainda é o melhor remédio

A participação em muitas atividades diferentes que envolvem contato (boxe, futebol, skate e muitos outros) pode aumentar o risco de feridas na boca. Os capacetes, as máscaras faciais e os protetores bucais podem ajudar a prevenir algumas feridas bucais causadas por esses esportes de contato.

Pessoas idosas e outras pessoas que necessitam de assistência para a mobilidade estão em maior risco de quedas e, posteriormente, feridas na boca. Evitar essas atividades pode reduzir o risco de feridas bucais, mas é improvável que a maioria dos indivíduos, especialmente crianças, possa reduzir seus riscos. Pequenas feridas na boca são ocorrências comuns em crianças e adultos jovens.

Prognóstico de feridas na boca em adultos e crianças

Como a maioria das feridas na boca são menores e requer pouca ou nenhuma intervenção ou pontos, as feridas são curadas em cerca de sete dias e não têm consequências. As feridas que requerem costuras também têm um excelente prognóstico se lavadas e costuradas adequadamente. As feridas que não são devidamente tratadas podem deixar cicatrizes ou mesmo resultar em algum comprometimento da função oral, o que resulta em um prognóstico menos favorável.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.