A malva é uma linda flor lilás de grande valor medicinal. A malva é mais conhecida por sua capacidade de reduzir a inflamação no corpo e ajudar a tratar aflições comuns, como gastrite, dor de garganta, erupções cutâneas, ulcerações e dores de dente. Faz um excelente antibacteriano, adstringente e anti-inflamatório e é, portanto, útil para o tratamento de uma ampla gama de condições médicas. Flores e folhas de malva são um excelente chá calmante para a tosse, enquanto as raízes fazem uma boa salada.

O que é malva e onde se pode encontrar?

A malva é uma bela flor selvagem e uma forte erva medicinal encontrada em praticamente todo o mundo. A malva é uma flor de campo alta com folhas verdes profundas salpicadas de pétalas rosadas, lilás, púrpura ou lilás com veios de cor mais escura. Ao infundir flores secas (e folhas), você notará que seu chá vai virar uma cor azul-lavanda linda. As sementes ou frutos de malva são pequenas cápsulas mucilaginosas e castanhas. As sementes (e caules) podem ou não ter pelos pequenos. Flores de malva, sementes e folhas são usadas na medicina tradicional para curar uma variedade de doenças, tais como os descritos abaixo.

Chá de malva é bom para problemas respiratórios

A malva é reconhecida como um remédio eficiente para resfriados e asma. De acordo com a pesquisa, as folhas e flores possuem fortes propriedades anti-inflamatórias e, portanto, reduzem eficientemente a inflamação no nível da garganta. Além disso, as sementes de malva contêm substâncias mucilaginosas que cobrem o tecido inflamado formando uma camada protetora que permite a recuperação do tecido.

A malva parece ser altamente eficiente no tratamento de inflamações e irritações da boca também, e proporciona alívio nos casos de tosse seca, produzindo um bom efeito natural. Enxaguar sua boca ou garganta com um gargarejo de malva é dito para ajudar a manter a irritação da garganta calma e manter uma mucosa da boca e garganta saudáveis.

Chá de malva

O chá de malva traz vários benefícios para sua saúde, além de ser muito saboroso. (Foto: viragesante.com)

Chá de malva é bom pra problemas digestivos

Acalma a dor da gastrite e reduz a inflamação ao nível do estômago e intestinos. Aparentemente, as mesmas substâncias mucilaginosas que promovem a cicatrização da dor de garganta permitem que a mucosa do estômago e as paredes intestinais se curem através do mesmo mecanismo.

Se você está sofrendo de gastrite ou acidez estomacal, pode ajudar beber uma ou duas xícaras de chá de malva (com raízes) por dia. A malva não só acalma a irritação como também reduz a inflamação em todo o trato gastrointestinal. Estudos sugerem que as raízes são particularmente eficientes na redução da inflamação.

Chá de malva serve para tratar erupções cutâneas, ulcerações, picadas de insetos, queimaduras e eczema

Práticas médicas tradicionais recomendam a aplicação de um cataplasma feito a partir de sementes e sementes trituradas localmente nas áreas afetadas afim de reduzir a coceira, vermelhidão, inchaço e acalmar a pele. Esse cataplasma pode ser feito com as sobras de um chá, aproveitando ao máximo a planta.

Chá de malva reduz a inflamação das gengivas

Um gargarejo de malva usado em intervalos regulares é dito para reduzir a inflamação da gengiva dolorosa. Acredita-se que isso seja resultado da presença de compostos com propriedades antibacterianas, já que muitos dos problemas de gengiva e boca são causados por bactérias que saíram de controle.

Chá de malva para problemas renais

Na medicina tradicional, a malva é usada para tratar pedras nos rins, inflamação dos rins e cálculos biliares. Infusões de ervas foram bebidas para promover a diurese e ajudar a restaurar a função renal normal. Seu consumo pode auxiliar no alívio e prevenção desses problemas com facilidade.

Outros benefícios para a saúde do chá de malva

Infusões de malva são ditas para tratar dores de cabeça, insônia e constipação. Os cataplasmas eram às vezes aplicados no estômago para ajudar a aliviar cólicas e dores. A malva deve seus benefícios para a saúde a compostos naturais antioxidantes e anti-inflamatórios potentes, como flavonoides, taninos e outros polifenóis que oferecem proteção significativa contra os danos dos radicais livres. Além disso, seu alto conteúdo de mucilagem é favorável aos efeitos calmantes que tem na faringe, boca e mucosa gástrica.

No geral, a malva é uma linda planta ornamental e uma forte erva medicinal. Possui propriedades calmantes incríveis devido à sua forte ação anti-inflamatória. As raízes, folhas, flores e sementes da planta são todas comestíveis, aumentando o seu valor. No entanto, lembre-se de que, quando consumida em quantidades muito grandes, a malva pode causar reações alérgicas graves, com sintomas como diarreia, vômitos e desconforto gastrointestinal, que você pode querer evitar.

Já consome ou consumiu o chá de malva? Quais benefícios trouxe para sua saúde?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.