Milhões de pessoas ao redor do mundo sofrem com algum problema nos rins. Seja uma dolorida pedra ou uma incontinência urinária, os rins podem causar sérias dores de cabeça, além de serem problemas delicados de ser resolvidos. Mas com um tratamento natural, pode ser possível melhorar a função dos rins. Várias ervas, comprovadamente, ajudam os rins a terem um melhor desempenho. Claro, não saia consumindo tais ervas sem antes conversar com seu médico: automedicação é sempre perigosa, mesmo que seja natural.

Com isso em mente, vamos conhecer as ervas medicinais que ajudam a melhorar a função dos rins.

Chá para limpar os rins: chá verde

O chá tem demonstrado possuir propriedades anti-inflamatórias, adstringentes e diuréticas. Ele também contém compostos chamados polifenóis, os quais são conhecidos por inibir pedras nos rins e até mesmo prevenir certos tipos de câncer. Como estudos vem mostrando, os polifenóis têm efeitos benéficos sobre o estresse oxidativo associado à doenças renais.

Chás para os rins: capim cidreira

Rico em polissacarídeos, óleos voláteis, mucilagens e outros nutrientes, o capim cidreira tem sido tradicionalmente usado para aumentar a produção de urina e tratar infecções do trato urinário, tais como a cistite e uretrite. Tem propriedades diurética e antibacteriana, também sendo usado para dissolver parcialmente pedras nos rins. Pesquisadores descobriram que quando combinados com citrato de potássio, o extrato seco do capim cidreira reduziu significativamente o número total e tamanho de pedras urinárias no grupo tratado.

Tratamento natural de pedras nos rins

Com as ervas certas, dá pra fazer um bom tratamento de problemas nos rins, desde que você tenha um acompanhamento médico adequado. (Foto: Step Into My Green World)

Ervas para rins: rehmannia

Rehmannia é uma erva usada na medicina tradicional chinesa desde os tempos antigos. As raízes cozidas da rehmannia tem sido amplamente utilizadas para combater várias doenças renais. Estudos revelaram que esta erva tem efeitos protetores sobre a insuficiência renal progressiva. Fitoesteroides, antioxidantes, juntamente com certas substâncias da planta são conhecidos por seus efeitos sobre os rins.

Remédio caseiro para os rins funcionarem: resedá gigante ou banaba

Uma planta ornamental nativa da Austrália, Índia e países tropicais no sudeste da Ásia, o banaba ou resedá gigante tem sido usado desde os tempos antigos como um diurético natural e como um remédio para problemas dos rins e da bexiga. Embora muitas pesquisas estejam focadas nos altos níveis de ácido corossólico da erva e como isso pode melhorar os níveis de açúcar no sangue entre os diabéticos tipo II, as folhas de banaba também tem sido usadas para aliviar infecções do trato urinário. Evidências também sugerem que a ingestão regular da folha de chá do banaba pode aliviar o desconforto associado com pedras nos rins e ajudar a prevenir pedras da vesícula biliar.

Chá para infecção nos rins: java

Chá de java tem propriedades diuréticas e aumenta a capacidade do rim para eliminar certos compostos que contribuem para o mal funcionamento dos rins. Alguns especialistas acreditam que o chá java é um tratamento eficaz contra pedras nos rins, infecções renais e para promover funções renais devido aos flavonoides, glicosídeos, óleos e potássio que contém.

Ervas para os rins: mirtilo ou cranberry

Inicialmente pensado apenas para ser benéfico para o tratamento de infecções do trato urinário, estudos científicos recentes revelaram que cranberries ou mirtilos também podem contribuir para prevenir a formação de pedras nos rins. A pesquisa mostra que os cranberries são fontes boas do ácido quínico, uma substância que o corpo não consegue dissolver. Esta substância ajuda a tornar a urina mais ácida, impedindo assim que os íons fosfato e cálcio formem cálculos renais. Tanto o chá quanto o suco de cranberry podem ter benefícios para os rins.

Erv dente de leão para os rins

Quando feito em chá, o dente de leão pode ser um assistente útil para o fígado e os rins. Além de suas propriedades diuréticas, é também uma excelente fonte de nutrientes, como zinco, potássio, ferro e vitaminas A, C, D e B. As raízes de dente de leão contém ingredientes ativos que podem ajudar a dissolver pedras nos rins.

Gengibre para os rins

Por mais de 2000 anos, o gengibre tem sido usado para tratar diferentes tipos de doenças, incluindo distúrbios renais. Evidências científicas experimentais sugerem que o gengibre contém constituintes ativos que aumentam a proteção renal. Sendo também bom reservatório de elementos dietéticos valiosos, tais como a vitamina C, ácido fólico, vitamina B3, ferro, cálcio e proteína, o gengibre é uma erva maravilhosa que também ajuda a dissolver pedras nos rins.

Pepino no tratamento de problemas dos rins

Pepino é um vegetal composto de 97% de água. Quando feito em suco ou comido cru, pepinos são excelentes fontes de nutrientes valiosos como vitamina A, vitamina C, luteína, beta caroteno, cálcio, magnésio, proteína, fósforo e cálcio. O chá de pepino é também uma fonte deses nutrientes. Conhecido por suas propriedades diuréticas e laxantes, o pepino é altamente recomendado para pessoas que sofrem de problemas renais. Este vegetal ajuda a eliminar toxinas nocivas nos rins, bem como dissolver as pedras nos rins e bexiga.

Cebola para a função dos rins

As pesquisas mostram que as cebolas podem ser úteis na eliminação da dor associada com cálculos renais. A ingestão regular de suco de cebola pode ser útil para fazer pedras nos rins serem eliminadas dentro de pelo menos 24 horas.

Quais outras ervas para a saúde renal você conhece? Já teve algum problema nos rins e tratou com certas ervas? Quais?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.