Pessoalmente, sou a favor de todos os esportes que ajudam a melhorar a saúde, a auto-estima, a disciplina e a o conhecimento do próprio corpo. Com isto dito, embora as artes marciais tenham muitos benefícios, elas também atraem muitos receios por parte de quem quer praticá-las. MMA então, gera ainda mais dúvidas sobre a segurança desse esporte. Essas dúvidas tem razão mesmo ou são um exagero?

MMA: benefícios e malefícios como todo esporte

É preciso entender que a competição profissional é diferente de quem quer praticar para definir o corpo, ou para adquirir um bom condicionamento físico. Isso pode ser dito para todos os esportes,, pois atletas de alto nível vivem se lesionando, com contas médicas bem caras devido a dores constantes.

Também é necessário que qualquer esporte terá vantagens e também desvantagens, desde uma simples caminhada até um exercício de alta intensidade. Todos os esportes envolvem riscos, e o praticante tem que entender e aprender a minimizar tais riscos para não se envolver em lesões graves.

Lesões no MMA

O MMA pode parecer violento, mas em outros esportes você também pode se lesionar tanto quanto no MMA, se não tomar o devido cuidado. (Foto: empirenews.net)

Vantagens do MMA

Antes de entrar na parte pesada do MMA e os possíveis problemas que você pode enfrentar na prática desse esporte, vamos então às vantagens do MMA

  • Melhora o equilíbrio e a coordenação: condiciona você a mudar rapidamente o seu peso e direção, uma chave para se destacar em esportes.
  • Ensina a defesa pessoal: uma qualidade inestimável para a auto-proteção.
  • Condicionamento: um dos aspectos mais importantes do MMA. O treinamento associado com esse esporte incorpora rotinas projetadas para aumentar a resistência, força, flexibilidade e toda a condição para que os atletas possam lutar vários roundas sem se cansar.
  • Flexibilidade: de articulações, músculos e ligamentos. Isto promove uma melhor postura, fazendo você parecer mais alto e mais magro, e vai continuar a melhorar a sua qualidade de vida à medida que envelhece.
  • Explosão: os dois componentes de explosão são força e velocidade, sendo que ambos são peças cruciais do MMA, e este tipo de treinamento melhora a capacidade de atletas para executar movimentos explosivos, como saltar.
  • Concentração e reflexos: o MMA incentiva a concentração, o pensamento rápido, e os reflexos dos lutadores, chaves do sucesso no MMA.

Perigos do MMA

Baseado em dados científicos, bem como a experiência de profissionais com esse esporte, você pode esperar do MMA:

  • Lesões na cabeça e cérebro: 90% dos competidores profissionais de MMA ou boxe vão ter sofrido uma lesão cerebral até o final de suas carreiras. Lesões oculares e demência também são efeitos de ser atingido na cabeça. No MMA, como é usado menos preenchimento nas luvas, a taxa de lesões é menor.
  • Estresse muscular: como o MMA exige muito do seu corpo, as chances de se lesionar são maiores. Você pode sofrer estresse músculo-esquelético, com lesões e dores causadas por isso.
  • Luxação e torções: inchaços e dores causadas por torções durante a prática do MMA, são muito comuns. Praticamente todo treino algum tipo de dor vai acontecer por conta de alguma técnica aplicada incorretamente.
  • Lacerações: cortes, pequenos inchaços, roxos, pele irritada por “roçar” com couro ou com o tatame, são lesões comuns no MMA.
  • Ossos quebrados: desde ossos pequenos, como os ossos das mãos, até ossos maiores. No MMA, é um tipo de lesão relativamente comum.
  • Articulações: com os chutes e giros rápidos, as articulações podem sentir um grande impacto ao longo do tempo, se desgastando e acabando com alguns problemas como inchações, dores, e até outras lesões mais sérias.

MMA para emagrecer ou melhor: devo praticar o MMA?

Qualquer esporte vai envolver algum tipo de risco, sem exceção. Não existe um esporte ou exercício físico que seja 100% seguro, livre de risco de lesões. Dito isto, treinos de MMA focados em condicionamento e não em lutas terão muito menos chances de resultarem em lesões. Você pode deixar isso claro para o professor, técnico, sensei, ou mestre de MMA, e ele preparará os treinos com esse foco.

Para quem quer lutar, aprender técnicas de luta, é preciso focar bastante em aprender bem as técnicas corretamente para reduzir o risco de lesões. Você ainda vai se lesionar, não adianta, em qualquer esporte, quem quer atingir um nível mais alto acaba tendo lesões, mesmo que pequenas. O que diferencia um bom esportista de um ruim é justamente a boa técnica: quanto melhor, menores as chances de lesão, e menos impacto elas terão sobre seu corpo.

Sobra o MMA ser bom ou ruim, depende de você mesmo. Você gosta de MMA? Quer praticar? Então sim, MMA é bom. E se ainda tiver alguma dúvida, pode voltar aqui nos comentários que iremos te ajudar!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.