Se você malha regularmente, você vai sofrer uma lesão em algum momento. Como qualquer máquina, seu corpo vai quebrar com o uso normal, e é inevitável. A coisa realmente surpreendente é que, ao contrário de muitos outros dispositivos mecânicos, seu corpo normalmente irá curar-se com o devido repouso e tempo. Mas é claro que o certo é não se machucar, e conhecer as lesões mais comuns da musculação e as medidas para evitá-las é um bom caminho para fugir desse problema.

Vale lembrar: qualquer dor que você sentir depois da musculação vale a visita a um médico, principalmente dores nas articulações.

Lesões mais comuns na musculação: joelho

Esta é sem dúvida uma das áreas mais comumente lesadas. Por quê? Porque a maioria das pessoas praticam exercícios como agachamentos sem ter uma pista sobre como realizá-los. Pior ainda é o fato de que alguns personal trainers não sabem o que estão fazendo. Lesões comuns incluem cartilagem desgastada, tendões rasgados e desequilíbrios musculares que podem desalinhar a articulação e são causados por treinamento excessivo. O problema chave é geralmente o posicionamento inadequado dos pé e posicionamento do corpo. Pesquise bastante e converse com fisioterapeutas para saber melhor sobre esse posicionamento.

Tipos de lesões na musculação mais comuns: ombros

Esta é a articulação mais versátil e complexa do corpo, pois se move em todos os planos de movimento. Muitos fazem o levantamento de pesos colocando pesada pressão nos ombros e não fazem nada para fortalecer o grupo de músculos internos que proporcionam estabilidade aos ombros. O resultado é que, sem a estabilidade necessária para o controle, pode levar a estiramentos, distensões, perda de amplitude de movimento e fraqueza. Você deve incluir alguns exercícios adequados para todos os músculos do ombro, duas vezes por semana.

Como evitar lesões na musculação

Todas as lesões na musculação podem ser evitadas com o preparo apropriado e a postura correta do corpo. (Foto: Men’s Fitness)

Lesões no cotovelo na musculação

A lesão no cotovelo mais comum começa com uma inflamação do tendão o lado de fora do cotovelo e, infelizmente, não é uma lesão muito fácil de lidar. Geralmente é causada pelo uso excessivo dos extensores do antebraço; A maioria das pessoas treinam demais os braços, pois todos querem ficar “largos”. Além disso, você usa as mãos em quase todos os exercícios. Certifique-se de que no primeiro sinal de qualquer desconforto, que você descansa o suficiente, colocando gelo sobre a lesão e dando a ela tempo para se curar. E proceda com cautela quando você tentar exercitar novamente.

Lesões de bíceps na musculação

Esta é uma lesão comum em pessoas que treinam demais os bíceps. O que acontece é que um monte de pessoas tentam levantar seus egos na academia e não levantam os pesos corretamente, enganando a si mesmos. O pior é que esse engano geralmente está na forma de excesso de peso para levantar, colocando muita pressão sobre os bíceps e tendões, que são parte de uma zona pequena e mais propensa à lesões. Distensões, lesões no tendão, e até mesmo lesões no bíceps seríssimas, que precisam de cirurgia.A moral da história: apenas levante o peso que é apropriado e não se preocupe em se mostrar.

Lesões no músculo interno das coxas

Eu tive essa lesão praticando Parkour e artes marciais e só posso dizer o seguinte: dói. O dia a dia torna os músculo no interior de suas coxas super rígidos e um pouco fracos. Quando você começa a exercitar pode ser completamente um choque e este músculo é um que não se estica muito facilmente. Certifique-se de sempre alongar esse músculo com aberturas e alongamentos dinâmicos, tais como chutes no ar.

Lesões nas costas

Lesões nas costas são muitas vezes causadas fora da academia, muitas vezes por ter ficado sentado durante todo o dia em uma má postura. A queixa mais comum de dores vem durante o trabalho abdominal. Muitas pessoas não percebem que o abdome e as costas precisam ser treinados para apoiar uns aos outros. Caso contrário, a parte inferior das costas já fraca fica ainda mais tensa pelo trabalho abdominal excessivo. Certifique-se de incluir pelo menos um conjunto de exercícios da parte inferior das costas para cada conjunto de abdominais.

Discos herniados nas costas

O que você deve saber é que uma hérnia é sempre algo ruim, muito ruim. Pense nos discos que separam suas vértebras como uma gelatina. Quando eles são espremidos ou muita pressão é aplicada, a gelatina aguenta boa parte desse esforço, mas ela se expande para o exterior. E se a gelatina empurra contra um nervo, pode acabar irradiando dor, causando perda de força e, potencialmente, resultar em danos permanentes. Eu tenho duas hérnias de disco na lombar, e seu o quanto pode doer uma crise. Use pesos que desafiam você, mas não pegue tão pesado, ou você irá, literalmente, esmagar sua espinha ou estourar um disco.

Lesões nos músculos da bacia

Muitas pessoas tem a impressão de que correr é a resposta certa para ter mais saúde e provocar a perda de peso. O que eles não percebem é que correr excessivamente pode usar os músculos do quadril em excesso. Não é recomendado para ninguém correr consistentemente por longos períodos e lesões nos músculos da bacia são apenas uma das muitas razões para ficar longe desse excesso. Mais uma vez, você deve se esforçar para ter uma rotina equilibrada e fazer do correr parte de uma rotina inteligente, não a rotina em si.

Lesões ósseas na musculação

Eu provavelmente tive várias microfraturas nos pés e canelas, provavelmente. A diferença é que eu sempre dei tempo para meus ossos se recuperarem, e não é o que muita gente faz. Lesões ósseas são muito comuns em muitas pessoas, não apenas aquelas que se exercitam. Todas as suas articulações podem criar atrito enquanto músculos, tendões, ligamentos e ossos se esfregam uns contra os outros em espaços apertados. Algumas microfraturas podem não se curar adequadamente, formando estruturas ósseas chamado esporões, que podem afetar a área circundante e causar inflamação, dor e fraqueza. As áreas mais suscetíveis são os pés e ombros. Para evitar esse problema, fique com pesos moderados no treino, e se houver qualquer sinal de dor, certifique-se de descansar, colocar gelo da área imediatamente, e quando necessário, visitar um ortopedista.

Ferimentos causados ao ego na musculação

Essa é uma lesão muito comum nas academias: o ego. Muitas pessoas vão a academia para aparecer ao invés de entrar em forma. E quando as pessoas estão se mostrando, muitas vezes exageram e o resultado é a lesão.

As pessoas precisam entender que o exercício não é uma competição, mas um estilo de vida. Sempre haverá alguém maior, mais forte, mais rápido, mais flexível e melhor do que você em uma área específica. A musculação tem que ser algo para você, e não para as outras pessoas

Enquanto algumas lesões são evitáveis, outras são apenas um fato da vida e há pouco você pode fazer para garantir a prevenção completa. Uma coisa é clara: você pode reduzir muito suas chances de lesões graves praticando a musculação adequadamente em uma rotina equilibrada e entendendo como seu corpo funciona. Muitas pessoas tendem a ignorar os sinais de seu corpo e continuam em seu programa mesmo com dores. Quando você está machucado, certifique-se de descansar pois dores mesmo pequenas podem se desenvolver em lesões muito mais graves se não tratadas corretamente. Uma semana longe da academia para se curar é melhor do que meses se recuperando de uma cirurgia.

Você já teve alguma dessas lesões na musculação? Qual? Como você faz para evitar lesões na musculação?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.