Os esportes radicais evoluíram muito nas últimas décadas, mas os perigos dos esportes radicais estão se tornando um problema sobre o qual é preciso conversar. Mortes e lesões permanentes associadas a esportes de ação são frequentemente noticiadas, e chegamos a um ponto na história do esporte quando organizadores de eventos, parceiros, patrocinadores e praticantes precisam traçar limites e criar regras mais concretas para proteger os praticantes.

Segurança nos esportes de aventura: a história

Embora muito poucas pessoas usassem equipamentos de segurança no começo dos esportes radicais, as pessoas aprenderam muito rapidamente a importância de equipamentos de segurança. Depois de dominar um salto ou truque, os primeiros praticantes sempre queriam passar para outras manobras mais difíceis e mais arriscadas.

É nesse cenário de riscos constantes que os esportes radicais continuaram em processo de crescimento. As crianças estavam inventando truques em skates, snowboards e bicicletas. Esportes como o skydiving começaram a ganhar mais popularidade entre os adeptos dos esportes radicais. As pessoas começaram a se viciar na adrenalina. Rafting, canoagem, e muitos outros esportes radicais começaram a apresentar cada vez mais riscos aos praticantes, que não pareceram querem parar de praticar o esporte..

Com a popularidade, vieram acidentes cada vez mais graves. Por mais mórbido que possa parecer, as mortes começaram a ensinar mais os praticantes sobre a segurança, inclusive o que funcionava e o que não funcionava para tornar os esportes mais seguros. Os riscos de praticar esportes de aventura e esportes radicais diminuíram. Porém, ainda continuaram altos, mesmo para a prática mais casual.

Perigos dos esportes radicais

Praticar esportes radicais, mesmo os mais seguros, envolvem vários riscos. Mesmo com os melhores equipamentos e práticas é boa a chance de se lesionar. (Foto: Esquire)

Segurança no esporte radical: o cenário atual dos riscos

Entre todos os atletas de esportes radicais há uma necessidade incessante de alcançar novos limites. Muitas vezes, os riscos assumidos resultam em lesões graves e até a morte. A adrenalina que se sente durante os eventos de esportes radicais é simplesmente inexplicável para aqueles que não aceitam o medo. Explicando melhor, o medo é uma parte crítica da experiência esportiva extrema que atrai amadores com pouca ou nenhuma experiência .Sem dúvida alguma, há riscos para a prática de escalada, snowboard, base-jumping e outros esportes radicais.

A verdade é que não dá pra fugir de todas as lesões em um esporte radical. Você pode se ralar, quebrar ossos, deslocar membros. Isso sem contar no risco constante de morte para alguns desses esportes. No entanto, com a tecnologia recente existem novas inovações que tornam ambientes extremos mais seguros com o equipamento adequado. Também podem ser reduzidos os riscos com a prática controlada, reduzindo os riscos da prática.

Mas quais são os equipamentos para esportes radicais que trouxeram essa maior segurança?

Capacetes, luvas, caneleiras, sapatos especiais, joelheiras, roupas especiais, coletes salva vidas para esportes aquáticos, óculos especiais, roupas acolchoadas ou com proteção para órgãos vitais. Esses são exemplos de alguns dos equipamentos de segurança na prática de esportes radicais. Porém, eles não vão te proteger de todos os tipos de lesões e riscos possíveis nos esportes. Mesmo os esportistas mais experientes não estão protegidos de todos os riscos. É só você pesquisar um pouco sobre os melhores esportistas em esportes radicais e você vai ver a quantidade de lesões que eles sofreram praticando seus esportes.

Normas de segurança para esportes radicais

Esportes radicais evoluíram consideravelmente nas normas de segurança ao longo dos anos. Hoje, muitos dos esportes tem a obrigação de alguns equipamentos básicos pra a prática. Mesmo assim, muitos praticantes ainda se arriscam a praticar os esportes radicais sem o mínimo de treinamento para o uso correto dos equipamentos de segurança. Afinal, não adianta apenas sair colocando os equipamentos. Sem colocar corretamente o equipamento você vai acabar se lesionando de qualquer jeito, mesmo com os melhores equipamentos possíveis. É bom ter um mentor ou alguém que possa te orientar no uso dos equipamentos corretos e no respeito às normas de segurança para o esporte.

Você já praticou esportes radicais? Como foi o uso dos equipamentos de segurança? Já teve alguma lesão praticando?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.