As lesões são comuns entre os praticantes de atividade física, principalmente entre os corredores. Indiferente do seu objetivo ao praticar uma corrida, as chances de você se lesionar são naturais, principalmente quando realiza a atividade sem uma orientação correta.

Com o passar do tempo, a experiência ajuda na prevenção das lesões, mas até que se adquira esta experiência o corpo pode ficar exposto a muitos problemas. Para minimizar as chances de lesões, uma boa avaliação física e a orientação de um profissional de Educação Física é fundamental.

Neste artigo de hoje vamos apresentar quais as principais lesões de corredores. Conheçam os tipos de lesões e como lidar com cada uma delas.

Canelite

Esta lesão acontece na região frontal da canela e geralmente acontece por excesso de esforço repetitivo ou por treinos realizados em condições inadequadas como, por exemplo, corridas em áreas irregulares e sem tênis ideais. A falta de alongamento aumenta as chances desta lesão na canela.

Para tratar esta lesão a pessoa precisa de repouso absoluto e em alguns casos é necessário anti-inflamatório. Fisioterapia pode ser indicada pelo médico a fim de fortalecer a região lesionada antes do retorno completo a corrida.

Síndrome da banda iliotibial

Uma das lesões mais comuns entre os corredores ela tem diversas causas e geralmente é decorrente de sobrecarga nos joelhos, postura incorreta, musculatura fraca, alongamento insuficiente, tênis inadequado e exagero nos treinos.

Esta lesão é uma inflamação que causa muitas dores quando existem movimentos de flexão e extensão das pernas. Neste caso o tratamento é fisioterápico e através dos exercícios de correção postural e remédios anti-inflamatórios o quadro tente a melhorar.

Como tratar as lesões comuns de corrida?

Quais as lesões mais comuns dos corredores?

Osteotite do Púbis

Lesão comum entre os atletas amadores, este problema é uma inflamação na região do púbis e é causada pela movimentação incorreta do quadril. Esta inflamação causa dores aguadas e para tratá-la é necessário repouso, fisioterapia e acompanhamento médico.

Tendinite no tendão de Aquiles

Lesão causada principalmente pela falta de um tênis adequado para corrida e por alongamentos insuficientes. Esta lesão causa dores terríveis no tendão de Aquiles e em alguns casos impede até mesmo que o corredor consiga caminhar normalmente.

Esta lesão pode ser uma inflamação no tendão calcâneo ou em casos mais graves, há rupturas no ligamento. O tratamento é repouso absoluto, compressas e remédios anti-inflamatórios.

Quando este problema é tratado logo no início, ele regride e rapidamente o corredor pode retomar a sua rotina de atividades físicas, mas quando a pessoa insiste em treinar com dores, ela pode agravar a tendinite e exigir um tratamento fisioterápico e mais demorado.

Torções no tornozelo

O problema mais comum entre os iniciantes em corrida e praticantes em terrenos irregulares. Esta lesão acontece pela falta de conhecimento do movimento da corrida em alguns casos pela falta de fortalecimento muscular e articular.

Quando a pessoa corre sem orientação adequada, a mesma tende a realizar movimentos incorretos e cometer excessos, em ambos os casos as chances de torção é muito grande e caso não seja tratado de imediato, a pessoa pode desenvolver problemas crônicos.

O tratamento da torção é bem simples, o corredor deve repousar e fazer compressas de gelo. É indicado que após a redução do inchaço, que a pessoa busque uma consulta ortopédica para avaliar se não houve nenhuma complicação nas articulações e ou ligamentos.

Como evitar as lesões ao correr?

A maior parte das lesões acontece por falta de conhecimento da mecânica da corrida. Como citamos ao longo do artigo, a orientação capacitada é fundamental para te ajudar na prevenção de lesões;

Outros fatores que influenciam e muito no aumento das lesões é a falta de alongamento ou sessões insuficientes. É importante separar um dia especial para treinar alongamento e dar ênfase na realização correta dos mesmos.

O fortalecimento e equilíbrio muscular também têm influencia direta na prevenção das lesões. Quando o corredor não fortalece as articulações e musculatura, ou trabalha este fortalecimento em apenas algumas regiões, o mesmo está abrindo diversas portas para lesões e problemas graves futuros.

Chegamos ao final deste artigo e sempre alertamos sobre os riscos de praticar atividade física sem a liberação médica. Portanto, antes de iniciar qualquer esporte, consulte os médicos e realize os exames necessários. Obrigado pela atenção e voltem sempre!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.