No nosso artigo de hoje vamos ajudar as pessoas que gostam de corrida, mas morrem de medo de se lesionar durante a prática. Após ler este artigo, esperamos que muitos de vocês deixem de lado o receio de  se lesionar e comecem a correr com segurança.

Sem dúvida, a melhor maneira de prevenir as lesões é ouvir o seu corpo, qualquer sinal de alerta emitido deve ser respeitado. Ao tomar atitudes logo no início, as pequenas dores ou incômodos são facilmente tratados e certamente o risco de lesão irá reduzir bastante.

Na sequencia do nosso artigo, trouxemos várias estratégias simples que irão Te proteger da maioria das lesões comuns em corredores:

Respeitar seus limites

Existem pessoas que correm a vida inteira e não tem nenhum tipo de lesão, mas achar que você jamais irá se lesionar é o primeiro passo para aumenta as chances que isso aconteça.

Quando a pessoa acha que está livre de qualquer perigo, ela não da importância aos sinais do corpo. Geralmente este tipo de pessoa exagera nos treinos e descansa menos do que é aconselhado e necessário.

Reconhecer o limite do cansaço

Muitas pessoas traçam metas de tempo ou até mesmo de percurso, isso quando não são os dois juntos. É importante compreender que nem sempre é possível cumprir tal meta, neste momento muitos erram e tentam ir além do que o corpo consegue.

O gelo é um grande aliado

O gelo é grande amigo do corredor, se você sentir qualquer incomodo durante a corrida, é aconselhado que pare imediatamente o exercício e faça uso da aplicação do gelo no local.

Faça a aplicação com gelo por 20 minutos de 3 em 3 horas e utilize um pano fino para cobrir a área, jamais coloque o gelo diretamente na pele, uma vez que o mesmo pode provocar queimaduras.

Com este procedimento, você certamente irá sentir alivio da dor e perceber diminuição do inchaço na região. Ao persistir as dores ou até mesmo aumentar o incomodo, o médico deverá ser procurado o quanto antes.

Dicas para evitar lesões ao correr

O que fazer para evitar lesão ao correr?

Toda lesão tem um causador

Nenhuma lesão aparece sem motivo, ou seja, existe uma razão pelo seu surgimento. Talvez você não esteja utilizando o tênis ideal, talvez o estado de conservação do mesmo esteja precário, talvez o seu corpo não esteja preparado para receber tal carga de trabalho, talvez o local de corrida não seja o correto. Estes pontos citados podem ser causadores de uma pisada incorreta, podendo provocar fraqueza ou desequilíbrio muscular e até mesmo lesões nas articulações e nos músculos.

Acrescente treinamentos de força

Ter uma articulação estável e uma musculatura forte é fundamental, uma vez que eles são os principais componentes para prevenir lesões de joelhos, tornozelos e quadril. Os adutores e abdutores da coxa são uns dos principais músculos que precisam ser fortalecidos, porque eles têm função de auxiliar na estabilização do quadril.

Ter um acompanhamento profissional

Principalmente quando se está iniciando é indispensável realizar um exame médico para obter a liberação para realizar atividades físicas. Um profissional de Educação Física poderá te orientar quantos aos movimentos e carga de trabalho correta, fatores que certamente irá te proteger de lesões.

Respeite a progressão

Jamais comece na corrida em ritmo alucinante e querendo cumprir grandes distâncias, porque isso será uma porta aberta gigante para as lesões. Nunca aumente grotescamente o volume de trabalho.

Nossa dica é utilizar aquele velho ditado, devagar se vai ao longe. Aumente pouco a pouco e progressivamente a sua carga de trabalho, certamente respeitando estas condições o resultado será bom e sem grandes riscos.

Estamos finalizando este artigo e sempre lembrando que prevenir é melhor do que remediar. Cuide de si mesmo, o exercício deve ser sempre algo prazeroso, algo que é impossível com dores excessivas.

Nosso artigo é finalizado lembrando que as lesões são algo presente na vida de qualquer pessoa, seja ela quem pratica ou não atividade física, talvez você nunca se lesione na vida, mas isso não quer dizer que isso jamais irá acontecer, mas seguindo as observações e orientações abordadas, certamente o risco diminui bastante.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.