Hoje vamos falar sobre as indesejadas câimbras. Entenda o que são? Quais suas causas? Como prevenir as câimbras? Como agir no momento que sentir câimbra. Veja como acabar com as câimbras noturnas e finalmente ter sua noite de sono sem dores.

O que são as câimbras?

São contrações musculares súbitas, elas são involuntárias, intensas e muito dolorosas, mas são momentâneas e podem acontecer com qualquer pessoa. De acordo com pesquisadores americanos, a intensidade das dores está relacionada com quantidade de músculos que foi acometido pela câimbra. Quanto maior for à quantidade, maiores serão as dores.

Muitas pessoas confundem as câimbras com contração muscular. Portanto, na sequência de nosso artigo vamos explicar melhor, permitindo então que você sane as dúvidas existentes sobre este assunto.

O que é contração muscular?

Durante a nossa rotina diária, realizamos diversas ações como, por exemplo, caminhar, Correr, subir degraus, pegar objetos e etc. Para realizar tais ações, nossos músculos precisão efetuar contrações e relaxamentos.

Todos os movimentos voluntários e reflexos de nosso corpo são resultados da contração de um ou mais grupamento musculares, todas estas ações são controladas pelo cérebro através dos nervos.

Como funciona a contração muscular?

Vamos dar o exemplo de levantar algum dos pés. O cérebro vai enviar uma mensagem em forma de impulso elétrico pelos nervos que estão situados na medula espinhal, este impulso será conduzido até a perna onde será transmitida para o músculo responsável em fazer a contração que permitirá a elevação do pé.

Qual a duração da contração muscular?

A contração muscular acontece em pouquíssimo tempo. Ela tem a duração necessária para a realização do movimento e em seguida receberá outro impulso para realizar o relaxamento muscular.

Qual a duração da câimbra?

Como as câimbras não controladas pelo cérebro, ela continuará acontecendo por muitos minutos e provocando muita dor. Sendo assim, em caso de câimbras, você deve realizar uma massagem vigorosa nos músculos acometidos.

Outra maneira de acabar com a câimbra é realizar um alongamento dos músculos acometidos. Por fim, você também pode aplicar compressa fria provocando um choque térmico capaz de neutralizar o excesso de eletricidade estática do corpo.

As regiões acometidas com câimbras com maior frequência são a panturrilha, músculos anteriores e posteriores das coxas, os pés, as mãos, o pescoço e a região do abdômen.

Dicas para prevenir câimbras noturnas

Principais causas das câimbras noturnas

O que causa câimbra?

As causas são bem variadas. Vamos apresentar os fatores que podem desencadear a câimbra, são eles:

  • Deficiência de vitaminas na alimentação
  • Alterações metabólicas
  • Inatividade longa do músculo
  • Desidratação
  • Prática de atividade física muito impactante

Outras causas de câimbras?

As pessoas com hipertensão que tomam diuréticos têm perdas de potássio e acumulam bastante ácido lático nos músculos, fatores que contribuem para o surgimento das câimbras durante o exercício físico.

Algumas doenças também podem ser causadoras das câimbras, dentre elas estão:

  • Diabetes
  • Hipotireoidismo
  • Alcoolismo
  • Hipoglicemia
  • Mal de Parkinson

Fatores climáticos também podem aumentar as aparições de câimbras. As baixas temperaturas deixam os músculos bem mais tensos e contraídos, características que favorecem a evolução das câimbras.

Os especialistas afirmam que no inverno as câimbras são frequêntes, porque o excesso de gordura fica acumulado nas paredes das artérias, ou seja, elas ficam mais duras e estreitas, aumentando os problemas circulatórios.

As câimbras noturnas

Elas podem ocorrer ocasionalmente, por exemplo, apenas uma ou duas vezes no mês, sendo consideradas como câimbras leves. Também podem várias vezes por semana sendo consideradas como câimbras fortes.

Como surgem as câimbras noturnas?

Além de todas as causas citadas anteriormente no artigo, elas podem ter ligação com efeitos colaterais de algum remédio e/ou ausência de minerais como cálcio, sódio e magnésio.

A maioria das vezes, o gatilho par ao surgimento da câimbra acontece com algum movimento inconscientemente de se esticar ou se espreguiçar na cama. Neste caso é chamada de câimbra noturna idiopática, ou seja, sem causa aparente.

Como prevenir as câimbras noturnas?

Especialistas afirmam que a pessoa que sofre com câimbras deve alongar-se por 15 minutos antes de deitar para dormir. Ingerir bastante líquido durante o dia e se possível, se hidratar com hidrotônicos que ajudam na reposição do sódio.

A alimentação correta também tem papel fundamental na prevenção das câimbras. Alimentos ricos em cálcio, magnésio, vitamina E, complexo B, verapamil, cloroquina e gabapentina. A utilização de remédios que oferecem tais nutrientes são bem vindos, desde que sejam recomendados pelo médico.

Quem são as pessoas mais afetadas com as câimbras?

  • Mulheres grávidas – Aproximadamente 70% das gestantes têm câimbras após o sexto mês de gravidez. Isso acontece devido às alterações do equilíbrio iônico, fazendo com que a produção de eletricidade estática aumente.
  • Idosos – A maioria sofre com as fortes câimbras noturnas. Alguns idosos sentem até 4 câimbras diferentes por noite.
  • Crianças – Desde os 4 até os 14 anos, esta é a fase em que as crianças apresentam as câimbras noturnas. A maioria das crianças sente câimbras tão fortes, que chegam a chorar.

Chegamos ao final deste artigo e agora você tem todas as informações sobre as câimbras e como evitá-las. Lembre-se de se alimentar e hidratar bem, porque o corpo precisa funcionar bem durante o dia, para chegar à noite bem relaxado.

Se as câimbras continuarem com muita frequência após as ações preventivas apresentadas neste artigo, sugerimos que busque a orientação médica. As realizações de exames podem detectar a causa do problema.

Agradecemos a sua atenção e convidamos para continuar em nosso site e conferir as outras publicações. Dicas de alimentação saudável, exercício físico e muito mais te esperam. Sejam bem vindos e mantenham sempre sua saúde em primeiro lugar!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.