O café e o chá estão presentes na cultura do brasileiro e é difícil você encontrar uma família que não tenha pelo menos uma pessoa que beba café ou chá diariamente. A maioria das pessoas gosta destas bebidas por prazer, mas existem aquelas que estão de olho nas propriedades da bebida.

Neste artigo vamos falar da influência do café e do chá para os praticantes de atividades físicas. Existem substâncias no café e no chá que podem melhorar o desempenho dos atletas? Existem efeitos negativos?

Quais os benefícios do café para os corredores?

Estudos já foram realizados buscando as repostas para estas perguntas e os mesmos comprovaram que o café tem substâncias e propriedades que aumentam o estimulo no sistema nervoso, aumentando a concentração e deixando a pessoa com maior capacidade de continuar desenvolvendo a atividade física.

O poder antioxidante do café ajuda na redução do risco de doenças como a diabetes. Também foi comprovado que a cafeína está associada à diminuição das dores musculares pós treino e no aumento do metabolismo.

Quais os malefícios do café para os corredores?

O café também apresenta características negativas e estas contra-indicações estão diretamente ligadas à quantidade de café consumido. As pessoas que exageram no consumo de café, podem sofrer com problemas de excitação exagerada, insônia, desconforto intestinal e a problemas graves de gastrite.

Em um estudo realizado no ano de 2006 na Suíça, o cardiologista Philipp Kaufmann, do Hospital Universitário de Zurique, detectou que a cafeína não é tão inofensiva quanto se imaginava e que a mesma não deve ser indicada antes da prática esportiva.

Quais os benefícios do chá e do café?

Chá e café atrapalham na corrida?

As bebidas estimulantes têm propriedades que causam aumento da frequência cardíaca, ou seja, os riscos de aumento pressão arterial e até mesmo problemas cardíacos em longo prazo é muito grande.

A indicação é para as pessoas que gostam de beber café, é que o façam pelo menos duas horas antes ou depois das principais refeições, evitando ao máximo bebê-lo várias vezes ao longo do dia. Os especialistas completam informando que a ingestão diária jamais deve ultrapassar 3 xícaras.

Como foi dito, diversas pesquisas foram e estão sendo realizadas e ainda não há dados comprovando a eficácia do café para a performance física, mas como o melhor caminho é sempre prevenir, o mais aconselhado é seguir as indicações cautelosas e beber café sempre com moderação.

Agora que falamos tudo sobre o café e sua ligação com a atividade física, partimos para o chá. Será que ele ajuda ou atrapalha a correr e praticar outras atividades físicas?

Quais os benefícios do chá para a corrida?

O Chá verde é o mais indicado para quem pratica atividades porque tem uma substância chamada de catequina. O chá preto não tem catequina, porque no seu processo de produção acontecem algumas transformações de substâncias.

A catequina é uma substância antioxidante potente que apresente características mais eficientes que a da vitamina C e E. Este antioxidante é capaz de neutralizar a maioria dos radicais livres que são responsáveis pela alteração das células do organismo, causando o surgimento de diversas patologias.

Além da catequina, no chá verde você encontra propriedades antimutagênica, anticarcinogênica e antitumogênica, ajudando no combate e prevenção de doenças como o câncer, problemas cardíacos, distúrbios neurológicos, diabetes, infecções, doenças degenerativas e envelhecimento precoce.

A indicação para os corredores é ingerir uma xícara de chá verde uma hora antes dos treinos. Seus benefícios após o treino é auxiliar na recuperação muscular diminuindo o estresse oxidativo e a inflamação. O chá tem ótimas propriedades relaxantes, mas a pessoa deve estar sempre atenta para não exagerar.

Malefícios do chá para os corredores

O chá verde contém cafeína na metade da quantidade do que é encontrada no café. Portanto, os mesmos malefícios citados acima aqui se encaixam. Geralmente as pessoas que abusam no consumo do chá verde apresentam insônia, ansiedade, irritabilidade, dores de estômago, náuseas, palpitações.

Os especialistas indicam que a ingestão de chá não deve ultrapassar 6 xícaras por dia. Outro problema relacionado com o excesso do chá é a diversos problemas renais e diminuição da absorção de ferro.

Chegamos ao final deste artigo e esperamos ter tirado as dúvidas sobre os benefícios e riscos do chá e café para a saúde, principalmente daqueles que praticam atividades físicas. A prevenção é sempre o melhor caminho. Agradecemos pela atenção de todos e voltem sempre!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.