O chá verde é usado como remédio por milhares de anos. Originado na China mas usado por toda a Ásia, essa bebida tem uma grande varidade de usos, desde baixar a pressão sanguínea até a prevenção do câncer.

Alguns dos benefícios do chá verde ainda são debatíveis. Outros, já confirmados. Por via das dúvidas, devemos sempre pesquisar bastante se queremos utilizar deste chá para propósitos medicinais. Os bens para a saúde mais comumente associados ao uso do chá verde são:

  • Perda de peso: o chá verde acelera o metabolismo. O polifenol presente na bebida trabalha para intensificar os níveis de oxidação da gordura e a taxa em que seu corpo transforma comida em calorias.
  • Diabetes: aparentemente, ele ajuda a regular os níveis de glicose, diminuindo o aumento do açúcar no sangue após a alimentação. Isso previne altas repentinas de insulina, resultando em acúmulos de gordura.
  • Doenças do coração: cientistas pensam que o chá verde ajuda no revestimento dos vasos sanguíneos, trabalhando para mantê-los relaxados e aguentar melhor as mudanças na pressão sanguínea. Pode também proteger contra a formação de coágulos, uma das causas primárias de ataques cardíacos.
Chá verde

Além do chá verde como bebida, encontramos no mercado pílulas e suplementos com as propriedades ativas do chá e que tem a mesma efetividade. (Fonte: mish-mash.ucoz.com)

  • Câncer no esôfago: pode reduzir os riscos de câncer no esôfago mas também, o chá é creditado como capaz de matar células cancerígenas em geral, sem danificar o tecido saudável ao redor delas.
  • Colesterol: reduz o mal colesterol no sangue e melhora a taxa de colesterol bom.
  • Doença de Alzheimer e Mal de Parkinson: diz-se que a bebida é capaz de atrasar a deterioração causada pelo Alzheimer e pelo mal de Parkinson. Estudos feitos em ratos mostraram que o chá verde foi eficiente ao proteger células cerebrais da morte e na restauração de células danificadas.
  • Cáries: estudos sugerem que o antioxidante químico catequina no chá pode destruir bactérias e vírus que causa infecções na garganta, cáries e outros problemas dentais.
  • Pressão sanguínea: o consumo regular do chá é creditado como responsável na redução dos riscos de pressão alta.
  • Depressão: a teanina é um aminoácido encontrado em folhas de chá. Esta substância é acreditada como responsável em prover um efeito relaxante e calmante aos consumidores de chás.
  • Anti-viral e anti-bacterial: a catequina é um ótimo agente bactericida e antiviral, tornando-a efetiva no tratamento de tudo, desde a gripe comum ao câncer. Em alguns estudos, o chá verde foi mostrado como responsável por inibir o alastramento de muitas doenças.
  • Tratamento de pele: aparentemente, ajuda no tratamento de rugas e sinais de envelhecimento devido a suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Estudos tanto em animais quanto em humanos demonstraram a capacidade no chá de reduzir danos do sol.

Quanto beber?

Estes são alguns dos benefícios do chá verde mas a realidade é que um copo de chá por dia não te proporcionará todos os ganhos abundantes. Não há um consenso de quantas xícaras diárias são necessárias. Alguns afirmam que duas xícaras seriam suficientes, enquanto outros sugerem até dez. Se você pensa em ir pela rota da maior quantidade, um suplemento de chá verde ou pílula é uma opção melhor do que ir ao banheiro o dia inteiro.

Outro ponto importante é a presença da cafeína no chá verde. Se você é sensível a ela, um copo deve ser o limite. O chá também contém taninos, que podem reduzir a absorção de ferro e do ácido fólico. Se você estiver grávida ou tentando engravida, o chá verde pode não ser ideal para você.

Para o resto de nós, com todos esses abundantes benefícios, é difícil acreditar que bebemos outras coisas.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.