Os 10 disparadores de enxaqueca mais frequentemente relatados já foram identificados em vários estudos científicos, comprovadamente mostrando quais são os “gatilhos” mais comuns para esta dor que mais parece uma britadeira dentro da sua cabeça. Quem sofre de enxaqueca deve evitar esses gatilhos, pois a tendência é que a exposição a esses desencadeantes de enxaqueca, com o tempo, vão piorando a intensidade das dores, a sensibilidade a esses estímulos, e a frequência com que as dores ocorrem.

Enxaqueca: causas pelo estresse

Apesar de médicos e cientistas debaterem o estresse como uma causa da enxaqueca, as mudanças fisiológicas desse problema de saúde podem ter um grande impacto sobre a enxaqueca, e desencadear várias crises. Elas podem acontecer devido a liberação de hormônios do estresse, ou porque as pessoas deixam de lado seus tratamentos, saem de sua rotina de alimentação, ou tem algum tipo de alteração que acaba impactando diretamente na biologia, causando a enxaqueca.

Enxaqueca: gatilhos auditivos

Sons são um gatilho relativamente comum para a enxaqueca. Mas não basta ser um som qualquer. A enxaqueca causada pelo som está geralmente associada ao som repetitivo e barulhento, como os de uma obra, ou a um som muito alto. Trabalhadores que tem que ouvir os mesmos sons durante todo um dia, como funcionários de call centers, podem ter problemas com enxaqueca por ouvir os tons de telefone.

Gatilhos da enxaqueca

Existem vários gatilhos da enxaqueca, e você deve tomar cuidado para esses gatilhos não provoquem as dores incapacitantes desse grave problema de saúde. (Foto: www.health.com)

Fadiga causa enxaqueca

Fadiga é diferente de sono (ou falta de sono), e pode ou não estar ligada ao estresse. Também é possível que a fadiga seja um sintoma da enxaqueca, já que as pessoas pensam que é um gatilho quando na verdade é uma consequência da enxaqueca. Como até mesmo os pesquisadores se confundem, é bom saber diferenciar e manter uma boa dose de descanso para evitar que a enxaqueca volte.

Enxaqueca: como tratar? Evite o jejum!

Comer de 3 em 3 horas é uma necessidade para quem tem enxaqueca. A falta de nutrientes essenciais, a desidratação, entre outros fatores relacionados ao jejum, podem causar e agravar ainda mais uma crise de enxaqueca.

Hormônios causam enxaqueca

As mudanças hormonais durante todo o ciclo menstrual de uma mulher são provavelmente o mais conhecido e amplamente aceito gatilho de enxaqueca. Mas outras flutuações hormonais causadas por fatores ambientais, como alimentação, estresse, cigarro, fadiga, sono, entre outros, podem influenciar igualmente os hormônios em homens e mulheres, e desencadear uma enxaqueca.

Sono (ou a falta dele) e a enxaqueca

Todos os tipos de dificuldades do sono podem causar a enxaqueca. E com muita razão. Um sono sem qualidade altera significativamente a química do cérebro. Consequentemente, daí para causar uma enxaqueca é um pequeno pulo.

Mudanças climáticas desencadeiam enxaqueca

Mudanças climáticas são possíveis causas da enxaqueca. Isso está possivelmente relacionado a mudanças na pressão atmosférica, na umidade relativa do ar, e alterações biológicas que seu corpo sofre para tentar se adaptar a essas mudanças.

Luz do sol e luzes ofuscantes/brilhantes

Mesmo a luz do sol fraca de dias nublados pode causar crises de enxaqueca. Algumas pessoas relataram que luzes intermitentes ou luzes fortes podem desencadear crises de dor, mas geralmente o incômodo da luz não natural é causado pela aura da enxaqueca (quando a crise já está instalada). A crise causada pela luz natural do sol é uma realidade, e o óculos escuro o dia inteiro para quem sofre de enxaqueca é uma necessidade.

Gatilhos olfativos para enxaqueca

Odores fortes podem causar crises de enxaqueca. O cheiro de perfumes, esmaltes, tintas, gasolina e produtos de limpeza são desencadeantes de enxaqueca comuns.

Álcool, cafeína, chocolate e outros gatilhos alimentares da enxaqueca

O álcool pode desencadear uma crise de enxaqueca porque ajuda na desidratação do organismo. A maioria dos alimentos que causa enxaqueca o faz pelo mesmo motivo, tal como é o caso do glutamato monossódico, um ingrediente frequentemente usado para realçar o sabor dos alimentos e que é um mega gatilho para enxaqueca. A cafeína, que está contida em diversos alimentos, como o chocolate e energéticos, estimula a circulação nos vasos sanguíneos, causando as crises de enxaqueca.

Enxaqueca: tratamento

Todo tratamento de enxaqueca vai envolver mudanças nos hábitos para evitar os gatilhos da enxaqueca, isso é um fato. Além disso, o tratamento vai envolver o uso de medicamentos, e talvez outros métodos alternativos de tratamento, como massagens, acupuntura, entre outros tratamentos para enxaqueca. É importante ressaltar a importância do acompanhamento profissional, pois há pessoas que tem a sensibilidade maior para um ou outro gatilho, e outras que tem gatilhos únicos. Por exemplo, o exercício físico é uma causa relativamente baixa de crises de enxaqueca, mas pode causar. Monitore seus gatilhos de enxaqueca e seu tratamento será muito mais eficaz.

Quais são seus gatilhos da enxaqueca? Como você faz para evitá-los ou tratá-los com mais eficiência? Como faz o acompanhamento médico da sua enxaqueca?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.