Como evitar e descobrir problemas de visão

Escrito na categoria "Saúde" por André M. Coelho.

As pessoas tendem a desgostar de quaisquer tratamentos médicos. Mas quando se tratar de um problemas de visão, faça um favor a você mesmo: vá a um oftalmologista. Mesmo com a maioria das pessoas conseguindo ler com sucesso, com ou sem dificuldades, convencê-la a fazer um check-up é outra história.

Não é sempre uma questão de vaidade. Ninguém gosta de admitir que tem qualquer tipo de problema de saúde. Assim o fazendo, eles sentem-se fora do controle. Mas buscar a ajuda médica coloca uma pessoa mais ainda no controle. Que pessoa responsável deixaria seus filhos sem tratamento? Pois é.

Proteção: o primeiro passo

Mesmo antes de chegar o tempo dos frequentes exames de vista, as pessoas devem criar o hábito de proteger os olhos. Devem ser utilizados protetores oculares em trabalhos de risco, como aqueles em que há o uso de ferramentas elétricas.  Ao praticar esportes, é recomendado também algum tipo de proteção.

Proteção aos olhos

Muitos esquecem de usar proteção para trabalhos que apresentam riscos a saúde. Os óculos de proteção são baratos e muito fáceis de encontrar, podendo te ajudar a poupar muito em tratamentos médicos, caso se machuque sem usar um deles. (Fonte: hoyalens.com.au)

Boa parte dos acidentes oculares ocorrem em pessoas que estavam simplesmente martelando um prego.  Mas ninguém pensa em proteção pra isso.

Os dois tipos de proteção básica são: óculos de segurança e as máscaras completas de rosto. Em alguns casos, até utilizados em conjunto. Recomendamos que um profissional de segurança do trabalho seja consultado para a recomendação do equipamento de segurança correta. Isto porque dependendo da atividade por você exercida, o tipo de proteção também muda. Desde o manuseio de químicos ao trabalho com pedras, o equpamento necessário requerido varia.

Principais causas

Mudanças na visão e problemas podem ser causados por muitas condições diferentes, incluindo:

Problemas de visão com olhos claros

Pessoas que tem olhos claros tendem a ter muitos problemas relacionados com a luz, principalmente a fotossensibilidade. Para isso, é recomendado o uso constante de óculos que protejam do excesso de claridade. (Fonte: divulgação)

Também podemos citar como problemas de visão a hipermetropia, astigmatismo, miopia, daltonismo, estrabismo, ambliopia. Todas elas tem soluções , desde o uso de óculos até a cura total com cirurgias.

Para todo problema, a prevenção

Visitas regulares ao oftalmologista são importantes, principalmente para aqueles que já tem mais de 65 anos. Seu médico recomendará consultas mais frequentes e mais cedo se tiver diabetes ou apresentar algum sinal previamente, como pressão alta.

A pressão em seus olhos será medida em algumas visitas em testes para glaucoma. Periodicamente, seus olhos serão dilatados para examinar a retina, buscando quaisquer sinais de problemas.

Proteção para os olhos

A luz do sol pode danificar muito sua visão. Por isso, o uso de óculos escuros com proteção aos raios UV pode evitar problemas graves. Tome cuidado para não compras óculos de baixa qualidade, que podem ser pior para seus olhos do que estar sem óculos. (Fonte: pardonmyaddiction.com)

Para ajudar a manter uma visão saudável, abaixo alguns conselhos:

Como sempre dizemos aqui: a prevenção é tudo. Qualquer tratamento acaba sendo uma medida drástica e que pode ter consequências muito ruins. Crie consciência disso e você tem a chave para uma visão saudável, tornando desnecessários tratamentos delicados e, na maior parte das vezes, caros.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André fez parte de uma das primeiras equipes de Parkour no Brasil. Desde então, atuou junto de educadores físicos, nutricionistas, fisioterapeutas e profissionais da saúde para aperfeiçoar seus conhecimentos. Desde 2012, escreve dicas de saúde e exercícios físicos que aprendeu e continua aprendendo. Em 2019 tornou-se instrutor de Muay Thai e Kickboxing, compartilhando com seus alunos para ensinar tudo que aprendeu.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.