O forno de microondas e recipientes de comida de plástico são tão familiares nas cozinhas de hoje quanto panelas e geladeiras. É também comum a rotina de colocar um recipiente de plástico de sobras no microondas e aquecer por um minuto ou dois. Dada a prevalência de plástico em cozinhas de hoje, você pode se perguntar quão arriscado é usar recipientes de plástico para os microondas. Embora os produtos químicos podem realmente sair do plástico para os alimentos, os perigos são mínimos devido a extensos testes pelos fabricantes e normas federais que regem o mercado. Mas cabem alguns cuidados quanto ao uso e manutenção dos recipientes de plástico.

Plastificantes perigosos

De acordo com o Guia de Saúde da Família Harvard Medical School, quando os alimentos são embalados em plástico ou colocados em um recipiente de plástico e microondas, substâncias utilizadas na fabricação do plástico (plastificantes) podem vazar para a comida. Em particular, os alimentos gordurosos, como carnes e queijos, fazem uma substância química chamada dietilhexil adipato a sair do plástico. Como resultado, o INMETRO e a ANVISA, regulam de perto recipientes de plástico e materiais que entram em contato com os alimentos. Os fabricantes devem testar recipientes de plástico para atender às normas e especificações brasileiras. Ou seja, cuidado com os potes de plástico de marcas desconhecidas, genéricas ou chinesas. Prefira aqueles que já estão no mercado há algum tempo.

Recipientes inseguros

Se não for rotulado como seguro para microondas, recipientes para viagem de plástico, garrafas de água e potes feitos para armazenar margarina, iogurte, oleaginosas, requeijão, maionese e mostarda são potencialmente perigosos. A menos que um produto seja rotulado para uso no microondas, você não tem a garantia de saber que um item foi testado e avaliado para este fim. A preocupação é que, se usado de forma inadequada, um item pode deformar ou derreter quando exposto aos alimentos extremamente quentes, e queimaduras acidentais podem ocorrer. As microondas aquecem de forma desigual, criando pontos de acesso, onde é mais provável quebrar o plástico. Arranhões e pequenas rachaduras em recipientes para micro-ondas podem torná-los impróprios para o microondas também. Respeite o prazo de validade dos recipientes e quando perceber que eles estão danificados ou manchados, substitua-os.

Cuidado ao escolher recipientes de plástico

Ao escolher recipientes plásticos para microondas, prefira aqueles de marcas conhecidas e com selo de segurança do INMETRO. (Foto: www.multiplemayhemmamma.com)

Uso impróprio dos recipientes

As instituições fiscalizadores brasileiras observam que se você não ventilar os recipientes corretamente, levantando a borda de uma tampa ou cobertura, as microondas podem resultar em um acúmulo perigoso de vapor que pode causar queimaduras. O alerta é que o uso de recipientes de plástico para outra coisa senão o seu propósito original pode causar problemas de saúde. Na maioria dos casos, isso significa não reutilizar recipientes de plástico ou garrafas de água. A principal preocupação é com os alimentos serem contaminados devido à fuga dos produtos químicos utilizados para o fábrica de plásticos, especialmente quando o plástico é aquecido ou danificado.

Congelar alimentos em recipientes de plástico

Geralmente, as pessoas congelam alimentos nos mesmos recipientes que vão para os microondas. Há recipientes específicos para estes fins e que são seguros para o uso. Porém, estes recipientes vão ter uma vida útil menor por conta do choque térmico, que irá reduzir a resistência do recipiente e tornar mais fácil que substâncias nocivas “fujam” para os alimentos.

Considerações Finais

Não faça economias porcas. Procure por recipientes que tem registro nacional e que foram avaliados por instituições como INMETRO e ANVISA. Não deixe sua saúde em questão por conta de alguns reais de diferenças. Caso não encontre recipientes de plástico “saudáveis”, prefira recipientes de vidro, que são mais resistentes e não liberarão químicos nos seus alimentos. Eles são mais caros, mas tem a validade pelo resto da vida.

Você já teve problemas com potes plásticos? Já desconfiou de algum problema de saúde causado por eles? Deixem nos comentários as suas experiências.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.