Tem animais em casa? Cuidado com a toxoplasmose!

Escrito na categoria "Saúde" por André M. Coelho.

A toxoplasmose é uma infecção causada pelo parasita Toxoplasma gondii. É encontrada em seres humanos em todo o mundo e em muitas espécies de animais e aves. Os gatos são o hospedeiro definitivo do parasita, sendo outros animais e os próprios humanos apenas hospedeiros intermediários a esse parasita.

Causas da toxoplasmose

A infecção humana pode resultar de:

Sintomas da toxoplasmose

Pode não haver sintomas. Os sintomas geralmente ocorrem cerca de 1 a 2 semanas depois de entrar em contato com o parasita. A doença pode afetar o cérebro, pulmão, coração, olhos ou fígado. Os sintomas em pessoas com sistemas imunitários saudáveis ​​são:

Aumento dos gânglios linfáticos na cabeça e no pescoço;

Os sintomas em pessoas com um sistema imunitário enfraquecido:

Estes sintomas podem ser agravados principalmente em bebês contaminados pelas mães que tem o problema. Este tipo de infecção da toxoplasmose é chamada de toxoplasmose congênita. Os sintomas podem incluir:

Diferenças da toxoplasmose

A toxoplasmose pode ser um problema simples de saúde ou algo muito mais grave. Vai depender muito do indivíduo contagiado pelo parasita. (Foto: www.mundoanimalia.com)

Exames e testes para a toxoplasmose

O médico ou enfermeiro irá realizar um exame físico. Os testes que podem ser feitos incluem:

Tratamento da toxoplasmose

Aqueles que não têm sintomas geralmente não necessitam de tratamento e podem conviver em paz com o parasita. Medicamentos para tratar a infecção incluem uma droga antimalárica e antibióticos. Pacientes com AIDS devem continuar o tratamento durante o tempo que seu sistema imunológico está fraco para impedir que uma reativação da doença.

Espiramicina pode tratar a infecção na mãe grávida. Pirimetamina e sulfadiazina podem tratar a infecção fetal (diagnosticada durante a gravidez). O tratamento de crianças com toxoplasmose congênita geralmente inclui pirimetamina, sulfadiazina e leucovorina por um ano. Aos bebês também são dados às vezes esteroides se sua visão está ameaçada ou se o nível de proteínas no fluido espinhal é alto.

Prognóstico da toxoplasmose

Com o tratamento , as pessoas com um sistema imunológico saudável geralmente se recuperam bem. A doença pode voltar em alguns casos. Em pessoas com um sistema imunitário enfraquecido, a infecção pode se espalhar por todo o corpo e isso pode ser mortal.

Para crianças infectadas, possíveis complicações são a hidrocefalia, cegueira ou deficiência visual grave e o retardo mental grave ou outros problemas neurológicos.

Há estudos que vinculam uma maior taxa de suicídio e depressão entre as pessoas que estão infectadas pelo parasita da toxoplasmose, mas ainda são necessários mais estudos para esclarecer a relação.

Quando entrar em contato com um profissional médico?

Marque uma consulta com seu médico se desenvolver sintomas de toxoplasmose, principalmente se você tem animais em casa. Assistência médica imediata é necessária se os sintomas ocorrem em:

Tratamento médico imediato, também é necessário se ocorrer os seguintes sintomas:

Prevenção da toxoplasmose: cuidado com os animais!

Dicas de prevenção para esta condição:

Mantenha a higiene de sua casa e de seus animais sempre em dia. Limpeza das fezes deve ser feita diariamente. Eu tenho toxoplasmose pois criava chinchilas em meu apartamento mas não era muito responsável com a limpeza. Portanto, ter bastante asseio e tratar seus bichinhos contra este parasita também é essencial.

As mulheres grávidas e aqueles com sistemas imunológicos enfraquecidos deve tomar mais cuidado, como não limpar caixas de areia de gatos, não tocar em nada que possa conter fezes de gato, não tocar em nada que possa ser contaminado por insetos expostos a fezes de gato (baratas, moscas , etc). Mulheres grávidas e as pessoas com HIV devem ser testados para a toxoplasmose. Um exame de sangue simples pode ser feito para este propósito.

Teve toxoplasmose? Conhece alguém que teve? O espaço de comentários abaixo está aberto para você compartilhar sua experiência e enriquecer ainda mais este artigo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André fez parte de uma das primeiras equipes de Parkour no Brasil. Desde então, atuou junto de educadores físicos, nutricionistas, fisioterapeutas e profissionais da saúde para aperfeiçoar seus conhecimentos. Desde 2012, escreve dicas de saúde e exercícios físicos que aprendeu e continua aprendendo. Em 2019 tornou-se instrutor de Muay Thai e Kickboxing, compartilhando com seus alunos para ensinar tudo que aprendeu.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.