O slackline é um esporte, que consiste em se equilibrar e realizar truques sobre um pedaço de cintas de escalada fixadas horizontalmente entre dois pontos. A moda está crescendo e as pessoas estão começando a praticar o slackline em parques da cidade, quintais e academias de escalada. E como a altura de um slackline é bem baixa, é uma forma bem segura para ensinar um pouco sobre a agilidade, equilíbrio, e concentração.

Regras do slackline

O movimento dinâmico está relacionado com tudo o que fazemos na vida. A maioria de esportes tem conceitos similares de equilíbrio, o que torna o slackline uma ferramenta de treinamento para diversos esportes. No slackline, mente e corpo estão em constante sincronia para te manter equilibrado e, ao mesmo tempo, te orientando para a próxima manobra radical. Mas o que é preciso para praticar o slackline dentro das regras?

Como montar slackline na parede, chão, árvores ou postes?

As: faixas de duas polegadas de largura para a prática de slackline são a melhor aposta para iniciantes porque elas são um pouco mais estáveis, oscilando menos. Você precisa de um slackline emborrachado para aderência extra extra. O comprimento ideal para novatos é de 6 a 10 metros, montada na altura do joelho em relação ao chão. Você deve ajustar a linha alta o suficiente para permitir um trabalho de equilíbrio e esforço, mas também que esteja baixa o suficiente em relação ao chão para gerenciar uma queda com segurança. Qualquer slackline com mais de 10 metros só aumenta a dificuldade, mas geralmente, pode-se aprender a caminhar facilmente para frente e para trás. Para montar um slackline com segurança no chão, você pode comprar um rack de suporte para o slackline, e é ótimo para configurar em qualquer ambiente, até mesmo dentro da sua própria casa. Se o seu piso é muito duro, coloque um tapete emborrachado para amortecer as quedas.

Como praticar o slackline

Para praticar o slackline do jeito certo, aprenda como instalar e praticar corretamente o esporte para não se lesionar. (Foto: Collective Vision)

Catraca slackline: como montar?

Trave a linha entre dois pontos fixos, como árvores ou postes. As âncoras precisam ser completamente firmes. Se houver algum movimento, encontre algo mais estável. O sistema de catraca é bem fácil de configurar, quase que automático. Apenas certifique-se de verificar o seu trabalho de ancoragem. Se você estiver ancorando em uma árvore, procure uma que tenha pelo menos 60 cm de circunferência, com casca grossa, e certifique-se de proteger a árvore e a linha de danos de abrasão. Tapetes de borracha, papelão, almofadas de espuma são boas proteções, ou você pode comprar um protetor próprio para o slackline. Não se esqueça de remover seu slackline após cada uso; Deixá-lo por muito tempo esticado não é bom para o suporte e nem para a linha de slackline.

Encontre uma boa forma para seu slackline

Concentre-se no bom posicionamento: braços acima da cabeça, quadris alinhados acima da coluna, olhos focados em um ponto fixo na frente e pés e calcanhares apoiados sobre a linha. Iniciantes devem aprender a ficar sobre uma perna durante o máximo de tempo que conseguirem, com a outra perna usada como balança de equilíbrio. Fique por tanto tempo quanto possível sobre o slackline e cada vez que voltar para cima da slackline, tente aumentar esse tempo mais um pouco, condicionando melhor seu corpo e mente para o slackline.

Qual a diferença entre slackline e highline? Além da altura, o tempo de prática

A diferença entre o slackline e a highline vai além da altura em que a linha é colocada. Aprender a tomar medidas de segurança é importante no início; A chave é ir bem devagar e de forma controlada. A maioria das pessoas quer correr e pular assim que estão sobre a linha, mas acelerar no início só vai resultar em manchas de grama no corpo e roupas e cotovelos ralados. No caso da highline, que geralmente tem uma corda de proteção presa ao corpo da pessoa, pode resultar em uma abrasão bem forte no caso de qualquer queda.

A coisa mais importante para começar é relaxar e encontrar um padrão de respiração saudável. Após encontrar um padrão, é colocar um pé na frente do outro. Você pode ter alguém ajudando, colocando as mãos logo abaixo dos seus cotovelos, para que você possa ser pego quando perder o equilíbrio e cair. À medida que você ficar mais confortável, pratique andar de diferentes maneiras para trabalhar melhor o equilíbrio. E só comece no highline depois de muita prática no slackline, pois o risco de lesões e danos são muito maiores no highline do que no slackline

Pratique alguns truques no slackline

Slacklining pode parecer uma versão menos assustadora da corda bamba de um circo. Você pode fazer os mesmos saltos e giros que você faz em outros esportes ou sobre um trampolim.Uma vez que você pode andar em linha reta, você pode começar a tentar truques básicos, como a queda sobre os joelhos, salto vertical, ou outros tipos de pulos. Quando você melhorar, você pode modificar o ajuste do slackline para atender às suas particularidades.

Depois dessas dicas, hora de conhecer as modalidades e os equipamentos do slackline.

Slackline: modalidades

A modalidade mais básica é o slackline, que consiste em andar sobre a fita e se equilibrar sobre ela. Isso pode incluir se equilibrar com uma perna só, se sentar sobre a fita ou se equilibrar usando as canelas ou joelhos.

Trickline é a evolução natural do slackline, admitindo truques como saltos, balançar sobre a fita, cambalhotas, entre outros.

Longline é uma modalidade do slackline que aumenta a distância do slackline para mais de 20 metros, deixando a fita mais mole e mais difícil para o praticante.

Highline é a modalidade onde a fita é colocada em uma altura superior a 5 metros. É essencial ter noções de escalada e de segurança, além da colocação de corda de suporte ao lado da fita para suporte contra quedas.

Waterline é a prática de slackline sobre uma superfície de água.

Surfline é a prática de movimentos de surf sobre o slackline, assim como o Yogaline é a prática de movimentos de Ioga sobre o slackline.

Nome dos equipamentos do slackline

Para se equipar da forma certa para o slackline, é bom começar pelos equipamentos certos. São eles:

Slack-Dog: serve para ancorar e prender a fita do slackline. Basicamente, é um equipamento que serve para que o “nó” da fita de slackline não seja enfraquecido quando a fita for esticada.

Slack Banana: tem a mesma função que o slack dog, mas é mais robusta em sua construção.

Polias Gêmeas (auto-blocante): é um equipamento facilitador do tracionamento das fitas de slackline.

Line Locks: são travas usadas para fixar as fitas na ancoragem.

Line Grip: é uma trava para as fitas mas, ao contrário do line lock, não é necessário torcer a fita para fixá-la, poupando a fita de desgaste.

Fita de slackline: fita de poliéster com, geralmente, 15 metros de comprimento e 2 polegadas de largura (5 cm).

Fita elo e Catraca: a fita elo vai para a ancoragem do slackline, e a catraca é usada para tensionar a fita até a tensão desejada.

Protetor de catraca: protege a catraca para evitar acidentes, caso alguém caia perto dela, e também para evitar que água e outros detritos contaminem a catraca.

Protetor de árvore: protege o ponto de ancoragem e a fita de desgaste por atrito.

Back up de segurança: serve para evitar que a fita sofra um efeito chicote e bata no praticante, caso ela se desprenda ou arrebente.

Como montar slackline com corda?

Montar o slackline com corda é simples. Compre uma corda bem grossa e use como uma corda bamba. Porém, não aconselhamos esse uso, pois as cordas não são feitas especificamente para a prática do slackline e podem resultar em rupturas e sérias lesões para o praticante. Invista em um equipamento básico de slackline que sai mais barato, e você ainda se protegerá de lesões.

Você já pratica slackline? Como começou? Quais equipamentos você já tem para praticar?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.