Como aprender a andar de bicicleta depois de adulto?

Escrito na categoria "Atividade física" por Bruno Almeida.

Há uma década era muito difícil encontrar alguém que não soubesse andar de bicicleta, algo bem diferente dos dias atuais. Atualmente é fácil você encontrar pessoas que não sabem andar de bicicleta, principalmente os adultos.

O atual crescimento urbana, realmente afeta no desenvolvimento deste hábito, mas não é motivo definidor para isso. O fácil acesso aos automóveis também fez com que as pessoas deixassem de lado o uso das bicicletas para se locomoverem.

Mas como nosso site preza pela saúde dos nossos leitores, vamos te dar dicas para aprender a andar de bicicleta depois de adulto. Conheça os benefícios que esta prática tem para te oferecer e muito mais!

Andar de bicicleta além de divertido estimula e trabalha a musculatura dos membros inferiores e ainda previne varizes. O segundo coração do corpo que é a panturrilha é bem trabalhado. Com isso você consegue melhorar o seu sistema circulatório e prevenir diversas doenças.

Segundo especialistas do campo psicológico, pedalar faz bem tanto para o corpo quanto para a mente. Durante a pedalada, as pessoas passam por um momento de libertação da mente e vive uma reflexão sadia.

Nesta simples atividade, pessoas conseguem combater à depressão e o transtorno de ansiedade. Mas antes de iniciar nas pedaladas, é muito importante que você realize uma avaliação médica, a fim de obter a liberação de aptidão física. É muito importante se preocupar com a hidratação correta antes, durante e depois de toda atividade física.

Agora que você já sabe todos os benefícios de pedalar, chegou à hora de conferir as dicas para aprender a andar de bicicleta. É muito comum ver que depois de certa idade, as pessoas apresentam mais medo, mais vergonha e colocam obstáculos excessivos na cabeça.

Primeira dica

Facilitará muito se você tiver uma bicicleta menor, mas que não seja daquelas infantis. Por possuir uma altura menor, a pessoa que está aprendendo se sente segura e consegue desenvolver melhor. Outra vantagem de quem tem a bicicleta é poder praticar mais vezes.

Segunda dica

Se você não consegue uma bicicleta menor, a dica é que ajuste o banco para que permita um fácil e rápido apoio dos pés no chão quando necessário.

Terceira dica

Estimule a pessoa que está aprendendo a utilizar os pés para dar o impulso e sair do lugar. Evitando a utilização dos pedais nos primeiros momentos. Nesta fase é trabalho o equilíbrio, concentração e controle de direção.

Quarta dica

É muito importante para o iniciante que o local de prática seja plano, ou com pequenos desníveis. Desta forma ele não precisará de muito esforço para embalar. Nesta fase o esforço atrapalha na manutenção do equilíbrio.

Quinta dica

A pessoa que está instruindo o aprendiz deve ficar sempre por perto. Nos primeiros momentos, o instrutor deve estar sempre segurando no banco e ajudando a guiar a bicicleta. Neste momento a pessoa deve instruir sobre a importância de manter-se relaxado e observar o ponto de equilíbrio do corpo.

Adulto pode aprender a andar de bicicleta?

Aprender a andar de bicicleta depois de adulto

Sexta dica

De uma forma natural, o aprendiz irá perceber que é necessário pedalar para não perder o equilíbrio. Nesta fase o aprendiz entende que quanto mais rápido, mais fácil será encontrar o tal ponto de equilíbrio.

Sétima dica

O instrutor deve ser atencioso, mas sempre manter um diálogo aberto com o aprendiz. Jamais minta sobre situações e evoluções do mesmo, porque isso poderá causar um movimento errado, uma queda mais séria e um trauma que dificilmente será revertido.

Oitava dica

Durante um pequeno declive, você deve estimular o aprendiz para que ele eleve os pés do chão um pouco, mantendo o ponto de equilíbrio o máximo que conseguir antes de retornar os pés ao chão.

Nona dica

Uma das maiores dificuldades de quem está aprendendo é coordenar a pedalada com o equilíbrio. Estimule o aprendiz a realizar uma pedalada e para, atentar-se para o equilíbrio, depois realizar outra pedala e parar novamente. Com a evolução, aumenta-se o ciclo de pedaladas antes das pausas.

Décima dica

Jamais escolha trajetos sinuosos enquanto aprende a andar de bicicleta. Realizar curvas requer maior atenção e uma habilidade maior, ou seja, isso é assunto para quem já está dominando o equilíbrio. Quando o aprendiz estiver mais seguro, comece a introduzir curvas bem abetas para iniciar esta nova fase.

Décima primeira dica

Lembre-se de respeitar a evolução natural. Aprender a andar de bicicleta não é difícil, mas é um processo lento para algumas pessoas. Pedalar, equilibrar, mudar as marchas, realizar curvas, etc. Todas as ações necessárias durante a pedala são complexas para os iniciantes. Tenha paciência e dê um passo de cada vez.

Décima segunda dica

Se você cair, apenas levante e comece novamente. Assim como na vida, as quedas fazem parte do processo de aprendizagem e amadurecimento cognitivo. Não se sinta envergonhado pelas quedas, isso é natural em qualquer processo de aprendizagem.

Estamos chegando ao final de mais um artigo em nosso site. Esperamos ter ajudado as pessoas que querem aprender a andar de bicicleta depois de velho. É possível aprender a andar de bicicleta sozinho, mas o ideal é que alguém te ajude.

Atualmente existem cursos para aprender a andar de bicicleta, são as chamadas escolas de bicicleta. Procure por esses cursos em sua cidade e divirta-se. Andar de bicicleta é bom pra você e é bom para a natureza também!

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Saúde Melhor!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.