A cesariana é uma operação importante e delicada. Mesmo com uma recuperação relativamente rápida, o pós operatório merece cuidados especiais, inclusive na questão dos exercícios físicos. As primeiras semanas após a cirurgia, principalmente, devem ser dedicadas ao repouso e à cura.

Depois da cesárea, quando posso malhar?

A mulher que passou por uma cesárea deve seguir às orientações de seu médico quanto aos exercícios físicos e a recuperação de uma cesárea, para evitar que problemas possam ocorrer durante a recuperação do pós operatório. O acompanhamento médico é necessário, pois só ele poderá dizer o momento certo em que uma pessoa poderá ou não voltar para a prática de exercícios intensos. Malhar em si pode demorar alguns meses após a cesárea.

Com quantos meses depois da cesárea posso malhar: depende!

Nos primeiros meses após uma cesárea, exercícios como musculação e exercícios físicos mais intensos devem ser evitados. No entanto, a mulher pode começar a praticar exercícios de fortalecimento do assoalho pélvico, incluindo trabalhos leves de fortalecimento abdominal. Como a gravidez pode colocar uma pressão sobre o seu assoalho pélvico, estes exercícios são importantes para quem acabou de dar a luz.

Em certas mulheres, o enfraquecimento muscular do assoalho pélvico é maior e em outras, menor. Quando há um grande enfraquecimento, o exercício tem que ser de menor intensidade para não prejudicar os músculos, fazendo um trabalho de recuperação mais gradual e fortalecimento que irá trabalhar a musculatura para criar uma maior resistência.

Exercícios permitidos depois do parto

Yoga, quando não é muito pesada, é permitida para mães depois do parto após alguns meses. (Foto: yoga4mothers.com)

Quais exercícios pode fazer depois de uma cesárea?

Ficar completamente sedentária depois de uma cesárea também não é uma opção. Durante as primeiras semanas após a cesárea, você pode gradualmente aumentar a atividade em um ritmo que mais lhe convier, e no qual você esteja confortável e sem dores. Vale a pena começar com uma caminhada de cinco minutos, e gradualmente estender esse tempo. Natação, ciclismo, Yoga (quando for leve, sem posições complicadas), e Pilates podem também serem realizados, desde que sejam aprovados pelo médico e sejam feitos gradualmente. Uma rotina de exercícios leves de 10 minutos por dia é mais do que suficiente.

Quais atividades de impacto, incluindo treinos intervalados de alta intensidade, CrossFit, Trekking, e outros esportes radicais, devem ser evitados por pelo menos seis meses. Isso não é apenas pelo enfraquecimento muscular, mas também por conta da ação dos hormônios femininos durante a gravidez e amamentação.

Depois de seis semanas a dois meses: exercícios moderados

Com a permissão do médico, flexões suaves podem ser realizadas para aliviar as coisas, além de abdominais leves para fortalecimento dos músculos da barriga. Aqui, a intensidade dos exercícios pode ser aumentada: 20 a 25 minutos por dia, sem muito esforço. Musculação, só se for usando o peso do próprio corpo para os exercícios, dentro desse tempo menor, e sem agachamentos.

Opções de exercícios para quem fez uma cesárea

Quem fez uma cesárea deve buscar rotinas de exercícios que foquem mais em treinamentos aeróbicos, em rotinas que mantenham o condicionamento físico após a mulher ter o filho. Opções aqui incluem o ciclismo, caminhada, corrida, natação, fisioterapia, hidroginástica, Pilates, e Ioga.

Com a recuperação da cesárea em caminho (após 6 semanas/2 meses), o fortalecimento da musculatura da região ajudará no processo de cicatrização. Além dos exercícios acima, musculação com o próprio peso do corpo e dança são opções que podem ser inclusas aqui.

A partir de 4 meses, pesos leves podem ser adicionados a uma rotina de exercícios após a cesárea, com o cuidado de não incluir agachamentos e outros exercícios que forcem demais a musculatura da parte inferior do abdome. Danças e alguns tipos de aeróbica (step, por exemplo), podem ser liberados)

Após 6 meses da cirurgia, geralmente, o médico liberará a paciente para as rotinas normais de exercícios, e pode liberar até para exercícios de alta intensidade, dependendo da recuperação da cirurgia.

Todo cuidado é pouco e a pressa pode custar caro

Sabemos que depois de uma cesárea, muitas pessoas querem continuar suas rotinas de exercício normalmente. Porém, essa pressa pode resultar em uma lesão, e uma lesão pode resultar em meses de recuperação, que vão postergar ainda mais sua recuperação. Paciência é a chave para se recuperar.

Portanto, vá com muita calma. Espere seu médico liberar, pegue leve nos exercícios, e vá gradualmente incrementando sua rotina. Assim, você garante que não terá quaisquer problemas de saúde que prejudicarão seu desempenho atlético.

Você já fez uma cesárea? Como foi sua recuperação? Quais exercícios seu médico permitiu fazer?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.