Um monitor de frequência cardíaca é uma ferramenta útil para encontrar o sua zona-alvo de batimentos cardíacos por minuto. Dentro dessa zona, você pode acelerar ou reduzir seu ritmo, e obter os benefícios que cada uma delas traz para sua saúde. É também usado para prevenir e identificar surpresas desagradáveis, como indicadores de ataques cardíacos, taquicardias, etc.

Além de monitorar a frequência cardíaca, um bom monitor ainda tem recursos extras que podem otimizar ainda mais sua corrida. Vamos aprender mais sobre como escolher um monitor cardíaco para a corrida ou qualquer outro tipo de exercício.

Tipos de monitores de frequência cardíaca

Cada esporte pode se beneficiar de um tipo de monitor de frequência cardíaca diferente, seja pelo posicionamento ou pelos simples conforto.

Modelos de cinta peitoral: um sensor sem fio em uma cinta de peito detecta seu pulso eletronicamente e envia os dados para um receptor em um relógio de pulso, que exibe o seu ritmo cardíaco. Modelos básicos monitoram seu tempo de treino e oferecem os dados da média de frequência cardíaca, altos, e baixos. Podem vir com um acelerômetro/pedômetro, para ajudar no controle da velocidade, distância e cadência. Alguns tem receptores GPS para monitorar velocidade, distância e altitude, a possibilidade de marcar e encontrar locais, além de salvar Informações anterior do percurso.

Modelos sem cinta: um sensor embutido na unidade colocada no pulso monitora suas informações vitais. Modelos sem alças tendem a ser menos precisos do que modelos de cinta peitoral. Geralmente, acompanham acelerômetro e pedômetro, para medir distâncias, mas podem vir também com um receptor GPS. As smart bands/fitness bands se encaixam nessa categoria de monitor de frequência cardíaca.

Funções de um monitor de frequência cardíaca

Os modelos com a cinta são mais precisos. Monitores mais modernos tem também relógios mais completos, com mais funções do que apenas mostrar as informações dos sensores na cinta. (Foto: commons.wikimedia.org)

Como usar monitor cardíaco?

Antes de iniciar qualquer programa de exercícios, consulte um médico para projetar um programa adequado para seus objetivos e condicionamento atual. Com o médico e/ou educador físico, as faixas de frequência cardíaca para diferentes objetivos serão calculadas. A partir desse cálculo, você poderá usar o monitor cardíaco para te auxiliar a encontrar as diferentes faixas de frequência cardíaca e obter resultados mais completos de sua prática de esportes.

O que é a zona alvo da frequência cardíaca?

A zona-alvo é um intervalo percentual com base em sua frequência cardíaca máxima (FCmáx). Vários algoritmos foram desenvolvidos para calcular uma estimativa FCmax, mas a mais simples é:

FCmax = 220 – a sua idade.

Alguns medicamentos podem afetar sua zona de frequência alvo. É sempre melhor fazer um teste de esforço sob a supervisão de um médico para determinar sua real FCmáx. A frequência cardíaca máxima, em diferentes percentagens do total – as chamadas zonas-alvo – proporcionam diferentes benefícios ao corpo.

Resistência – 60% a 70% da FCmáx: ideal para os programas de resistência e perda de peso. Desenvolve eficiência cardiovascular e muscular. O corpo aprende a usar a gordura armazenada como combustível.

Aeróbica – 70% a 80% da FCmáx: aptidão cardiovascular global, força muscular e controle de peso. O corpo queima gordura e carboidratos principalmente nesta zona-alvo.

Anaeróbica – 80% a 90% da FCmáx: exercícios intervalados de alta intensidade ou de velocidade consistente. Nesta zona, a sua respiração será pesada e os músculos estarão cansados. Melhora a capacidade pulmonar e aumenta a tolerância ao lactato, a substância que causa as dores depois de malhar.

VO2 Max – 90% a 100% da FCmáx: aumentar a velocidade em atletas que se exercitam neste nível apenas por curtos períodos, já que os músculos entram rapidamente em falta de oxigênio.

Como posso usar o monitor cardíaco no meu exercício físico?

Diferentes esportes e exercícios usam o monitor cardíaco de formas diferentes. Assim, o seu uso é otimizado e o investimento, justificado.

Jogging e caminhada: ao fazer esses exercícios, os praticantes devem procurar pelas zonas-alvo de queima de gordura e aeróbica, afim de obter mais do tempo de exercício.

Corrida e natação: um monitor de frequência cardíaca pode mantê-lo em sua zona alvo de pico nos dias de treinamento intenso, e em sua zona-alvoe aeróbica durante as sessões mais fáceis.

Ciclismo: pode acompanhar durante o treinamento de resistência, ritmo e passeios intervalados, se você pedala em uma estrada, trilha ou em uma bicicleta ergométrica. Alguns modelos oferecem mais feedback por meio de um sensor de cadência ou pedômetro.

Trekking, alpinismo, esqui, snowboard, skate, patins, surfe, parkour: monitor cardíaco é ideal para condicionar de forma mais eficaz para um uso gradual do seu corpo para resistir melhor ao exercício, trabalhando melhor o tempo de prática.

Pessoas que buscam perder peso: monitores ajudam no monitoramento dos exercícios regulares, exibindo as calorias queimadas durante um treino. Muitos monitores podem ajudar a direcionar o seu exercício para queima de gordura máxima.

Reabilitação de lesões: pacientes em recuperação de uma lesão ou uma doença, incluindo um incidente cardíaco, podem se beneficiar do feedback imediato do monitor cardíaco. Os dados fornecidos podem ajudar a garantir o retorno gradual a plena força e resistência, com segurança e constância.

Qual o melhor monitor cardíaco?

A maioria dos modelos, mesmo os mais básicos, fornecem uma taxa média de frequência cardíaca, bem como mais alta e mais baixa frequência. Para escolher o melhor monitor, deve-se então procurar por funções extras, que vão ajudar mais no monitoramento da sua atividade física.

Zonas-alvo: modelos básicos oferecem até 3 zonas-alvo. Modelos avançados têm desde 3 até 6 zonas de alvo. Com a capacidade de diversas zonas-alvo, você pode pré-programar o monitor de frequência cardíaca para uma série de exercícios diferentes, como exercícios de resistência, exercícios aeróbicos, exercícios anaeróbicos, e variações. Se a sua frequência oferece apenas uma única zona alvo aeróbica, você vai precisar para reprogramá-la cada vez que você deseja alterar os parâmetros de exercício.

Relógio esportivo: inclui relógio, alarme, cronômetro de contagem regressiva e calendário.

Cronômetro, volta/lap e tempos parciais: após cada volta ou a cada Km corridos, volta/lap para ver como o seu ritmo mudou todo o seu treino ou corrida. Pode ser usado também para os exercícios intervalados.

Modo de frequência cardíaca de recuperação: controla o tempo que leva o seu coração a voltar ao seu normal, descansando. É um bom indicador da aptidão cardiovascular e especialmente importante se seus exercícios incluem sprints ou intervalos.

Tempo na zona-alvo: Controla o tempo que você gasta se exercitando dentro de sua zona alvo. Algumas zonas e metas exigem mais tempo do que outras.

Contador de calorias: estima as calorias queimadas durante o exercício. Isso pode ser especialmente útil se seus exercícios são parte de um programa de perda de peso.

Monitor de velocidade e distância: calcula a velocidade e mede a distância percorrida em um treino particular. Isso geralmente é feito através de um receptor de GPS e/ou de um pedômetro/acelerômetro.

Interface digital: liga o monitor de frequência cardíaca para seu computador de casa ou smartphone para que você possa baixar as estatísticas de treinamento para análise, compartilhamento e armazenamento. Isso pode ser sem fio ou exigir uma conexão de computador separada.

Pareamento: conecte com o seu smartphone para permitir o controle pelo monitor de funções do telefone, tais como mensagens de texto, música, notificações push, aplicativos de fitness e meios de comunicação social, tudo sem tirar o telefone do bolso.

Instrutor: fornece alertas para níveis de intensidade acima ou abaixo de suas zonas de treinamento escolhidas.

Substituição da bateria:  baterias recarregáveis ​​são preferíveis.

A prova d’água: para esportes aquáticos.

Com o advento das smart bands/fitness bands, pulseiras fitness, e relógios inteligentes, os monitores cardíacos estão cada vez mais completos, com mais funções. Basta escolher quais delas você precisa e começar sua pesquisa.

Está planejando comprar um monitor cardíaco? Qual tipo de monitor cardíaco você está procurando?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.