O gengibre é uma especiaria rica em nutrientes, muito consumida fresca e como pó moído. É comumente usado em fitoterápicos também. O sabor ligeiramente doce, quente e cítrico acrescenta um gosto único a tudo, desde sopas até chá, e está carregado de nutrientes que seu corpo usa para manter a saúde, incluindo a saúde renal. O perfil nutricional de gengibre torna uma excelente adição à sua dieta. Mas será que o gengibre prejudica os rins?

Gengibre prejudica os rins?

Sua dieta geral desempenha um papel vital em mantê-lo saudável e manter seus órgãos, incluindo seus rins, funcionando adequadamente. Uma dieta nutritiva reduz o risco de mau funcionamento renal. Por outro lado, fazer escolhas ruins de alimentos aumenta significativamente o risco de desenvolver doenças renais no futuro Se você tem doença renal, seguir uma dieta nutritiva que suporta a função renal é bem conhecido por ajudar a diminuir a velocidade ou, em alguns casos, até mesmo, o declínio na função renal.

Chá de gengibre faz mal para os rins ou faz bem?

A maioria das pessoas não consegue comer frutas e vegetais suficientes, fazendo com que elas percam alguns benefícios antioxidantes. Incorporar o gengibre em sua dieta é uma maneira simples e conveniente de aumentar a sua ingestão de antioxidante, mas não deve substituir as 5 a 9 porções recomendadas de frutas e vegetais que você precisa a cada dia.

Os antioxidantes no gengibre e outras frutas e vegetais ajudam a neutralizar moléculas instáveis ​​conhecidas como radicais livres. Essas moléculas causam inflamação e danos às células e tecidos, incluindo seus rins, quando a ingestão de antioxidantes é insuficiente. Comer uma dieta muito baixa em antioxidantes aumenta o estresse oxidativo em pacientes com doença renal,. Os pesquisadores concluíram que pode ser útil aumentar sua ingestão antioxidante se você tiver doença renal, uma vez que o estresse oxidativo tem um negativo impacto na função renal. O chá de gengibre e canela, por exemplo, pode ser uma excelente adição para fazer bem aos seus rins.

Gengibre na dieta

Consuma o gengibre com responsabilidade para evitar efeitos colaterais indesejados. (Foto: Diet of Life)

Gengibre ainda eduz a glicose no sangue

Os altos níveis de açúcar no sangue prejudicam os vasos sanguíneos e os órgãos. Seus rins estão particularmente em risco quando a glicose no sangue permanece elevada. Por este motivo, o dano renal é um fator de risco significativo se você tiver diabetes.

O gengibre em pó pode melhorar o controle de açúcar no sangue, Suplementar sua alimentação com o gengibre reduz significativamente o açúcar no sangue em jejum e melhora uma medida do controle de glicemia a longo prazo em pessoas com diabetes do tipo 2, de acordo com os resultados de estudos sobre o uso de gengibre. O gengibre também pode ajudar a reduzir o risco de complicações do diabetes, como danos aos rins.

Porém, o gengibre sozinho não faz milagres, e nem deve ser consumido em excesso. A dosagem recomendada é de 250 mg a 1 g, consumidos 3 a 4 vezes por dia. É recomendado conversar com seu médico antes do consumo do gengibre, principalmente se você tiver uma condição de saúde como diabetes ou função renal debilitada.

Como vocês consomem o gengibre no dia a dia? Quais maneiras usam para consumir o gengibre? Compartilhem conosco sua experiência no consumo do gengibre para que mais pessoas aprendam sobre essa planta cheia de nutrientes benéficos!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.