Algumas mudanças de estilo de vida valem a pena tentar antes de recorrer a medicamentos para controlar o refluxo. Se você está soando um pouco rouco e com dor de garganta, você pode se preparar para um resfriado ou um ataque de gripe. Mas se você teve esses sintomas por um tempo, eles podem ser causados ​​não por um vírus, mas por uma válvula: seu esfíncter esofágico inferior. Esse é o músculo que controla a passagem entre o esôfago e o estômago, e quando ele não fecha completamente, o ácido do estômago e os alimentos retornam ao esôfago. O termo médico para este processo é o refluxo gastroesofágico, e o fluxo ascendente de ácido é chamado refluxo ácido.

O refluxo ácido pode causar dor de garganta e rouquidão e pode literalmente deixar um mau gosto na boca. Quando o refluxo ácido produz sintomas crônicos, é conhecido como doença de refluxo gastroesofágico, ou DRGE. Cerca de 5% a 10% das pessoas com DRGE apresentam dor de estomago na parte superior do abdômen que muitas vezes é confundida com um ataque cardíaco. Se você já teve episódios repetidos de azia ou outros sintomas de refluxo ácido, você pode tentar o seguinte para evitar o refluxo.

Como evitar o refluxo: comendo devagar

Quando o estômago está muito cheio, pode haver mais refluxo no esôfago. Se isso se encaixar em sua agenda, você pode tentar comer pequenas refeições mais frequentemente, o que é melhor do que três grandes refeições diariamente. Isso vai reduzir as chances de refluxo.

Como melhorar refluxo evitando certos alimentos?

Há alguns alimentos que são mais prováveis ​​do que outros para desencadear refluxo, incluindo hortelã, alimentos gordurosos, alimentos picantes, tomates, cebolas, alho, café, chá, chocolate e álcool. Se você comer algum desses alimentos com regularidade, você pode tentar eliminá-los para ver se isso melhora o controle de seu refluxo. Tente depois adicioná-los novamente, um a um para descobrir qual deles é responsável pelo seu refluxo.

Prevenção do refluxo

O refluxo pode ser prevenido com facilidade, basta seguir as dicas certas para resolver o problema. (Foto: Superdrug)

Evite a crise de refluxo tirando bebidas carbonatadas da dieta

Bebidas carbonatadas, tais como refrigerantes, fazem você arrotar, o que que envia ácido para o esôfago. Beba água pura em vez de água com gás, uma vez que a água com gás também pode provocar arrotos e consequentemente, o refluxo.

Evite o refluxo ficando em pé após comer

Quando você está parado ou mesmo sentado, a gravidade ajuda sozinha a manter o ácido no estômago, onde ela deve mesmo ficar. Pare de comer três horas antes de ir para a cama. Isso significa que você não deve tirar sonecas após o almoço, e não deve fazer lanches tardios ou à meia noite.

Evite o refluxo não se movendo muito rápido

Evite exercícios vigorosos por algumas horas depois de comer. Um passeio após o jantar é bom, mas um treino mais árduo, especialmente se envolve curvar-se, pode enviar ácido para o esôfago. Tome esse cuidado e faça de tudo para movimentar-se mais lentamente após a alimentação.

Durma inclinado para evitar o refluxo

Idealmente, sua cabeça deve estar 15 cm a 20 cm mais alta do que seus pés. Você pode conseguir isso usando alguns suportes mais altos nas pernas que suportam a cabeceira da sua cama. Se o seu parceiro dormindo se opõe a essa mudança, tente usar um suporte de espuma para a parte superior do corpo. Não tente criar um suporte empilhando travesseiros. Eles não fornecerão o suporte uniforme que você precisa.

Perder peso e parar de fumar ajudam a evitar a crise de refluxo

O aumento do peso aumenta a estrutura muscular que suporta o esfíncter esofágico inferior, diminuindo a pressão que mantém o esfíncter fechado. Isso leva a refluxo e azia. No caso de fumantes, a nicotina pode relaxar o esfíncter esofágico inferior. Então, é bom lembrar sempre que hábitos saudáveis vão naturalmente ajudar a evitar o refluxo.

Verifique seus medicamentos

Alguns medicamentos, incluindo estrogênio pós-menopausa, antidepressivos tricíclicos e analgésicos anti-inflamatórios, podem relaxar o esfíncter, enquanto outros que são utilizados para aumentar a densidade óssea podem irritar o esôfago.

Se estas etapas não forem eficazes ou se você tiver dor ou dificuldade em engolir, consulte seu médico para descartar outras causas. Você também pode precisar de medicação para controlar o refluxo, mesmo quando você persegue mudanças de estilo de vida.

Como vocês evitam o refluxo? Quais soluções funcionam melhor para vocês?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.