O alecrim tem uma história interessante: rezadeiras medievais polvilhavam esta erva em sepulturas como um sinal de respeito pelos mortos. Os curandeiros tradicionais utilizavam o alecrim para o rejuvenescimento e no tratamento da gota. Pesquisadores modernos ainda tem de fornecer mais pesquisas e resultados comprovando a eficiência da planta medicinal, mas outras aplicações médicas têm aparecido. O alecrim, no entanto, também pode causar efeitos colaterais e deve ser tomado medicinalmente somente com a devida supervisão médica.

Melhoras para a memória

Na Grécia antiga, os alunos usavam coroas de alecrim para melhorar seu desempenho nos exames. Os cientistas encontraram evidências de que essa ideia pode realmente funcionar, com um possível impacto do aroma de alecrim sobre o desempenho cognitivo. O alecrim ajuda na retenção da aprendizagem, mas reduz a velocidade de processamento. Este último efeito pode limitar a utilidade da erva para a memória.

Redução na infecção

Crianças continuam a ser particularmente susceptíveis a infecções fúngicas tais como as causadas pelo fungo cândida. Existem medicamentos eficazes para estas infecções, mas esses medicamentos podem causar efeitos indesejados sobre um corpo em desenvolvimento. Extratos de ervas podem oferecer suporte para os tratamentos convencionais. Foi verificado em pesquisas que a adição do extrato de alecrim foi capaz de matar os esporos de cândida, mas mais pesquisas são necessárias para garantir sua eficiência.

Combate ao câncer

Câncer tornou-se uma das principais causas de morte, apesar dos avanços médicos. A quimioterapia e medicamentos permanecem eficazes, mas estes tratamentos são caros e prejudiciais. No futuro, as substâncias naturais podem oferecer uma abordagem alternativa. O efeito do alecrim em células cancerígenas humanas leva a crer que a erva natural é capaz de inibir a proliferação de células cancerosas e também destruí-las. A erva apresentou baixa toxicidade, mas a exposição a longo prazo pode ter efeitos diferentes. Isso não significa que o alecrim anula os benefícios da quimioterapia, mas pode ser um bom elemento a ser usado em conjunto para menos efeitos colaterais e maior eficiência no combate ao câncer.

Usos para o alecrim

O alecrim tem um cheiro delicioso, incrementando tanto receitas quanto sua saúde. (Foto: www.mountainvalleygrowers.com)

Protege as células

A doença de Parkinson afeta cerca de 1,3 por cento da população. A causa subjacente a esta condição permanece desconhecida, mas envolve células produtoras de dopamina nas profundezas do cérebro. Estas células se degradam com o trauma ou a idade, causando movimentos corporais indesejados. A capacidade do alecrim para proteger as células produtoras de dopamina é sugerida no resultado de pesquisas, levando a crer que pode ter efeitos positivos neste aspecto. Os cientistas devem recolher mais dados antes que os médicos possam recomendar alecrim para prevenir ou tratar os sintomas parkinsonianos, inclusive outras doenças degenerativas relacionadas à idade, mas os primeiros resultados são positivos.

Saúde digestiva

Tradicionalmente, alecrim é usado para acalmar desconforto digestivo e indigestão, considerado por especialistas como um tratamento à base de plantas seguro e eficaz para a dispepsia (indigestão). O alecrim é eficiente para tratar problemas digestivos espasmódicos, como gases e distúrbios da vesícula biliar.

Saúde capilar

Óleo de alecrim tem sido amplamente utilizado para ajudar no crescimento do cabelo e prevenir alopecia. O chá de alecrim também pode ser usado como uma lavagem para ajudar a saúde do couro cabeludo e o crescimento dos cabelos. Misture 30 g alecrim seco em um litro de água durante a noite para usar na lavagem pós-shampoo para estimular o crescimento do cabelo. Chá de alecrim também pode ser misturado com bórax (borato de sódio) e utilizado como uma solução anticaspa natural.

Calorias, gorduras, fibras, minerais e vitaminas do Alecrim

Uma colher de chá de alecrim seco contém 4 calorias e uma quantidade insignificante de gordura. Uma colher de chá de alecrim seco contém 0,5 gramas de fibra, o que não parece muito, mas é de 2 por cento dos 25 gramas que as mulheres precisam a cada dia e 1 por cento da dose diária de 38 gramas recomendada aos homens. Uma colher de chá de alecrim fresco contém 0,1 gramas de fibra.

Uma porção de 1 colher de chá de alecrim seco proporciona 0,35 miligrama de ferro, um nutriente que ajuda na produção de energia. Esse montante é de 4 por cento das 8 miligramas da dose diária para homens e 2 por cento dos 18 miligramas da dose diária para mulheres. O alecrim ainda contém traços de vitaminas A e C, importantes no combate do desgaste das células.

Incorporando o Alecrim em sua dieta

Alecrim fresco é mais saboroso do que as versões secas. Polvilhe a erva sobre batatas e asse-as como faria normalmente, ou espalhe alecrim sobre um bife ou carne de porco grelhado pouco antes de comê-lo. O Alecrim dá um ótimo sabor ao cordeiro e peixes. O sabor do alecrim também combina bem com ovos mexidos e molho de macarrão. E lógico, você também pode esquentar um pouco de água e deixar o alecrim de molho para um excelente chá, que pode ser bebido quente ou refrigerado.

Precauções e advertências

Enquanto o uso de ervas para tratar queixas comuns tem longas raízes históricas, é melhor discutir o uso ervas terapêuticas com o seu médico ou outro profissional de saúde qualificado. O Alecrim deve ser evitado durante a gravidez, pelo menos em grandes quantidades, devido às suas propriedades de estimulação uterina. Seu uso como uma especiaria é considerado seguro para todos, mas grandes doses de alecrim podem causar vômitos, espasmos, coma ou líquido nos pulmões. O Alecrim pode interagir com alguns medicamentos como diluentes de sangue, inibidores da ECA, diuréticos e lítio. Sempre consulte seu médico antes de usar quaisquer ervas.

Como você inclui o alecrim na sua dieta?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.

2 comentários para “Chá de Alecrim e propriedades medicinais!”

  1. Dilton Leal Dima

    A foto acima está parecendo ser de alfazema e não alecrim

    • Equipe Saúde Melhor

      Oi Dilton,
      É a flor do Alecrim. De longe realmente se parecem.