Hoje vamos falar de um assunto muito conhecido pelas mulheres, a Menopausa ou Climatério. Consiste em uma fase biológica da vida da mulher, onde existe uma transição do período reprodutivo para o não reprodutivo.

É importante salientar que a menopausa é algo natural na vida da mulher, mas esta fase é caracterizada por irregularidades menstruais. O climatério é quando acontece parada total da menstruação.

Neste processo de mudança do corpo da mulher, é possível observar diversos tipos de alterações como: mau humor, disfunções sexuais, depressão, ondas de calor, formigamentos. Todos os sintomas são resultados da diminuição na produção de hormônios, em especial o principal hormônio feminino que é o estrogênio.

Apesar de não poder ser considerada como uma doença, alguns cuidados podem ser tomados para minimizar os sintomas da menopausa. A chave para essa diminuição está na alimentação.

Confira a seguir uma receita de chá caseiro, além de dicas de alimentos que auxiliam a amenizar os efeitos da menopausa.

Ingredientes:

  • 1 punhado de folhas de amora
  • 1 punhado de anis estrelado
  • 1 punhado de melissa
  • 1 punhado de alecrim
  • 1 litro de água mineral

Modo de Preparo:

  • Primeiro você deve colocar a água mineral para ferver, assim que a água estiver fervendo, apague o fogo e acrescente as ervas. Tampe a panela ou caneco, enfim, o recipiente que tenha feito o chá e aguarde 15 minutos.

Quantidade:

  • É importante tomar o chá pelo menos 2 vezes ao dia, mas o ideal é que se tome 4 vezes ao dia para possibilitar um efeito ainda mais favorável.
Chá caseiro para menopausa

Como minimizar os efeitos da menopausa?

Agora que aprendeu a fazer o chá, que por sinal é bem simples, vamos passar dicas de alimentos com componentes que podem te auxiliar a minimizar os sintomas da menopausa. É Importante garantir uma alimentação bem saudável. Confira!

Vitamina E – Encontrada em sementes e óleos vegetais. Responsável por diminuir as ondas de calor.

Vitamina B6 – Encontrada em cereais integrais, ovos e grãos. Tem papel importante na formação de neurotransmissores que auxiliam na melhoria do bem estar.

Vitamina C – Encontrada em frutas cítricas. Muito importante para síntese de hormônios ovarianos.

Ácido Fólico – Encontrado em vegetais verdes escuros. Auxilia na reposição de DNA e na diminuição do risco de câncer de mama.

Magnésio – Encontrado em cereais integrais, grãos, beterraba e semente oleaginosas. Permite a manutenção do bom humor, do relaxamento muscular e da formação de neurotransmissores.

Cálcio – Encontrado em vegetais verdes, leites e derivados. Essencial para garantir a massa óssea e contração muscular eficiente.

Vitamina D3 – Encontrada em óleos vegetais. Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico, além de melhorar a absorção de cálcio.

Selênio – Encontrado em castanha do Pará. Tem efeito antioxidante, permitindo o fortalecimento das funções cerebrais.

Ômega 3 – Encontrado em linhaça e peixes de água fria. Tem capacidade de melhorar as funções cerebrais, impulsos nervosos, e regulação da ação insulínica – glicose, diminuição do colesterol ruim e melhoria da fluidez sanguínea.

Proteínas de alto valor biológico – Encontradas em ovos e carne bovina. Evita o enfraquecimento e/ou diminuição da massa muscular.

Zinco – Encontrado em frutos do mar e peixes em geral. Componente fundamental para a síntese de hormônios, além de permitir melhoria das funções ovarianas e funções estrogênicas.

Chegando ao final pessoal. Esperamos ter oferecido muita informação interessante e boas dicas de alimentação. Vale lembrar que tanto o chá quanto os alimentos, devem ser ingeridos com freqüência, pois os efeitos só podem ser alcançados com consumo constante.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.