Apesar de banhos de gelo serem bem populares entre os atletas, os cientistas ainda não têm certeza se eles são úteis ou seguros. Em um estudo já publicado, profissionais da área revisaram os estudos sobre os efeitos imediatos do banho frio ou gelado sobre a recuperação física. Como o longo prazo e possíveis efeitos colaterais negativos não foram devidamente avaliados, o estudo não pode comentá-los, mesmo que este impacto possa ser de suma importância. Reunimos os dados mais importantes da análise dos estudos abaixo.

O estresse metabólico dos trenos duros

Um treino duro requer um monte de produção de energia e gera calor, o que leva a um aumento de espécies reativas de oxigênio (ROS). ROS são substâncias químicas altamente reativas que podem destruir as proteínas e lipídios. Elas danificam as membranas celulares e o acoplamento entre as células nervosas e fibras musculares. Este último faz as contrações mais difíceis e menos eficientes, enquanto que o primeiro faz com que a fibra muscular se torne mais permeável à água e, portanto, conduza a uma edema da célula. Edema comprime vasos capilares e faz com que seja mais difícil para entregar oxigênio corretamente e levar os resíduos para longe. Ele também faz você se sentir dolorido..

Para reparar as fibras musculares danificadas e para levar os detritos para longe, seu corpo começa uma reação inflamatória. Mesmo que você não possa se recuperar sem ela, muitas vezes é muito forte e pode levar a danos maiores.

O estresse mecânico dos treinos duros

Exercício intenso ou aquelas rotinas com as quais você está desacostumado também pode levar ao estresse mecânico, especialmente quando as contrações musculares são excêntricas (contração enquanto o músculo está se alongando, como por exemplo, o músculo quadríceps faz quando você desce as escadas). Isso atrapalha as membranas, o que interfere com as contrações, faz das células mais permeáveis ​​e leva ao edema. Microtrauma pode levar a espasmos musculares.

Aqui, novamente, você precisa de uma reação inflamatória para reparar os músculos, mas pode começar criando mais danos.

Como um banho gelado ou frio poderia ajudá-lo?

Após o exercício, os músculos têm um aumento na demanda de energia, na tentativa de se reparar e substituir as reservas de energia. O esfriamento causado pelo banho gelado ou frio vai abrandar o seu metabolismo e, portanto, gerar menos ROS. Isto faz diminuir a reação inflamatória e o espasmo muscular e, uma vez que reduz o fluxo de sangue, também limita o edema.

Benefícios ilusórios do banho gelado

Salvo em casos extremos de dores e alguns problemas de saúde, o que os especialistas dizem é que o banho gelado pode trazer poucos benefícios para sua saúde. (Foto: www.mensjournal.com)

Porém, um banho frio ou gelado não pode fazer nada sobre os efeitos do estresse mecânico e ruptura das fibras musculares, mas como a dor muscular é muitas vezes devido a uma combinação de estresse mecânico e metabólico, pode até ajudar. Quão útil é, portanto, vai depender do tipo de exercício que você fez.

O gelo em si tem um efeito analgésico, mas isso pode ser confuso, uma vez que seus músculos podem não ter se recuperado ainda que a dor tenha desaparecido.

Possíveis efeitos a longo prazo dos banhos gelados ou frios

ROS são essenciais para permitir que seu corpo aumente seu mecanismo de defesa anti-oxidante. Um mecanismo de defesa mais forte lhe permitirá suportar mais a produção de ROS durante a sua próxima rotina de treinamento. Destruir todos eles é, portanto, prejudicial. Seu corpo tem que aprender a regulá-los, e isso é parte do efeito do treinamento de um treino.

Sem uma reação inflamatória eficaz, você não pode reparar corretamente seus músculos. Você precisa disso para substituir as fibras musculares mortas e danificadas por outras mais fortes, se tornando um melhor atleta no processo.

Até onde foi nossa pesquisa (lembrando que não somos profissionais da área de saúde/esportes), não há estudos examinando os efeitos a longo prazo de banhos gelados ou frios, mas cientistas do esporte estão preocupados com o fato de que ter uma grande frequência dos banhos pode reduzir os benefícios que você recebe do seu treinamento árduo. O conselho habitual é, portanto, apenas usar um banho frio ou gelado se você estiver participando de eventos esportivos que duram mais de um dia ou se você tem vários eventos esportivos marcados em sequência que não possibilitam sua rápida recuperação. Vale também um banho frio após um treino que tenha te deixado muito dolorido, mas só quando as dores te impedem de fazer atividades normais do dia a dia.

Os perigos dos banhos gelados ou frios

Mesmo se você é um atleta muito bem preparado, tomar um banho frio ou geladoé um choque para o seu corpo. Você pode hiperventilar, desmaiar ou desenvolver distúrbios do ritmo do coração. Por enquanto, ainda não existem estudos que se debruçaram sobre este problema e, portanto, não sabemos se é um risco real. Pior, como não está claro o quão úteis banhos gelados ou frios realmente são, não sabemos qual a relação do risco/benefício. Fica sempre a dica: siga as dicas dos profissionais de saúde que te acompanham, seu treinador e nunca desobedeça seu médico.

O que vocês acham sobre os banhos frios ou gelados? Conhecem mais pesquisas sobre os efeitos? Compartilhe nos comentários o seu conhecimento!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.