Quando se pratica uma atividade física com alta intensidade, é necessário oferecer ao organismo um tempo de repouso, tempo este que é fundamental para que ocorram as mudanças fisiológicas nas estruturas musculares.

Durante a recuperação acontece a reparação das microlesões provocadas durante os estímulos nas sessões de treino. Esta recuperação faz com que o organismo recupere para mais, ou seja, uma condição superior a anterior.

Após um treino intenso, os especialistas indicam que a recuperação aconteça entre 48 e 72 horas. Uma boa alimentação e hidratação correta também entram nas condições que favorecem esta recuperação ideal.

Na continuação de nosso artigo vamos te informar sobre as 4 melhores dicas para promover uma recuperação impecável. Leia com bastante atenção e observe a importância de realizá-los em conjunto.

Uma boa qualidade de sono

O sono é fase mais importante da recuperação do nosso organismo. Dormir muito não significa que você esteja dormindo com qualidade, é importante dormir na hora certa e em um ambiente que propicie um sono tranquilo.

A nossa dica é que você busque dormir em ambientes agradáveis onde não haja barulho ou pouquíssima claridade. Alguns estudos apontam que as luzes de led dos aparelhos domésticos já interferem bastante na qualidade do sono.

Tomar um bom banho gelado

O banho gelado não é algo muito agradável, mas é uma excelente dica para deixar a musculatura relaxada após a sessão de treino. Alguns estudos afirmam que o banho gelado após a sessão ajuda na redução das dores musculares que sentimos no dia seguinte ao treino.

Quanto maior for à quantidade de água liberada pelo chuveiro melhor. Com um bom jato, seu corpo irá recebê-lo de uma forma a propiciar um melhor relaxamento psicológico do músculo.

Massagens para uma melhor recuperação

Como fazer uma recuperação muscular melhor

Dicas para recuperação muscular

A massagem é sem dúvidas uma das melhores formas de reduzir tensão corporal. Além de ser relaxante e prazerosa, a massagem auxilia na recuperação eficiente da musculatura após treinos de alta intensidade.

Infelizmente esta não é uma opção acessível a todas as pessoas, seja por falta de opção ou mesmo pelo custo elevado das sessões, mas é sem dúvida uma excelente opção para quem puder.

Alimentos com funções antiinflamatórias

Há muitos anos já conhecemos o poder dos alimentos com finalidades medicinais ou terapêuticas. O salmão, o atum ou a anchova são alimentos que contam em sua composição com um altíssimo teor de ômega-3 que possui propriedades antiinflamatórias

O que mais interfere no consumo de tais alimentos é o preço elevado. Isso acaba impossibilitando que grande parte da população brasileira tenha condições de contar com tais alimentos em sua alimentação.

Existem outros alimentos que tem essa capacidade, mas em menor efetividade do que os citados acima.  São eles: morangos, oleaginosas, blueberries, raspberries, quinoa, abacate e avocado. Estes são dicas de alimentos antiinflamatórios que não possuem um valor de mercado tão alto.

É importante alertar que não são apenas estes os alimentos que devem ser consumidos, mas estes são os que mais ajudam na recuperação muscular. Contar com estes alimentos em maior proporção será de fundamental importância para a sua saúde e permitirá um aumento do desempenho dos treinamentos.

Considerações Finais

Sem duvidas, a recuperação muscular bem realizada será uma das chaves para o sucesso na busca de seu objetivo. O corpo precisa de estímulos cada vez mais elevados. De acordo com que seu treino for evoluindo, sua recuperação muscular deverá ser ainda mais eficiente.

Outra dica importante é buscar a orientação de profissionais de qualidade. Neste caso indicamos tanto um bom profissional de nutrição, quanto um bom educador físico, ambos saberão como te orientar de maneira correta e eficaz.

Nunca se esqueça que se informar é sempre a melhor saída. Seja curioso, pergunte, pesquise, informe-se e lembre-se, conhecimento nunca é demais! Para finalizar lembramos que antes de iniciar qualquer atividade física você deve consultar seu médico. Prevenir é sempre melhor que remediar, pense nisso!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.