A depressão é um dos maiores males do mundo moderno. E muitos de seus sintomas são muito difíceis de serem identificados, por parecerem naturais e parte de sua personalidade e cotidiano. Apesar da complexidade da doença, alguns comportamentos podem ser facilmente identificados como depressivos.

Você está mais confiante e sem medo

Pessoas lidam com a depressão por agir de maneira oposta à forma como eles se sentem (chamado “escapismo”). Envolvem-se em atividades temerárias, seja a aquisição de uma empresa rival ou deixar o emprego para abrir um restaurante. Você se sente invencível, mas na verdade está um lixo. Uma das principais causas de depressões nasce de um sentimento de se sentir fora de controle ou desamparado. As pessoas detestam este sentimento e lutam como loucos para negá-lo através da ação. Mas isso, em última análise, não vai funcionar.

Você passa a beber mais do que o normal

O consumo de álcool é a tática mais comum que as pessoas usam para auto-medicar a dor emocional. O problema com essa estratégia é que, quando você finalmente reconhecer a dor que te leva a beber, você vai ter dois distúrbios para enfrentar, em vez de um.

Você está obcecado em levar pessoas para a cama

Se você achar que você negociou a monogamia serial para seduzir qualquer parceiro que pode ter, há uma boa chance de que você está tentando manter a depressão longe. Sexo é bom, todo mundo gosta. Mas ficar obsessivo com isso mostra um sinal claro que alguma coisa está errada.

Solidão e depressão

A sensação de solidão é um sintoma mais óbvio da depressão, mas quando associada com outras emoções, pode ser difícil de ser identificada. (Foto: www.knowledgebase-script.com)

Conflitos rapidamente se transformam em brigas

Uma maneira comum, mas extremamente burra para o sentimento de desamparo maçante provocado pela depressão é mostrar às pessoas que você não bode expiatório de ninguém. Foi cortado na rua por um motoqueiro? Acelere e feche ele na próxima esquina. Tem uma ideia derrubada em uma sessão de brainstorming? Passe a tratar quem destruiu sua ideia como um inimigo mortal. Se você tiver sorte, talvez você vai ter contusões suficiente para distraí-lo de sua dor emocional.

Você não sente nada

Ao invés de ficar triste, muitas pessoas optam por renunciar os sentimentos completamente. Mas algumas pessoas acabam ficando presos no neutro, condenando-os a viver a mesma dor novamente e novamente. Pior, esta abordagem “zumbi” cria ansiedade em pessoas à sua volta e afasta aqueles que se importam com você.

Você não pode parar a socialização

Imergir-se em atividades de grupo parece saudável e para muitas pessoas é. No entanto, se o único objetivo é mantê-lo longe de lutar com seus pensamentos e sentimentos, ter um calendário social cheio não é a resposta (e você provavelmente não vai ser toda a diversão para suas companhias, de qualquer maneira). É importante se renovar e se recuperar antes de começar novos investimentos sociais.

Você não consegue se concentrar

Todo mundo sofre de pensamentos dispersos de vez em quando. Aqueles que estão deprimidos, mas que possuem muito controle para atuar de forma imprudente podem fazê-lo na fantasia. Mas como distinguir um devaneio saudável daqueles potencialmente perigosos? Sonhos saudáveis ​​envolvem mudanças em sua vida que você pode realizar em alguns passos. Os não saudáveis são aqueles que querem transformar sua vida em um caos total.

Você tem problemas em aceitar elogios ou boa vontade

Se você está ignorando gestos favoráveis ​​ou calor interpessoal simples, as chances são de que você não está apenas descontente. Você está deprimido. Isso vem de um medo, um receio de que a pessoa na qual você confia hoje pode te trair em breve.

Válvulas de escape da depressão

A bebida é uma forma da pessoa escapar da depressão e pela euforia por ela causada, mascara os efeitos da doença em nossa pessoa. (Foto: pontovedevitor.blogspot.com)

Você trabalhar mais duro, mas não de forma mais inteligente

Quando as pessoas estão deprimidas, elas têm dificuldade para enxergar novas soluções para os seus problemas. Em vez disso, elas fazem mais do mesmo. O exemplo clássico é tentar forçar o seu caminho para a felicidade: se você já faz algumas horas por semana na academia, gastar mais 30 minutos todos os dias pode brevemente levantar o seu espírito. Mas esse alívio é efêmero. Quando se dissipar, saia da esteira e chegue à raiz do que está incomodando.

Você ri e chora em momentos que não pedem por isso

Na psiquiatria, o conceito de “afeto inadequado” refere-se ao comportamento que é emocionalmente fora de sincronia com o estímulo que lhe deu origem. As pessoas que estão deprimidas, mas não sabem disso exibem uma variante única deste problema: eles reagem exageradamente à tristeza insignificante, e ignoram más notícias de maior porte. Este sabor de depressão, que provoca uma falta grosseira de sentimentos adequados, pode realmente fazer você se sentir fora de controle. O que é necessário para mudar uma pessoa é mudar sua consciência de si mesmo.

Perceba melhor suas ações, atitudes e sentimentos para descobrir o que sente, por que você sente e como você sente. Vá a um psicólogo, consulte um psiquiatra para esclarecer suas dúvidas e, a partir daí, saber o que realmente está acontecendo com você para iniciar um tratamento de choque contra seus problemas.

Você vai se surpreender com a forma como você vai se sentir aliviado quando você passar a fazer isso e descobrir como e por que certos sentimentos aparecem.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.