Você está se sentindo melhor e acha que está pronto para parar de tomar seu antidepressivo? Pode parecer que você não precisa mais da medicação, mas, na maioria dos casos, está contribuindo para piorar seus problemas. É por isso que é importante que você fique com o tratamento prescrito pelo seu médico. Se você acha que está pronto para parar de tomar um antidepressivo, peça ao seu médico para criar um plano de ação que ajude seu corpo a se adaptar lentamente a ficar sem o remédio.

Parar antidepressivo de repente: errado e perigoso!

Os antidepressivos ajudam a equilibrar os produtos químicos do cérebro chamados neurotransmissores. Esses produtos químicos do cérebro afetam seu humor e emoções. Um desequilíbrio pode causar uma depressão maior ou distúrbios de ansiedade. Os antidepressivos corrigem esse desequilíbrio, mas podem levar quatro semanas ou mais para obter o máximo efeito.

Se você sentir que deve parar seu remédio por causa de efeitos colaterais incômodos, lembre-se de que encontrar o tratamento certo pode ser exigir algumas tentativas e ajustes. Não pare de tomar o medicamento até falar com o seu médico. Pode parecer que você não precisa mais da medicação, mas se você parar de tomar, o remédio deixará seu corpo e seus sintomas podem retornar. Parar sem consultar o seu médico pode ser fatal. O suicídio é uma preocupação séria nesses casos. Também pode desencadear sintomas de abstinência e recaída de sua depressão. Se você parar de tomar o antidepressivo e voltar novamente, pode levar semanas para que a droga reequilibre seu humor.

Efeitos colaterais antidepressivos

Os efeitos colaterais do desmame de antidepressivos podem ser pesados e devem ser cuidados em conjunto ao seu médico para evitar problemas. (Foto: Her Campus)

Parar de tomar antidepressivo por conta própria: os efeitos colaterais

Parar de tomar antidepressivos de uma hora para a outra pode causar sintomas de abstinência. Parar o seu medicamento também pode piorar a sua depressão. Alguns dos sintomas colaterais de parar o antidepressivo sem o desmame apropriado acompanhado pelo médico são:

Você fica doente

A síndrome de descontinuação de antidepressivos, também chamada de abstinência antidepressiva, ocorre quando uma pessoa interrompe abruptamente a medicação antidepressiva. Muitas pessoas que experimentam a abstinência de antidepressivos sentem que tem gripe ou um problema de estômago. Eles também podem experimentar pensamentos ou alucinações perturbadoras.

Você retrocede no seu tratamento

A interrupção da medicação pode retroceder o seu plano de tratamento, aumentando o tempo necessário para se sentir melhor ou pode realmente fazer seus sintomas piorarem.

Você contempla o suicídio

Não ser devidamente tratado pode aumentar seu risco de pensamentos suicidas. Também aumenta o risco de você agir sobre esses pensamentos. O problema de saúde mais comum relacionado ao suicídio é a depressão, e a abstinência do antidepressivo pode agravar o problema..

Outros sintomas pioram

Parar um antidepressivo pode piorar outros sintomas associados à sua depressão, como dores de cabeça, dores ou insônia. Além disso, a depressão não tratada pode tornar mais difícil para você gerenciar outros problemas de saúde.

Outros sintomas da retirada do antidepressivos incluem:

  • Ansiedade
  • Fadiga
  • Pesadelos
  • Dificuldade em dormir
  • Depressão e mudanças de humor
  • Náusea
  • Vômito
  • Diarreia
  • Cólica abdominal
  • Sintomas como os da gripe
  • Dor de cabeça
  • Sudorese

Antidepressivos e gravidez

Se você acabou de descobrir que você está grávida? Não pare de tomar a sua medicação antidepressiva. As mulheres grávidas que trataram problemas de saúde psiquiátricos não tratados ou mal tratados, incluindo a depressão, podem ser menos propensas a se cuidarem sozinhas durante a gravidez. Deixe o médico que está tratando sua depressão saber que você está grávida. E, claro, deixe o médico que está gerenciando sua gravidez saber que você está deprimida e está tomando medicação. Juntos, você pode tomar decisões sobre como tratar melhor sua depressão durante a gravidez.

Você pode ter que tomar antidepressivos a vida toda: converse com seu médico

Algumas pessoas com depressão permanecem em sua medicação indefinidamente. Outros são capazes de parar após um período de semanas ou meses. A melhor maneira de parar de tomar o seu antidepressivo é diminuir lentamente a medicação sob a supervisão de um médico. Isso envolve a redução lenta da dose de medicação até que você esteja completamente fora dela. Fale com o seu médico sobre como incorporar as seguintes mudanças de estilo de vida para melhorar sua saúde geral, diminuir os sintomas da depressão e evitar que ela se repita:

Exercícios

Meditação

Dormir bastante

Não abusar de álcool e drogas

Comendo refeições saudáveis ​​e equilibradas

Reduzindo o estresse

Não há duas pessoas que respondam a retirada dos antidepressivos da mesma maneira. Os médicos não têm como saber quem terá sintomas de abstinência e quem não os terão. Fale com o seu médico e não brinque com sua saúde e bem estar.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.