Certamente você já ouviu alguém dizendo que está fora do seu peso ideal, ou que seu peso está fora dos padrões para sua altura. Neste artigo vamos explicar detalhadamente como funciona essa relação de peso e altura, e como você poderá calcular e classificar o seu resultado.

Você se encontra no peso ideal? A primeira coisa que vamos destacar é que este peso ideal varia de pessoa para pessoa e mesmo após a classificação apontar o resultado, muitas pessoas não se sentem satisfeitas com seu peso, alguns querem perder uns quilinhos, outros já querem ganhar uns quilinhos, mas como saber o que é bom?

Para deixar bem claro, hoje vamos explicar como funciona a classificação visando à manutenção da saúde e qualidade de vida do ser humano. Os profissionais da saúde utilizam de uma conta simples para definir o seu Índice de Massa Corporal (IMC), após a obtenção do resultado, eles podem realizar uma breve análise, podendo então confirmar ou não a existência de riscos a saúde devido ao excesso de peso ou até mesmo peso muito abaixo do ideal.

A classificação através do IMC foi adotada pela Organização Mundial de Saúde para medir a obesidade. A existência de sobrepeso ou obesidade indicado pelo IMC são considerados fatores de ricos para doenças como, por exemplo, hipertensão ou diabetes.

Como calcular o IMC?

O que é IMC?

Como calcular o seu IMC?

A fórmula é bem simples, o cálculo do IMC deve ser feito dividindo o peso (em kg) pela sua altura (em metros) ao quadrado. Veja no exemplo abaixo:

Se o indivíduo pesa 80 kg e a sua altura é 1,80 m, calculamos o seu IMC da seguinte maneira.

IMC = 80 ÷ 1,80² (Primeiro obtenha o resultado da altura ao quadrado)

IMC = 80 ÷ 3,24 (Agora realize a divisão)

IMC = 24,69 (Este é o resultado)

Após conseguir o IMC que no exemplo citado foi 24,69, você deve analisar a tabela de classificação e encaixar o seu resultado. No nosso exemplo o indivíduo está classificado como peso normal.

Confira a tabela de classificação de IMC a seguir:

  • Abaixo de 17 – Muito abaixo do peso
  • Entre 17 e 18,49 – Abaixo do peso
  • Entre 18,5 e 24,99 – Peso normal
  • Entre 25 e 29,99 – Acima do peso
  • Entre 30 e 34,99 – Obesidade I
  • Entre 35 e 39,99 – Obesidade II (Severa)
  • Acima de 40 – Obesidade III (Mórbida)

Deu pra perceber que tanto a conta quanto a classificação é bem simples não é mesmo? É importante salientar que não existem tabelas diferentes para os adultos, tanto os homens quanto as mulheres devem utilizar esta tabela de classificação. Já no caso de crianças e adolescentes, a classificação varia de idade para idade e de sexo para sexo, sendo assim, observe as tabelas a seguir:

IMC Infantil para meninos!

IDADE             NORMAL                        SOBREPESO                 OBESIDADE

6                      14,5                            mais de 16,6               mais de 18,0

7                      15                               mais de 17,3               mais de 19,1

8                      15,6                            mais de 16,7               mais de 20,3

9                      16,1                            mais de 18,8               mais de 21,4

10                    16,7                            mais de 19,6               mais de 22,5

11                    17,2                            mais de 20,3               mais de 23,7

12                    17,8                            mais de 21,1               mais de 24,8

13                    18,5                            mais de 21,9               mais de 25,9

14                    19,2                            mais de 22,7               mais de 26,9

15                    19,9                            mais de 23,6               mais de 27,7

IMC Infantil para meninas!

IDADE             NORMAL                        SOBREPESO                 OBESIDADE

6                      14,3                            mais de 16,1               mais de 17,4

7                      14,9                            mais de 17,1               mais de 18,9

8                      15,6                            mais de 18,1               mais de 20,3

9                      16,3                            mais de 19,1               mais de 21,7

10                    17                               mais de 20,1               mais de 23,2

11                    17,6                            mais de 21,1               mais de 24,5

12                    18,3                            mais de 22,1               mais de 25,9

13                    18,9                            mais de 23                  mais de 27,7

14                    19,3                            mais de 23,8               mais de 27,9

15                    19,6                            mais de 24,2               mais de 28,8

Devemos alertar que a classificação do IMC é apenas um dos parâmetros utilizados para a classificação de peso, mas não é absoluta. A forma mais eficaz de determinar se você está ou não fora do seu peso ideal é através do percentual de gordura corporal, este percentual é obtido através de um medidor de dobras cutâneas e só pode ser realizado por um profissional qualificado.

Como descobrir qual a massa gorda?

Massa magra x massa gorda

O IMC não classifica massa magra e massa gorda, ele apenas classifica a massa como um todo, já o medidor de dobras cutâneas, classifica separadamente a massa gorda.

Para deixar esta explicação mais visível a todos, pegamos um exemplo de um atleta de levantamento de peso, ele pode ter o mesmo peso de uma pessoa obesa, mas a diferença é que ele tem esse peso devido à grande quantidade de massa magra e aumento do tamanho dos músculos, já o obeso é pelo excesso de massa gorda.

Estamos finalizando este artigo, esperamos que vocês tenham gostado e principalmente aprendido como calcular seu IMC e classificar seu peso em relação à altura. Compartilhem este conhecimento e ajude mais pessoas a observar e cuidar cada vez mais da sua saúde. Obrigado pela atenção e até a próxima!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.