Um caroço axila, conhecido popularmente como íngua, é causado, geralmente, pela ampliação de pelo menos um dos gânglios linfáticos debaixo do braço, chamados linfonodos. Estes são glândulas pequenas, em forma oval, que estão localizados por todo o corpo, desempenhando um papel importante no sistema imunológico. Os nódulos, quando aparecem, devem ser corretamente diagnosticados, pois mostram sinais de que alguma coisa está acontecendo com seu organismo.

Como é um nódulo da axila?

O nódulo pode ser um pequeno caroço, ou ser extremamente visível. Caroços nas axilas podem ser causados por cistos, infecções ou irritação devido à raspar/depilar ou uso de antitranspirantes. No entanto, esses caroços também pode indicar um problema de saúde grave. O diagnóstico médico deve ser sua principal opção se você tem um nódulo da axila que gradualmente se torna alargado, não é doloroso, ou não vai embora naturalmente

Causas do nódulo da axila

A maioria dos nódulos são inofensivos e são geralmente o resultado de crescimento anormal de tecido. No entanto, as protuberâncias das axilas podem ser relacionadas com um problema de saúde subjacente mais grave. Todas as protuberâncias incomuns devem ser avaliadas por um médico dermatologista, endocrinologista, alergista ou clínico geral, que serão responsáveis por encaminhar você ao tratamento e profissionais adequados.

As causas mais comuns de nódulos nas axilas são:

  • Infecções bacterianas;
  • Crescimentos de tecido gordo inofensivo (lipomas);
  • Reações alérgicas;
  • Reações adversas a vacinas;
  • Infecções virais:
  • Crescimento do tecido fibroso não canceroso (fibroadenoma);
  • Câncer de mama;
  • Câncer do sistema linfático (linfoma);
  • Câncer do sangue na medula óssea (leucemia).

Nódulos na axila em Mulheres

Encontrar um nódulo axilar é mais alarmante para as mulheres, pois pode indicar câncer de mama. As mulheres devem realizar exames de mama mensais e relatar todas as protuberâncias para um médico imediatamente. Note-se que mamas sofrem alterações hormonais durante o ciclo menstrual, e tendem a se ficarem mais macias ou irregulares durante este tempo. Isso é completamente normal. Para obter resultados mais precisos, realize auto-exames de mama cerca de uma semana depois que a menstruação começa.

Descobrindo as causas de nódulos nas axilas

Nódulos nas axilas podem ser causados também por inflamação dos pelos e por bactérias causadoras de furúnculos. Nesse caso, o nódulo deve ser tratado até poder ser drenado. (Foto: www.healthguidance.org)

Diagnosticando nódulos nas axilas

Um exame físico completo é o primeiro passo para o diagnóstico de um nódulo da axila. O seu médico irá fazer-lhe perguntas sobre quaisquer alterações na massa, assim como também toda a dor que você está sentindo na área. Palpação, ou massagem, são utilizados para determinar a consistência e textura. Este método é feito exclusivamente à mão, enquanto o médico examina suavemente os gânglios linfáticos. Em alguns casos, um exame físico pode revelar que a protuberância não é prejudicial. Por exemplo, as pessoas com lesões benignas, tais como um lipoma, não necessitam de tratamento adicional. Se um nódulo é incômodo, no entanto, o médico pode recomendar as opções de tratamento para removê-lo. Com base nos resultados do exame físico, o médico pode pedir mais testes para descartar infecções, reações alérgicas ou alterações cancerosas. O seu médico pode pedir uma combinação de testes diagnósticos para nódulos nas axilas, incluindo:

  • Hemograma completo para medir o número de glóbulos vermelhos e brancos do sangue em seu sistema;
  • Raios-X da mama/peitos (mamografia);
  • Biópsia (remoção de um pequeno pedaço de tecido do nódulo para teste);
  • Testes de alergia.

Tratamento para nódulos nas axilas

O tratamento dependerá da causa subjacente do nódulo As infecções bacterianas podem ser tratadas com antibióticos orais. Depois de vários dias, o nódulo da axila deve começar a desaparecer à medida que o seu corpo luta contra a infecção. Se o nódulo é associado a alergias, ele deve diminuir uma vez que você começar a medicação e aprender a evitar seus gatilhos de alergia. Na maioria dos casos, as protuberâncias na axila não necessitam de qualquer tratamento. Remédios caseiros, como compressas mornas e analgésicos podem ser usados ​​para aliviar qualquer desconforto. As protuberâncias que não necessitam de tratamento incluem as que estão associadas com:

  • Lipomas;
  • Infecções virais;
  • Fibroadenoma (nódulos de mama não cancerosos).

Se os seus nódulos nas axilas são encontrados cancerígenos (benignos ou malignos), o seu médico pode encaminhá-lo a um especialista para maiores cuidados. O tratamento vai depender do tipo de câncer e em que fase você está, envolvendo uma combinação de quimioterapia, terapia de radiação e cirurgia. Mas cabe lembrar: não se desespere e consulte um médico antes de tentar fazer seu próprio diagnóstico.

Prognóstico para nódulos nas axilas

As perspectivas para um nódulo da axila dependem da causa. Por exemplo, um caroço que decorre de uma infecção viral acabará por conta própria. No entanto, um lipoma, enquanto inofensivo, é permanente. O prognóstico de um nódulo na axila causada por câncer dependerá de uma variedade de fatores, incluindo o estádio do câncer e se os tumores se espalharam para outras partes do corpo. Para a melhor chance de recuperação, é importante obter um diagnóstico o mais cedo possível. Mesmo se você não achar que o nódulo é prejudicial, é melhor entrar em contato com o seu médico para um diagnóstico preciso.

Você já teve alguma íngua na axila? Qual foi o diagnóstico? Como fez para reduzir o caroço?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.