A finalidade de uma avaliação pré-operatória para cirurgia plástica é determinar se você está saudável o suficiente para se submeter ao procedimento planejado, e para maximizar sua segurança quando você é tratado cirurgicamente. Os exames pré-operatórios para cirurgia plástica são exatamente para isso.

A cirurgia é realmente nada mais do que uma lesão controlada, e seu corpo responde a cirurgia como faria com qualquer outra forma de estresse. Você pode sentir-se um pouco assustado ou ansioso, tanto antes quanto depois da cirurgia, mas é completamente normal, e o médico que acompanha seu processo irá dar uma lista completas de alterações a esperar, tais como perda ou ganho de peso, retenção de líquidos, dores, etc.

Outros órgãos estão envolvidos na resposta ao estresse físico e mental, e é por esta razão que a maior parte dos testes são feitos. É importante saber qual a função do seu coração, pulmões, fígado e rins, além se eles estão em funcionamento adequado para o organismo. Caso algo esteja errado ou em níveis não recomendados para uma cirurgia, seu médico irá recomendar os procedimentos para adequar seu organismo para a cirurgia.

Exames de sangue

É o exame pré-operatório mais básico para a cirurgia plástica. Neste exame, seu sangue será separado para determinar o número de células de transporte de oxigênio (glóbulos vermelhos/hemácias). Esse mesmo teste também pode determinar o número de glóbulos brancos que combatem infecções (linfócitos) que você tem, bem como o número de células formadoras de coágulo, chamadas plaquetas. Você provavelmente vai ouvir o seu médico falar sobre sua hemoglobina (a quantidade de ferro em suas células vermelhas do sangue), o seu hematócrito (o volume de glóbulos vermelhos no sangue), e sua contagem de glóbulos brancos (o número de glóbulos brancos no sangue). Se algum dos seus resultados de teste de laboratório não estiverem dentro da escala normal, o médico dará as recomendações apropriadas ou poderá pedir testes extras para investigar as causas dos níveis alterados, adiando a cirurgia até a reestabilização dos níveis nos exames.

Valores incomuns nesses números podem requerer o adiamento da sua cirurgia até que possa ser determinado por que você tem resultados anormais. Na maioria das pessoas saudáveis, estes testes voltam ao normal.

O teste de coagulação do sangue, por exemplo, é projetado para determinar se os seus coágulos sanguíneos acontecem normalmente. Como você pode imaginar, realizar a cirurgia em um paciente cujo sangue não coagula normalmente pode ser um grande desafio. Medicamentos podem ser administrados para corrigir temporariamente coagulação anormal do sangue. No entanto, se você está programado para uma cirurgia eletiva e você tem um distúrbio de coagulação, o cirurgião vai querer saber onde está o problema e vai tentar corrigir o problema antes de sua operação. No mínimo, você também vai tirar sangue para determinar se as suas funções renais estão normais.

Esses testes medem a quantidade de produtos de degradação de proteínas que circulam no sangue, ou seja, ureia no sangue e creatinina. Se o teste mostra anormalidades nesse sentido, você provavelmente será convidado para ver um nefrologista (médico renal) antes da cirurgia. Outros testes comuns antes da cirurgia incluem nível de glicose para determinar se você tem diabetes, e um para medir os níveis de eletrólitos.

Fazendo exames antes de uma cirurgia plástica

Os exames médicos para uma cirurgia são realizados para prever os riscos e evitar danos a você e seu organismo. (Foto: 1stmobilephlebotomy.com)

Raio X

A radiografia não é feita em todos os pacientes, mas é bastante rotineira para aqueles pacientes com idade superior a 50 ou pacientes que têm uma história de tabagismo ou doença pulmonar. Se você cair em uma dessas três categorias e você não teve um raio x em mais de três meses, você provavelmente precisará fazer antes da cirurgia.

Neste teste, o cirurgião está procurando uma série de coisas, incluindo a presença de uma infecção, a indicação de doença pulmonar, ou a presença de uma massa no pulmão. Além disso, radiografia deixa os médicos olharem para o tamanho de seu coração e se qualquer fluido se acumula nos pulmões (uma condição conhecida como insuficiência cardíaca congestiva). Anormalidades na radiografia podem requerer uma viagem para um pneumologista ou cardiologista antes da cirurgia eletiva. Podem ser detectados outros problemas também em outras pastes do corpo com uma radiografia, mas seu médico saberá diagnosticar melhor a necessidade ou não de alguns procedimentos.

Eletrocardiograma (ECG)

A obtenção de um eletrocardiograma antes da cirurgia é uma parte importante do trabalho pré-operatório para a cirurgia plástica. Como mencionado anteriormente, a cirurgia provoca uma enorme tensão sobre o corpo, e um dos órgãos mais importantes na resposta ao estresse é o coração. Se você tem um coração normal, o estresse não é problema, mas se seu coração tem um suprimento de sangue pobre (como você vê em pacientes com doença arterial coronária), este trabalho a mais pode causar problemas sérios.

O ECG não pode prever o que vai acontecer com o seu coração no futuro. Pessoas com eletrocardiogramas normais ainda podem ter ataques cardíacos. O que o ECG pode fazer é pesquisar a atividade elétrica gerada pelo seu coração. O padrão de atividade elétrica do coração pode dizer ao seu médico se você já teve um ataque cardíaco no passado (que você pode até não ter tido conhecimento). Também mostra se o seu coração está em um ritmo normal, como o sistema de condução do coração funciona, e se qualquer uma das câmaras do coração estão trabalhando em excesso.

Tomografia/Mamografia

A mamografia é um exame de raio-x das mamas, usada ​​para detectar e diagnosticar doenças da mama. Ela é usada como uma medida preventiva para mulheres que não têm sintomas da doença de mama. A tomografia faz a mesma coisa, só que para outras partes do corpo

Teste de mamografia e a tomografia pré-operatória são usados para verificar se há anormalidades para o paciente antes da cirurgia. Podem ser detectados tumores, abcessos, outras anormalidades. Através da tomografia, os vasos sanguíneos, músculos e até nervos podem ser mapeados pelo médico, facilitando a cirurgia. Se uma mamografia ou tomografia for necessária, seu médico vai solicitar antes da cirurgia plástica.

Considerações Finais

Esta lista tem apenas os principais exames pré operatórios para uma cirurgia plástica. Porém, seu cirurgião pode pedir mais ou menos exames, dependendo do tipo de cirurgia e complexidade do seu caso. Listamos aqui apenas para que você fique mais calma e preparada para a cirurgia plástica e seus exames necessários. Lembre-se que muitos exames podem ser também solicitados depois da cirurgia, para acompanhar a evolução de sua recuperação.

Você já fez cirurgia plástica? Quais exames foram necessários para sua cirurgia? Teve alguma complicação descoberta nos exames?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.