Uma hérnia é uma condição dolorosa e debilitante. Além da dor no disco onde há a hérnia, há um forte incômodo que pode debilitar completamente uma pessoa. Geralmente, a dor pode começar na parte inferior das costas, mas também pode estar na parte superior. E ela pode irradiar-se para as pernas, pés e dedos dos pés quando o disco deslocado coloca a pressão sobre os nervos da coluna vertebral.  A cirurgia de hérnia de disco é uma forma de ajudar a aliviar a dor e pressão, mas ela não soluciona o problema como um todo e deve ser pensada apenas para os casos mais extremos.

Em todos os casos descritos abaixo a supervisão e a visita a um médico habilitado é que deve prevalecer.

Descanso e relaxamento

Dependendo da causa da hérnia e da gravidade da lesão, assim como a idade do indivíduo, o descanso pode ajudar o paciente a sentir-se muito melhor. A dor pode ser debilitante e fatigante, e descansar vai ajudar o paciente a recuperar a força. Por mais doloroso que uma hérnia de disco possa ser, o descanso e repouso total vai ajudar a resolver o problema, às vezes. Isso deve ser feito em uma cama própria para o paciente, com bom suporte para a coluna e para os membros inferiores e superiores do corpo.

Fisioterapia e Pilates

Tratamentos como massagem e exercícios podem ajudar a aliviar a dor causada por uma hérnia de disco. No entanto, a ideia dos exercícios é promover o crescimento muscular ao redor da hérnia de disco. Ao fazer isso, há a construção de músculos mais fortes, a coluna tem um melhor suporte e a pressão pode ser aliviada e a dor pode ser reduzida. O Pilates tem exercícios mais específicos e voltados mais para estes tipos de problemas, além de também poder ser usado como um trabalho muscular para definição de músculos e ganho de força, assim como uma musculação normal. Porém, os resultados são obtidos no longo e médio prazo. São os únicos tratamentos que podem efetivamente evitar que a hérnia se agrave ou evitar a cirurgia, “curando” a hérnia e resultando em uma melhor postura corporal.

Como ocorre a hérnia de disco

Na figura, a demonstração do que ocorre na hérnia de disco, quando ela “sai” de dentro da coluna, pressionando nervos e resultando em dores insuportáveis. (Foto: ofashions.blogspot.com)

Medicamentos anti-inflamatórios

Pode haver inchaço quando existe um disco herniado de forma agressiva, o que provoca uma pressão significativa. Quando esta pressão afeta os nervos ao redor da medula espinhal, o paciente pode ter dor irradiada. Isto é particularmente verdadeiro em hérnias nas costas inferiores, onde a dor se irradia para as pernas. Um medicamento anti-inflamatório pode reduzir o inchaço e reduzir a pressão sobre os nervos e na medula espinhal. Porém, o uso de anti-inflamatórios só deve ser feito com a consulta e acompanhamento de um médico.

Relaxantes musculares

A tensão causada pela dor nas costas, e a pressão sobre a medula espinhal pode forçar o paciente a ficar em uma cadeira, sofá ou na cama e fazer de cada movimento uma tarefa exaustiva. A tensão criada pela dor pode ser tão debilitante quanto a própria dor. O paciente pode ter vários períodos onde a dor é suportável, mas ele pode ficar se perguntando quando o próximo espasmo vai acontecer. Nesses casos, relaxantes musculares irão ajudar a aliviar a tensão. O efeito colateral do relaxante muscular é que ele provavelmente fará com que o paciente fique muito cansado e sonolento.

Resultados da hérnia de disco

Outro efeito negativo da hérnia é que a dor irradia para os membros superiores e inferiores, graças à pressão exercida sobre os nervos. (Foto: neurocirurgiabh.com)

Injeção de esteróides epidural

Quando a dor e o desconforto são graves, o médico pode optar por uma injeção de esteróide epidural em um local que fique ao lado da hérnia. Esta é uma maneira muito mais direta de entrega de medicação para a área, e que pode ter resultados ótimos em 50 por cento dos casos de hérnia de disco. Leva menos do que 10 minutos para completar o processo, e os efeitos da injeção podem durar de duas semanas a quatro meses.

Massagens, acupuntura e terapias alternativas

Por fim, massagistas profissionais de qualidade podem ajudar a melhorar suas dores com massagens em pontos de pressão. Acupunturistas podem ajudar a promover a cura e a efetiva melhora do problema, mas só de formas paliativas, sendo necessário um tratamento de exercícios e fortalecimento muscular para um resultado mais efetivo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.