Fazer exercícios físicos à noite é mesmo ruim?

Escrito na categoria "Atividade física" por Bruno Almeida.

É bem comum encontrar pessoas que não praticam atividade física por falta de tempo durante o dia. Com a atual correria da rotina diária realmente fica muito difícil para algumas pessoas buscarem atividades físicas.

Devido a este problema, o número de pessoas que optam por fazer exercícios à noite tem crescido bastante, mas existem boatos de que exercitar neste horário é ruim para saúde. Isso é verdade ou é mentira?

O que podemos dizer é que existem pontos positivos e negativos, mas vamos explicá-lo no decorrer do artigo.

A primeira dica é que os praticantes de exercícios nesses horários precisam tomar bastante cuidado com o sistema imunológico. Especialistas da medicina esportiva explicam que o exercício deve ser controlado e sempre vir acompanhado de um bom sono e uma alimentação adequada.

O que as pessoas não podem esquecer é que muitas delas já passaram por um longo e puxado dia de trabalho, se houver junção de uma sobrecarga de estresse acumulada no dia e mais o estresse físico provocado pelo esforço gerado pelos exercícios físicos, as chances de afetar negativamente o sistema imunológico são enormes.

Se não houver um descanso de pelo menos 8 horas de sono sem interrupções, além de uma alimentação balanceada, certamente o praticante vai sentir queda de rendimento e baixa estima, o que acaba o afastando das atividades.

Cuidados para quem faz exercício físico a noite

Fazer exercício físico a noite é ruim?

Agora chegou à hora de conferir as 10 dicas que trouxemos para você que pratica atividade física à noite ou pretende iniciar.

Porque praticar exercício de noite não é indicado?

Todos sabem que os exercícios são excelentes para combater a insônia, mas se você praticá-lo pouco antes do horário que irá dormir certamente irá provocar um efeito reverso.

Se você ainda não sabe, durante a atividade física seu corpo é estimulado a liberar uma grande quantidade de endorfina, que é responsável pela sensação de prazer, euforia e motivação.

Mesmo com este efeito, existem pessoas que conseguem chegar a sua casa, tomar seu banho e dormir normalmente, mas se você não é desses, certamente é melhor não praticar exercícios muito próximo do horário de dormir.

É indicado que você reserve 2 horas de intervalo entre o final do treino e o horário que vai deitar para dormir. Neste tempo o seu corpo irá desacelerar pouco a pouco e você dificilmente terá seu sono atrapalhado.

Para aquelas pessoas que não tem horário definido de treino, nossa informação é que você não precisa se preocupar quanto a isso. Não existe contra indicações específicas para estes casos, você precisa tomar o mesmo cuidado das pessoas que praticam em um dos horários apenas.

Lembre da nossa dica mais importante de todas, jamais inicie qualquer atividade física sem antes realizar exames e obter uma liberação médica. Com essa liberação em mãos, não fique parado, indiferente do horário apenas tome e cuidado e bom treino!

Sobre o autor

Autor Bruno Almeida

Bruno Almeida é formado em Educação Física pela UFV - Universidade Federal de Viçosa. Foi aluno destaque do instituto e agora compartilha seus conhecimentos no site Saúde Melhor!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância terapêutica.