É muito importante ter uma boa alimentação diariamente, mas é ainda mais importante se preocupar com a alimentação ideal quando se pratica atividade física. Você pratica atividade física uma vez por semana? A semana inteira? A alimentação é controlada e balanceada? Essas perguntas muitas vezes não têm respostas, a sociedade não se preocupa com a alimentação.

A primeira coisa que você deve saber é que não é bom iniciar um exercício físico com estômago vazio. Entre os motivos estão à perda de rendimento, mas o mais grave é a hipoglicemia.

Em contra partida não se deve alimentar exageradamente. Mal estar, indigestão, náuseas, vômito, entre outros, estão entre os possíveis efeitos de quem se alimenta com grandes quantidades antes de qualquer atividade física.

Com essa união entre atividade física e alimentação, novamente alertamos sobre a importância de alimentar-se de forma correta antes e depois poderá aumentar sua produtividade no exercício e melhorar seu resultado ao final do período proposto.

Qual a importância da alimentação?

Cada alimento tem função específica no nosso corpo. Assim como as funções, eles possuem momentos idéias para serem ingeridos. Se você não souber quais são, poderá perder tudo que conquistou durante o seu esforço.

Um pequeno exemplo é não ingerir proteínas após o treino. Essa atitude pode aumentar a fadiga muscular e dificultar de forma considerável a sua recuperação.

O que comer antes do exercício físico?

O primeiro passo é a união entre alimentação e treino. Procure comer em um horário que respeite o tempo de digestão. Escolha sempre alimentos de rápida digestão e que lhe permita um rendimento de forma imediata.

A nossa dica é que sua alimentação seja baseada em carboidratos de grande valor glicêmico. Exemplo: bolos simples, pães brancos, sucos naturais, mel ou granola.

Quais alimentos são de fácil digestão?

O que comer depois do exercício físico?

O que comer depois do exercício físico?

Depois do exercício a função da alimentação é reparadora. Sendo assim, os alimentos não devem recuperar a caloria perdida, mas sim, ajudar no fortalecimento muscular. Alimentar-se meia hora pós-exercício é fundamental neste processo.

A chave do sucesso para alimentação correta pós-exercício físico é unir a ingestão de carboidratos com alto índice glicêmico, juntamente com proteínas de fácil digestão. Entre os alimentos que se enquadram nestes padrões estão: Pães brancos, patê de atum, sucos naturais, torradas, queijo branco, geléia, água de coco, peito de frango ou arroz com legumes.

Outra dica é ingerir alimentos com efeitos antioxidantes, preferencialmente ricos em vitaminas C, E ou Zinco. Exemplos: Mamão, laranja, goiaba, acerola, peixes, verduras e castanhas.

Qual a importância da hidratação?

Total importância seria a resposta correta, seja antes, durante ou depois dos exercícios físicos. A hidratação permite a reposição da água perdida durante as atividades, isso impede que nosso corpo desidrate.

Sempre existiu a Dúvida se deve beber água ou isotônicos. A ingestão de água é suficiente para a hidratação do corpo, a ingestão de isotônicos torna-se importante para as pessoas que não tem como se alimentar adequadamente na primeira meia hora pós-exercício.

Sempre que falamos de exercício físico, alertamos sobre a importância de procurar o médico antes de iniciar qualquer prática, mas neste artigo estamos falando de alimentação, e ai? Também deve procurar opinião de um especialista. A dica é que você procure um nutricionista, de preferência um nutricionista esportivo, porque ele saberá te orientar dentro da sua proposta de alimentação aliada a exercício físico.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.