Sejam bem vindos a mais um artigo voltado para você que é apaixonado por atividade física. Neste artigo vamos ajudar os corredores a solucionar e prevenir um problema bem comum.

Você já sentiu algum incomodo nas unhas dos pés depois de correr? Você já viu as unhas ficarem escuras ou em alguns casos até se soltarem? Pode ser que você ainda não tenha passado por isso, mas a maioria dos corredores já foram acometidos por esse problema.

No artigo de hoje vamos falar sobre as unhas dos pés dos corredores. O que fazer com a unha preta e dolorida? Dedeiras de silicone para os pés funcionam mesmo? Qual o tratamento para unhas pretas? Todas as respostas você confere agora!

Para te ajudar a compreender melhor este assunto e oferecer informações importantes para que você possa manter os seus pés sadios, confira as dicas passadas pela Dra. Anelise Ghideti, que é médica no Ambulatório de Doenças das Unhas no Departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas da FMUSP.

Segundo Anelise, existem diversas causas para as doenças que aparecem nas unhas, mas no caso dos corredores, a maior causa do surgimento é o trauma sofrido pela repetição do movimento das passadas.

Este trauma por repetição é algo bem comum entre os corredores, por isso é maior a incidência da onicólise ou problemas nas unhas dos pés. Estes problemas podem levar ao descolamento desta unha lesionada ou à formação de um hematoma debaixo da unha. Em grande parte dos casos este hematoma tem por conseqüência a queda futura.

Cuidados com as unhas

Apesar de parecer algo simples, este problema requer bastante atenção. O quadro pode piorar consideravelmente, isso acontece pelo fato das unhas que estão descolados servirem de porta aberta para a entrada de fungos que podem causar a micose.

Como prevenir machucado nas unhas?

Como cuidar das unhas machucadas?

O que provoca lesão nas unhas?

Como foi dito, a maior parte destes hematomas ou quedas das unhas é decorrente da repetição dos movimentos. Estudos apontam que os corredores de grandes distâncias apresentam mais casos deste problema.

Outro causador deste problema está relacionado com o modelo do tênis. Na hora de escolher o calçado, você deve andar e simular os movimentos que irá realizar para ter certeza que o mesmo não irá aumentar o atrito.

Existem problemas relacionados com a anatomia da pessoa. Nestes casos específicos, o formato dos pés não favorece um encaixe ideal aos tênis e em outros casos o tipo de passada é que causa o problema. Em ambos os casos citados é possível fazer uma análise e um diagnóstico, para isso você deve procurar um ortopedista.

Como tratar a unha lesionada?

A primeira atitude da pessoa que vê a unha se soltando é querer arrancá-la de vez, saiba que esta atitude é muito perigosa e você provocar lesões e inflamações da área lesionada.

A melhor maneira é protegê-la até que ela caia naturalmente, evite calçados fechados e meias, porque a unha pode agarrar em alguma linha e piorar o quadro pelos movimentos.

Você pode utilizar um band-aid para protegê-la melhor e evitar que algum contato arranque-a de maneira brusca. É importante manter esta região sempre limpa para evitar riscos de problemas mais graves.

Ao perceber qualquer vermelhidão e/ou inchaço, você deve procurar um médico imediatamente. Pode não ser nada grava, mas em alguns casos o machucado pode ter infeccionado e se não for medicado, poderá ser tornar muito perigoso para a saúde.

Como prevenir lesão nas unhas?

As dicas dadas pelos especialistas pra reduzir o trauma foram: mantê-la sempre curtas, além de usar um calçado confortável e adequado para o formato dos seus pés. Conhecer melhor a sua passada e corrigir pequenos erros também é fundamental para prevenir tal problema.

Atualmente existe um produto chamado de dedeiras de silicone, elas servem para minimizar o atrito entre a unha e o calçado durante a atividade física. Existem também dedeiras de gel polímero ou ainda as de malha revestidas com gel, todas com a mesma função.

Como saber se o calçado é apropriado? A resposta é simples, o calçado ideal é aquele que se encaixa adequadamente ao pé deixando a parte onde ficam os dedos com um espaço de aproximadamente um centímetro até a ponta do tênis.

Chegamos ao final deste artigo e queremos convidá-lo a continuar em nosso site, existem diversas dicas de saúde, alimentação adequada, atividades físicas e como praticá-las em segurança. Sejam sempre bem vindos e até breve!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.