O dia da prova está se aproximando e a maioria das pessoas começa a se questionar se estão prontas para encarar este desafio, se não estão prontas, o que fazer? Desistir ou tentar completar o percurso?

Participar de uma prova no qual você esteja preparado pode ser uma experiência muito negativa e nunca é recomendado, mas mesmo assim algumas pessoas insistem nas tentativas.

Neste artigo vamos te explicar porque você não deve encarar as corridas de rua sem estar preparado para elas. Veja qual é a dica para correr a distância certa para sua condição física.

Devo correr uma prova sem estar em forma?

Sem dúvidas a resposta correta é não! Como foi dito no início do artigo, certamente não será uma experiência agradável, sem falar nos riscos enormes de se lesionar. Mesmo com os riscos, existe sempre aquele “mas”.

Existem diversas razões para correr e algumas delas fazem com que as pessoas consigam superar vários motivos para não participar de uma corrida. Se a pessoa já pagou a inscrição, é sempre um motivo forte para não desistir.

Quando a prova é em outra cidade, a pessoa pode ter reservado passagens e hotel, fatores que aumentam ainda mais a pressão de ter que correr. Indiferente das razões, o importante é pensar na sua saúde.

Quando falamos em correr uma prova sem estar pronto para ela, estamos falando de provas com grandes diferenças do que você é capaz. Se você consegue correr 5 km, por exemplo, é bem possível que você consiga completar uma prova de 6 km.

Em contra partida, jamais indicamos enfrentar desafios muito maiores. Existem pessoas que querem correr o dobro da distância, no exemplo citado, seria correr 10 km. Isso é impossível e extremamente perigoso para o corredor.

Trouxemos algumas dicas para te ajudar a encarar uma corrida, mesmo quando as condições não são tão favoráveis. Leia atentamente todos os pontos e busque a corrida compatível com o seu condicionamento e o seu planejamento.

Posso participar de uma corrida sem estar em forma?

Disputar uma prova sem estar em forma?

Mudar os seus objetivos

Por diversos motivos, talvez o planejamento não permita alcançar o objetivo desejado, neste caso é indicado que o corredor converse com o seu treinador e ambos busquem um novo objetivo.

Ficar fissurado naquele primeiro objetivo não é o caminho correto. Mudar o foco e motivar-se neste novo desafio pode salvar parte do planejamento. Talvez você nem precise deixar de correr certa distância, mas apenas redefinir o tempo de conclusão desta prova.

Apresente atitudes positivas

Quando a distância for um pouco maior, as dores vão ser mais intensas e o cansaço certamente será forte, mas neste momento você vai precisar de um psicológico forte para não sucumbir aos efeitos da exaustão.

Pense no quão divertida é a corrida, observe as paisagens ao longo do percurso e busque sempre motivos extras para manter-se motivado. Quando a pessoa alimenta pensamentos positivos, o organismo naturalmente libera hormônios relacionados ao prazer.

Se você perceber que os pensamentos negativos estão surgindo, busque uma distração positiva, imagine coisas alegres e busque sorrir. Você não tem noção do poder fisiológico de um sorriso.

Utilize recursos positivos para te motivar

O sorriso e pensamento positivo pode te ajudar a todo o momento, mas para algumas pessoas apenas isso não é o suficiente. Portanto, a outra dica que trouxemos é que você utilize algum aparelho eletrônico e escute música durante a corrida.

Já foi comprovado o poder motivacional da música durante as atividades físicas. Em depoimentos, praticantes afirmam que não percebem a distância percorrida, o cansado, a dor, características que são totalmente positivas para você que quer enfrentar um desafio maior.

Se você não levou um aparelho eletrônico, você pode cantar as músicas que gosta e conversar com outros corredores durante o percurso. Essas são dicas de coisas que podem deixar a sua corrida prazerosa, basta que você experimente e vejam quais delas encaixaram com seu estilo.

Respeitar sempre os limites do seu corpo

Este é sem dúvidas o ponto mais importante. Se você sentir que algo não está bem, indiferente da distância que esteja correndo, não hesite em parar um pouco e andar para avaliar a situação melhor.

Observe o que está de errado e só continue se perceber que não é nada grave. Se sentir que o problema pode piorar você deve abandonar a corrida imediatamente e buscar a orientação médica.

Como saber qual a distância que consegue correr?

Para definir a sua capacidade física você precisa realizar testes físicos e a pessoa mais capacitada para definir o teste e te avaliar é o profissional de Educação Física. Além destes testes, ele será a pessoa ideal para te indicar à hora de evoluir e como alterar os treinos e exercícios.

Estamos chegando ao final de mais um artigo e queremos te convidar para continuar em nosso site e conferir mais dicas sobre atividade física e saúde. Vejam como se alimentar de forma saudável e muito mais, até logo pessoal!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.