O medo é uma das emoções mais poderosas. Tem um efeito muito forte em sua mente e corpo. O medo pode criar sinais fortes de resposta quando estamos em emergências. Ele também pode ter efeito quando você está diante de eventos não perigosos, como provas, falar em público, um novo emprego, um encontro ou até mesmo uma festa. É uma resposta natural a uma ameaça que pode ser percebida ou real. Já a ansiedade é uma palavra que usamos para alguns tipos de medo que normalmente tem a ver com o pensamento de uma ameaça ou algo que possa acontecer de errado no futuro, em vez de agora.

Medo e ansiedade podem durar por um curto período de tempo e passar logo depois, mas eles também podem durar muito mais tempo e você pode ficar preso a eles. Em alguns casos, eles podem assumir a sua vida, afetando sua capacidade de comer, dormir, concentrar-se, viajar, aproveitar a vida, ou mesmo sair de casa ou ir ao trabalho ou escola. Isso pode impedi-lo de fazer as coisas que você quer ou precisa fazer, e também afeta sua saúde.

Algumas pessoas ficam sobrecarregadas pelo medo e querem evitar situações que possam deixá-las assustadas ou ansiosas. Pode ser difícil quebrar este ciclo, mas há muitas maneiras de fazê-lo. Você pode aprender a sentir menos medo e lidar com o medo e a ansiedade não te impeçam de viver.

O que faz você ter medo?

Muitas coisas nos fazem sentir medo. Ter medo de algumas coisas podem mantê-lo seguro. Temer os erros pode fazer com que tentar fazer algo te deixe amedrontado, porque você não quer falhar naquela ação ou tarefa específica.

Do que você tem medo e como você age quando você tem medo de algo pode variar de pessoa a pessoa. Basta saber o que faz você ter medo e por que pode ser o primeiro passo para resolver os problemas do medo.

O que te deixa ansioso?

Como a ansiedade é um tipo de medo, as coisas que descrevemos sobre o medo acima também são verdadeiras para a ansiedade. Geralmente ela descreve a preocupação, ou quando o medo é contínuo, persistindo ao longo do tempo. Ele é usado quando o medo é sobre algo no futuro ao invés do que está acontecendo agora.

Ansiedade é uma palavra frequentemente usada por profissionais de saúde quando eles estão descrevendo medo persistente. As coisas que você sente quando você está assustado e ansioso são muito semelhantes, já que a emoção básica é a mesma.

Por que lutar contra o medo e ansiedade

A ansiedade e o medo podem te atrapalhar a viver, se você permitir que eles ocupem um grande espaço em sua vida. É importante combater essas emoções, antes que elas prejudiquem seu bem estar. (Foto: Perspectives Of Troy)

Crise de ansiedade: sintomas físicos

Quando você se sente assustado ou seriamente ansioso, sua mente e corpo trabalham muito rapidamente. Seu coração bate muito rápido, ou de forma irregular. Você respira muito rápido
Seus músculos se sentem fracos. Sua muito, seu estômago se revira, você acha difícil se concentrar em qualquer outra coisa, tonturas, não é possível agir, não dá pra comer, você sua quente e frio, sente a boca seca, e os músculos ficam tensionados. Tudo isso pode acontecer isoladamente ou ao mesmo tempo. Talvez você nem apresente todos os sintomas de uma só vez.

Essas coisas ocorrem porque seu corpo, sentindo medo, está preparando você para uma emergência, de modo que o seu fluxo de sangue vai para os músculos, aumenta o açúcar no sangue e dá-lhe a capacidade mental para se concentrar na coisa que seu corpo percebe como uma ameaça.

Com a ansiedade, a longo prazo, você pode ter alguns dos sintomas acima, bem como uma sensação de medo mais irritante, e você pode ficar irritadiço, ter dificuldade para dormir, desenvolver dores de cabeça ou ter problemas para começar com o trabalho e planejamento para o futuro; Você pode ter problemas para ter relações sexuais, e pode perder a auto confiança.

Por que esses sintomas ocorrem mesmo não havendo o perigo real?

Os seres humanos primitivos precisavam das respostas rápidas e poderosas que o medo causava, principalmente em situações de perigo físico; No entanto, já não enfrentamos as mesmas ameaças na vida moderna. Apesar disso, nossas mentes e corpos ainda funcionam da mesma maneira que nossos antepassados, e temos as mesmas reações às nossas preocupações modernas em questões como contas a pagar, viagens de família e de negócios e em situações sociais. Mas não podemos fugir ou atacar fisicamente esses problemas como nossos antepassados faziam.

Os sentimentos físicos de medo podem ser assustadores por si só, especialmente se você está sentindo eles e você não sabe o motivo, ou se eles parecem exagerados em relação à situação. Em vez de alertá-lo para um perigo e prepará-lo para responder ao medo, o medo e a ansiedade podem se ativar contra qualquer ameaça percebida, que pode ser imaginária ou mesmo uma ameaça pequena.

Como se livrar da ansiedade e angústia? Por que o medo não vai embora?

O medo pode ser uma sensação única quando você se depara com algo desconhecido. Porém, também pode ser um problema cotidiano e duradouro, mesmo que você não consiga explicar por que. Algumas pessoas sentem uma constante sensação de ansiedade o tempo todo, sem qualquer gatilho particular.

Há uma abundância de gatilhos para o medo na vida cotidiana, e você não pode sempre descobrir exatamente por que você está com medo ou como você está sendo prejudicado. Mesmo se você pode ver o quão fora de proporção um medo é, a parte emocional de seu cérebro continua enviando sinais de perigo para o seu corpo. Muitas vezes, você precisa de estratégias mentais e físicas para combater o medo.

Como posso saber se preciso de ajuda para meus medos e ansiedades?

Medo e ansiedade podem afetar todos nós de vez em quando. Somente quando eles são severos e duradouros que os médicos classificam como um problema de saúde mental. Se você se sentir ansioso o tempo todo por várias semanas, ou se sente como se seus medos estão tomando conta de sua vida, é uma boa ideia pedir ao seu médico por ajuda.

Como curar a ansiedade e o medo naturalmente? Enfrentamento

Se você sempre evitar situações que assustam você, você pode parar de fazer as coisas que você quer ou precisa fazer. Você não será capaz de testar se a situação é sempre tão ruim quanto você esperava, então você perde a chance de trabalhar em uma maneira de gerenciar seus medos e reduzir a sua ansiedade. Problemas de ansiedade tendem a aumentar se você entrar nesse padrão. Expondo-se a seus medos pode ser uma maneira eficaz de superar às ansiedades.

Como acabar com a ansiedade e nervosismo conhecendo a si mesmo?

Tente aprender mais sobre seu medo ou ansiedade. Mantenha um diário de ansiedade ou registro de pensamentos para anotar quando acontece e o que acontece. Você pode tentar definir pequenos objetivos atingíveis para enfrentar seus medos. Você pode levar consigo uma lista de coisas que ajudam quando você provavelmente ficará assustado ou ansioso. Isso pode ser uma maneira eficaz de abordar as crenças subjacentes que estão por trás de sua ansiedade. Registrando seus medos e ansiedades você conhecerá a si mesmo melhor, e terá mais facilidade em superar suas dificuldades.

Relaxamento e exercícios para trabalhar contra a ansiedade e os medos

Aumente a quantidade de exercício que você faz. Exercícios requerem alguma concentração, e isso pode trabalhar sua mente para fora do seu medo e ansiedade. Complemente isso com técnicas de relaxamento e você vai se ajudar contra os sentimentos mentais e físicos do medo. Podem ser técnicas simples de relaxamento muscular, ou técnicas de PNL para programar seu cérebro. Você também pode tentar aprender coisas como Ioga, meditação, massagem, e aprender mais sobre os medos e ansiedades para conseguir superá-los.

Alimentação saudável contra ansiedade e medo

Coma muitas frutas e legumes, e tente evitar o excesso de açúcar. Mudanças resultantes no nível de açúcar no sangue podem provocar sentimentos de ansiedade. Tente evitar beber muito chá e café, já que a cafeína pode aumentar os níveis de ansiedade.

É muito comum que as pessoas bebam quando se sentem nervosas. Porém, os efeitos secundários do álcool podem fazer você sentir ainda mais medo ou ansiedade. Beba sucos sem açúcar e muita água para tratar sua ansiedade, talvez alguns chás calmantes, para ajudar na sua alimentação saudável.

Busque terapia para te ajudar no tratamento

Principalmente a Terapia Cognitiva Comportamental é muito eficaz para pessoas com problemas de ansiedade. Em alguns casos, pode ser necessário o envolvimento de um psiquiatra, com o uso de tratamentos medicamentosos ​​para fornecer ajuda de curto prazo. Porém sempre deve ser feito o uso de medicamentos em conjunto a outras terapias, para efeitos mais duradouros.

Você pode aprender muito sobre a gestão da ansiedade ao perguntar a outras pessoas que já passaram ou ainda passam por esses problemas. Grupos de apoio locais ou grupos de auto ajuda reúnem pessoas com experiências semelhantes para que possam ouvir as histórias das outras, compartilhando dicas e encorajando uns aos outros a experimentar novas maneiras de gerenciar a si mesmos. Pelo seu médico ou pela internet você pode encontrar vários desses grupos de apoio e suporte.

Como você trata seus medos e ansiedades? Quais estratégias funcionam para você?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.