Se um de seus amigos ou familiares tem câncer, você pode estar se perguntando a melhor maneira de apoiar essa pessoa. Mesmo que você queira ajudar, pode ser difícil saber o que dizer ou fazer. É importante lembrar que não há regras estabelecidas e cada relacionamento é diferente. É importante pensar sobre a sua própria dinâmica com a pessoa e deixar que esta relação guie como você tenta apoiar a pessoa querida. Mantenha tudo simples, lembre-se que muitas vezes as pequenas coisas significam mais, e siga nossas dicas para facilitar esse processo.

O que dizer para uma pessoa com câncer: prepare-se antes de começar

Isso significa processar os seus próprios sentimentos com antecedência. Ao saber que um amigo ou familiar tem câncer, pode ser difícil ouvir. Tome um tempo para reconhecer e lidar com suas próprias emoções sobre o diagnóstico antes de ver ele ou ela. Dessa forma, você pode manter o foco na pessoa, e não em você.

Seu amigo ou familiar pode não querer falar sobre os detalhes do diagnóstico, por muitas razões. Eles podem estar física e emocionalmente cansados de repetir as mesmas informações a diferentes pessoas. Se possível, um cônjuge ou um amigo em comum da pessoa pode ser capaz de dar-lhe o básico. Anote tudo e repita de volta para eles como você entendeu as informações para ter certeza de que você recebeu a informação correta. Além disso, se há informações que são desconhecidas ou não compartilhadas, não empurre a pessoa para dar as informações que ela não quer dar.

Lembre-se de uma época em que você estava com medo ou sentiu-se mal. Pense sobre o que senti. O que você queria falar? Como você gostaria de ser tratado? Você também pode querer se preparar para as mudanças na aparência do seu amigo/familiar. Fadiga, alterações de peso e perda de cabelo são efeitos colaterais comuns do câncer em muitos tratamentos. Comece a sua visita, dizendo: “é bom ver você” em vez de comentar sobre quaisquer alterações físicas. Empatia é o caminho para começar.

Suporte a quem tem câncer

As amizades e a família tem um importante papel de suporte ao portador do câncer. Esse companheirismo é essencial para a recuperação e tratamento dessa horrível doença. (Foto: Families)

Como lidar com o câncer na família e círculos de amizade? Apoio e suporte!

Antes de visitar para dar conselhos e fazer perguntas, pergunte se você é bem-vindo. Certifique-se de deixar claro que se a pessoa disser não, você estará perfeitamente tranquilo.

Não tenha medo de fazer planos para o futuro com o amigo ou familiar. Isto dá a ele ou ela algo para olhar para frente, especialmente quando se está passando pelo longo e prolongado tratamento do câncer.

Faça planos flexíveis que sejam fáceis de mudar no caso de algo acontecer ou seu amigo/familiar precisar cancelar ou reagendar o evento.

Seja bem-humorado e divertido quando for apropriado e quando necessário. Uma conversa leve ou uma história engraçada pode fazer o dia de um amigo. Mas não ignore tópicos ou sentimentos desconfortáveis, pois os dois tem que aprender a lidar com a situação.

Muitas pessoas acham que é difícil pedir ajuda. No entanto, seu amigo ou familiar provavelmente vai apreciar a oferta. Você pode oferecer para ajudar com tarefas específicas, tais como cuidar de crianças, cuidar de um animal de estimação, ou preparar uma refeição. No entanto, se o seu amigo declina uma oferta, não leve isso para o lado pessoal. Se você se comprometer a ajudar, é importante que você cumprir sua promessa.

Tente não deixar a condição da pessoa entrar no caminho de sua relação. Tanto quanto possível, trate da mesma forma que você sempre tem tratado.

Pergunte sobre interesses, hobbies e outros temas não relacionados ao câncer. Pessoas passando por tratamento, por vezes, precisam de uma pausa de falar sobre a doença.

Criar um diário com a pessoa, seja por fotos em redes sociais, ou textos em um blog, pode ser uma outra ótima maneira para lidar com a doença e amenizar os problemas psicológicos causados por ela.

O que dizer para uma pessoa com câncer?

Não tenha medo de falar. É melhor dizer: “eu não sei o que dizer” do que não ligar ou visitar por medo. Algumas frases, porém, podem ajudar significativamente nesse relacionamento.

  • Lamento que isso tenha acontecido com você.
  • Se você quer falar, estou aqui para ouvir.
  • O que você está pensando em fazer, e como eu posso ajudar?
  • Eu me preocupo com você.
  • Estou pensando em você.

Do outro lado, tem algumas frases que mais atrapalham do que ajudam.

  • Eu sei exatamente como você se sente.
  • Eu sei exatamente o que você deve fazer.
  • Tenho certeza que você vai ficar bem.
  • Não se preocupe.
  • Quanto tempo de vida você tem?

Lembre-se, você pode se comunicar com alguém de muitas maneiras diferentes, dependendo de como ele ou ela prefere se comunicar. Se você não vê a pessoa regularmente, um simples telefonema, mensagem de texto ou chamada de vídeo mostra que você se importa. Deixe seu amigo ou familiar saber que está tudo bem se ele ou ela não responder.

Como lidar com câncer? Ajuda no dia a dia

Sua ajuda com as tarefas diárias, muitas vezes, é valiosa para uma pessoa querida que está com câncer. Seja criativo com a ajuda que você oferece. Lembre-se que as necessidades da pessoa podem mudar, então seja flexível em mudar seus planos quando necessário. Deixe-os saber que você está disponível se uma necessidade inesperada surgir.

Se receber ajuda prática é difícil para a pessoa, você pode delicadamente lembrá-los que você não espera que eles devolvam o favor e você faz isso porque você se importa. Tente sugerir tarefas específicas. Perguntar “como eu posso ajudar?” pode ser uma pergunta difícil para o amigo responder, e ser específico é uma ajuda e tanto. Algumas ajudas essenciais:

  • Comprar mantimentos e pegar receitas médicas, ou comprar remédios para a pessoa.
  • Ajudar com tarefas de casa.
  • Cozinhar o jantar e deixar na casa da pessoa. Pergunte sobre restrições dietéticas de antemão.
  • Agende uma noite para se divertirem assistindo filmes juntos.
  • Cuide dos filhos da pessoa, levando-os para a escola e outras atividades, ou organizando datas de eventos.
  • Organizar um grupo de telefone e / ou equipe de suporte para verificar a pessoa regularmente.
  • Conduzir a pessoa para um compromisso ou uma reunião de grupo de apoio.
  • Ir para uma caminhada juntos.

Pense sobre as coisas pequenas seu amigo gosta e faz da vida mais “normal” para eles. Ofereça-se para ajudar a tornar essas atividades mais fáceis. Ofereça-se para fazer qualquer telefonemas difíceis. Ou, reúna informações sobre os diferentes recursos que a pessoa possa necessitar.

Formando equipes de apoio a quem está com câncer

Organizar uma equipe de suporte é uma ótima maneira de ajudar alguém que está com câncer. Algumas comunidades online oferecem ferramentas para coordenar tarefas entre amigos e cuidadores. Calendários online compartilháveis podem ajudar a organizar as atividades entre o seu grupo de amigos e familiares. Ou, você sempre pode fazer um calendário de papel e escrever as diversas atividades e compromissos à mão. Verifique se o seu amigo tem acesso ao calendário para que ele ou ela saiba o que esperar e quando.

Companheirismo é a melhor arma contra o câncer

Continuar as amizades e atividades após um diagnóstico de câncer é uma ótima maneira de promover o processo de cicatrização. Não se esqueça que os amigos também precisam de incentivo e apoio após o tratamento do câncer ter terminado. Após isso tudo, seu amigo vai estar tentando encontrar um novo padrão nesta próxima fase da vida. Amizades são uma parte importante do que é isso. Com estas sugestões práticas em mente, a sua amizade pode fazer uma diferença duradoura para uma pessoa que vive com câncer.

Você já teve um amigo ou familiar com câncer? Como foi a ajuda dada a ele ou ela? O que você precisou fazer para ajudar a pessoa?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista.